Pesquisar
Loading...

Existe uma culpa boa?

Entenda o que é e a diferença entre a boa e a má consciência

Existe uma culpa boa?

Existe uma culpa boa? Sim, mas quando estamos seguindo o mesmo padrão de comportamento que a nossa família, mesmo que este padrão não seja saudável, a tendência é que a boa culpa não se apresente para você, porque você está tão misturada nas questões da sua família, que muitas vezes não é capaz de enxergar uma solução.

Isto é normal porque fazer parte e pertencer a nossa família tem muito a ver com a nossa sensação de sobrevivência. No fundo, temos medo de tomar decisões e sermos afastadas, ficarmos sem amor.

É aí que nasce a boa ou a má consciência – também chamada de culpa. Entenda a diferença entre elas e como agir para sentir a boa culpa que é você continuar no seu lugar, segundo a visão da constelação familiar (entenda mais aqui).

Quem é a ovelha negra de uma família?

Se você parar para analisar sua vida, perceberá que quando nos sentimos diferentes da nossa família, um sentimento de exclusão, de ser esquecida ou até mesma abandonada surgem muito fortemente.

Mas as verdadeiras ovelhas negras da família são pessoas que enxergam além dos padrões e sabem que transformações precisam acontecer.

Se sua família tem um comportamento ruim com relação ao dinheiro, gastam sem parar, fazem dívidas e querem envolver você numa situação que você não está confortável, você começa a se sentir mal, mas não sabe como dizer não, começa se sentir culpada.

Quando menos percebe, você fez uma dívida para resolver o problema da sua família. Pronto, está emaranhada. Se sente menos culpada por ser uma boa filha, mas isto foi bom para você?

Não, porque não é sua responsabilidade arcar com os gastos dos seus pais e dos seus irmãos. Especialmente se você é adulta e mora na sua casa. Se você ainda não mora no seu espaço, está na hora de dar este espaço.

Já parou para pensar quantas pessoas fizeram parte da sua família antes de você nascer? Escrevi sobre isso nesse artigo.

Inocência ou culpa? Entenda o que é a boa e a má consciência

Quando você pensa, sente e age igual às pessoas da sua família, você fica bem, e chamamos isso de boa consciência. E quando começamos a sair das expectativas do grupo, começamos a nos sentir mal, estamos com má consciência.

  • Boa consciência não tem a ver com fazer o que é bom e má consciência com o que é mau, tem mais a ver com a sensação de culpa e inocência.
  • Pessoas com boa consciência podem fazer algo de ruim para si e para a família, e pessoas com má consciência podem fazer algo maravilhoso.

Então, ao pegar empréstimo para salvar seus pais, você agiu com boa consciência, mas fez algo que te prejudicou, só que você se sente inocente.

Então o ensinamento é aprender a sentir a boa culpa que é você continuar no seu lugar, ou seja, não tentar ser heroína da sua família, tentar salvar pai, mãe e irmãos.

Você fará bem para sua família se você se tornar uma pessoa saudável, que levará sua família para um lugar melhor.

Quer aprofundar sua leitura sobre as relações familiares? Nesse artigo, eu escrevi sobre três problemas comuns nas relações entre pais e filhos.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Natália Torchio

Natália Torchio

Consteladora familiar e terapeuta holística . Já ajudou diversas pessoas a destravarem suas vidas com seus atendimentos, no momento somente online. Dá aulas gratuitas semanais no seu Instagram e também oferece curso online. Saiba mais