Pesquisar
Loading...

Cinco livros sobre mulheres e feminino para você colocar na sua lista

A leitura pode ser uma ótima maneira de você trazer compreensão, intimidade e maior conexão com seu corpo e seu potencial

Cinco livros sobre mulheres e feminino para você colocar na sua lista

Livros sobre mulheres e feminino podem ser uma ótima maneira de você trazer compreensão, intimidade e maior conexão com seu corpo e seu potencial! Por isso, listamos cinco livros sobre mulheres e feminino de cinco escritoras mulheres para você colocar na sua lista.

Se você quiser saber da importância e de como combinar espiritualidade e ativismo no Dia Internacional da Mulher, veja este artigo aqui.

1) Mulheres que correm com os lobos

Escrito por Clarissa Pinkola Estés, Mulheres que correm com os lobos fala de mitos, arquétipos e contos que trabalham a natureza instintiva e selvagem da mulher e de como ela foi “domesticada” ao longo dos anos, punida e perdendo a sua conexão com a natureza. Porém, dentro de cada uma tem esse potencial de resgate do sagrado feminino. Livro interessante para ler em grupo e em rodas de mulheres!

2) Lua Vermelha

A menstruação era vista como uma dádiva em tempos remotos! Fonte de poder e de energia criativa, o útero não era somente para criar filhos mas principalmente para gestar criatividade e sabedoria. A autora Miranda Gray resgata a sabedoria do sagrado feminino para mostrar às mulheres como elas podem aceitar a sua natureza cíclica e se reconciliar com esses aspectos- através da mandala lunar, identificando as mudanças e potenciais de cada fase do ciclo e sugestão de partilha e rituais que podem ser feitos. Uma curiosidade: a autora só escrevia esse livro quando estava no seu período de sangramento!

3) A Mulher realizada

Também escrito por Miranda Gray, esse livro fala que a partir do conhecimento das quatro fases do ciclo menstrual e seus arquétipos existe potencial para cada fase que não é conhecido e nem explorado atualmente pelas as mulheres. Diferente de outros livros de produtividade, esse ressalta que o ciclo menstrual pode favorecer e muito o processo criativo e de produção ao longo do mês.

4) O mito da beleza

 mito da belezaEsse livro aborda a relação entre a beleza e a identidade feminina. A jornalista Naomi Wolf afirma que o culto à beleza e à juventude da mulher é estimulado pelo patriarcado e atua como mecanismo de controle social para evitar que sejam cumpridos os ideais feministas de emancipação intelectual, sexual e econômica conquistados a partir dos anos 1970. Também confronta a indústria da beleza, e aborda distúrbios alimentares, mentais, cirurgias plásticas e pornografia. O Brasil é o campeão mundial de cirurgias plásticas e culto à beleza, daí a importância desse título para que possamos ser mais felizes em nossos corpos!

5) Codependência nunca mais

Em 1980, após um relacionamento conturbado, a autora Melody Beattie resolveu escrever sobre esse tema, a partir de sua experiência pessoal, acreditando que deveria ser informativo e acolhedor. Ela retrata a codependência como uma condição emocional ou padrão de comportamento disfuncional que usualmente se desenvolve como resultado da exposição de um indivíduo a continuadas situações de opressão e tem como consequência a dificuldade na expressão de sentimentos, incapacidade de discussão direta de problemas e a impossibilidade de construir relações saudáveis. Atualmente é considerada hoje umas das primeiras especialistas a tratar do assunto que ela desbravou da melhor maneira possível, com vivência e amor.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Amanda Regina

Amanda Regina

Nutricionista Funcional, Personal Diet e ampliada pela Antroposofia. Gosta muito de cozinhar! Atua em consultório e palestras, cuidando principalmente de saúde da mulher; emagrecimento trabalhando comportamentos alimentares, transição para o vegetarianismo ou veganismo, e ajudando a estabelecer uma relação saudável e prazerosa com a comida! Saiba mais