Três remédios para candidíase que são naturais

O tratamento natural serve para amenizar os sintomas físicos da doença e não deve substituir as indicações médicas

Três remédios para candidíase que são naturais

A candidíase é uma infecção causada por um fungo que já existe na flora vaginal de proteção íntima. No entanto, quando esse fungo se prolifera exacerbadamente, gera uma inflamação, que é a candidíase propriamente dita. Para melhorar os sintomas físicos você pode fazer uso de remédios para candidíase que são tratamentos naturais.

Mas vale reforçar que as orientações devem ser usadas em paralelo ao tratamento médico convencional, jamais substituindo-o.

Além das dicas de tratamento natural para amenizar os sintomas da doença, você pode conhecer o Programa Anticandidíase, criado pela autora do artigo. Nele, você pode aprender formas  personalizadas de combater a candidíase de repetição. Este é o primeiro programa gratuito do Brasil, com foco nos cuidados físicos e emocionais da doença. Clique aqui para se inscrever gratuitamente no Programa Anticandidíase.

Veja três tratamentos que podem ser remédio para candidíase

Banho de assento de Barbatimão

O Barbatimão costuma ser o “queridinho” no tratamento físico dos sintomas da candidíase. Mas vale lembrar que o que deve ser usada é a casca do barbatimão, e não as folhas, que são tóxicas.

A casca do barbatimão combate a proliferação fúngica, é bactericida e também tem a função de limpar a vagina e cicatrizar as feridas da candidíase.

Por este motivo, uma das dicas naturais de remédio para candidíase que pode ser seguida é fazer um banho de assento de barbatimão. No Programa Anticandidíase, ensino outras receitas destes banhos, com foco nas necessidades de cada mulher. Além disso, as alunas também aprendem por lá a fazerem um spray íntimo de barbatimão, que substitui o sabonete. Clique aqui para se inscrever no Programa e aprender essas dicas gratuitas.

Passo a passo para fazer o banho de assento de barbatimão:

  • Ferva uma única casca de barbatimão durante 15 minutos. A água ficará rosa, é natural.
  • Use uma peneira para coar a água e jogue-a em uma bacia grande o suficiente para você se sentar nela.
  • Coloque um pouco de água fria na bacia para que a temperatura da água fique morna.
  • Sente-se na água, sem calcinha, por cerca de 15 minutos.

Chá de Tanchagem

A Tanchagem é excelente como tratamento complementar da candidíase, pois aumenta a imunidade da vagina, ajudando-a a combater a proliferação fúngica. Além disso, a Tanchagem é bactericida e anti-inflamatória, ajudando a estancar hemorragias e melhorando também feridas na região íntima.

Uma das formas de usufruir os benefícios desta planta é por meio de chá. Mas já adianto que o gosto desta bebida não é agradável. No Programa Anticandidíase, ensino outras receitas de chás, feitos com ervas e plantas medicinais, que também ajudam a combater a candidíase.

Como fazer chá de Tanchagem?

  • Coloque 1L de água para ferver. Quando isso acontecer, desligue o fogo e jogue um punhado de Tanchagem nesta água
  • Tampe a panela e mantenha-na assim durante 5 min
  • Ingira esta quantidade de chá durante 1 semana, 1x por dia

Limpe as emoções que geram a candidíase

O fato de ser um fungo que faz parte da nossa autoproteção e que, quando prolifera demais causa uma inflamação, já nos dá pistas de que a candidíase pode surgir por causa emocional desencadeante. Ou seja, a doença pode apontar que a mulher está se autoprotegendo em excesso na vida, o que acaba “inflamando” suas emoções e lhe ferindo.

Por exemplo: pode ser alguém que se priva em viver momentos de prazer e diversão por achar que resolver tarefas profissionais deve ser única obrigação e que ser feliz é opcional.

A candidíase pode ser uma forma de “grito” do seu corpo para expressar uma ferida emocional que você necessita trabalhar. Se existem emoções mal resolvidas, o corpo pode manifestar a doença como forma de apontar onde está o problema.

Por este motivo, sempre busco, no meu trabalho, integrar mente, emoção e manifestações físicas. Pois somente assim é possível ter resultados eficazes no autocuidado.

Portanto, o primeiro caminho para corrigir a candidíase, assim como qualquer outra doença, pode ser o de limpar essa emoção do corpo. No caso das mulheres, as memórias celulares de todas as experiências vividas no amor ou na cama ficam concentradas justamente no útero e canal vaginal. Quando esses registros não são limpos, vão reverberando negativamente na saúde.

É muito importante que você saiba disso antes de começar qualquer conduta para a resolução de um problema no corpo. Afinal, enquanto não limpar seu útero das memórias de dor, traumas, mágoas e dificuldades ali registradas, a tendência é que nenhum tratamento dê resultado.

Neste caso, eu sempre indico que toda mulher se submeta a uma vivência chamada “Reconsagração do Ventre”. Esta é uma terapia milenar, a qual fui pioneira em trazer para o Brasil, que trabalha em um nível inconsciente, limpando os registros celulares concentrados em seu útero e vagina. Se deseja fazer a Reconsagração e se limpar das memórias que desencadeiam a candidíase, basta clicar aqui.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Roberta Struzani

Roberta Struzani

Terapeuta especializada em sexualidade e saúde ginecológica. Realiza atendimentos presenciais e online focados no autoconhecimento, na elevação da autoestima e na saúde do aparelho reprodutor feminino. Sua principal ferramenta de trabalho é o Pompoarismo. Saiba mais