Logo Personare vertical
Pesquisar
Loading...

3 problemas comuns na relação entre pais e filhos

Constelação familiar pode ajudar a resolver problemas como sensação de superioridade, julgamento ou acomodação.

3 problemas comuns na relação entre pais e filhos

Podemos perceber, por meio da constelação familiar, que existem 3 principais erros na relação entre pais e filhos. Esses equívocos geram problemas e emaranhados tanto na vida dos pais quanto na dos filhos, e acabam travando o fluxo da vida. Confira quais são eles:

1. Superioridade

O primeiro erro é a superioridade. Quando um filho se coloca como superior aos pais é como se ele achasse que sabe como os pais deveriam viver. Muitas vezes, toma as rédeas da casa, das contas e dos irmãos, assumindo a posição de mais velho. Ao invés de filho, se comporta como se fosse o próprio pai e/ou mãe dos pais.

Esta postura pode ser algo que o filho optou por fazer ao sentir a fragilidade dos pais ou também foi cobrado por pais que se mantêm como vítimas da vida. Em ambas as situações podemos dizer que o filho não teve muita escolha: sem ter o conhecimento adequado, ele se rendeu a um impulso invisível, de um amor infantil, que quer salvar os pais.

Eu costumo brincar que devemos lembrar de nós mesmos quando bebês, olhando nossos pais como grandes, verdadeiros gigantes. Naquele momento, nosso amor pelos pais é tão grande que somos capazes de abrir mão da nossa própria vida, achando que assim salvaremos eles de qualquer coisa que possa acontecer. Infelizmente, isto não é verdade. O filho se coloca nesta postura e, no final, de nada resolve. Só piora, aumentando a confusão.

O que o filho que se sente superior pode perceber e fazer?

Entender que ele é pequeno e não deve se meter nas questões dos pais, seja no relacionamento do casal, seja na vida financeira ou profissional.

Se os pais pedirem por isto, tome muito cuidado. É bem difícil para um filho ajudar fora desta postura. Exige muito conhecimento para ajudar de um lugar neutro, sem ser o salvador da pátria.

Claro que preciso fazer uma ressalva para esta postura. Nossa alma sente os problemas dos nossos pais: se eles querem morrer, se estão tristes, se estão com dificuldades. Automaticamente somos tomados por um amor maior, mesmo aqueles filhos que criticam e julgam as atitudes dos pais.

Talvez este conhecimento esteja chegando até você depois que um problema de superioridade já aconteceu por conta da ressalva acima. Nestes casos, você precisará de uma constelação familiar para colocar em ordem a relação com seus pais, mas o próprio conhecimento de que essa situação existe pode te ajudar a evitar próximas vezes.

Muitos filhos ajudam sem parar, querendo devolver a vida que receberam dos pais tentando resolver a vida deles, mas a vida não pode ser devolvida para trás. Ela deve ser passada adiante por meio de projetos e/ou da criação da sua própria família.

Outro ponto importante para a cura da superioridade é saber que nossos pais são capazes de resolver seus problemas, portanto não tire a dignidade deles. Abra mão do poder que você adquire ao querer ser a heroína da família. Eles dão conta da vida deles.

Aqui você pode parecer boazinha, a filha que faz tudo por eles, que paga, que resolve, mas no fundo tá emaranhada até a tampa.

2. Julgamento

O segundo erro mais comum é o julgamento. Posso dizer que ele também está envolvido quando nos sentimos superiores. Mas então por que será que julgamos tanto as atitudes dos nossos pais?

Pelo simples fato de que esquecemos que eles são pessoas comuns, ordinárias, que cometem erros, assim como eu e você.

Idealizamos eles como pessoas sem falhas e criamos uma expectativa de que eles soubessem como melhor se relacionar conosco.

No entanto, muitos deles também tiveram problemas com seus próprios pais, não tiveram um exemplo, nem conhecimento adequado. Repetem padrões de comportamento enraizados na ancestralidade da sua família.

Não estou dizendo que eles não devem ser responsabilizados pelos seus erros, mas quero que a partir de agora você entenda que precisa separar o comportamento do seus pais da energia da vida que chegou até você por eles.

O comportamento deles é de total responsabilidade deles e eles devem arcar com a consequência das atitudes erradas que tomaram.

Pais que abandonaram filhos, que fizeram dívidas, que usaram os filhos para brigarem com seus parceiros, etc, irão colher da vida o fruto de suas escolhas. Se for algo jurídico, também deverão pagar pelos seus erros. Apesar de tudo isto, preciso te contar uma coisa:

Seus pais são os pais certos para você.

Não existe a possibilidade de você ter outro pai e outra mãe porque eles foram o canal para que você estivesse aqui no mundo, suas células são formadas a partir deles, e isto quer dizer que eles vivem em você. Ao julgá-los, criticá-los e rejeitá-los, você perde sua força.

A partir de hoje, aprenda a separar o comportamento deles, deixando-os com o peso das escolhas deles, da energia da vida deles. Você pode se posicionar e deve se afastar caso estes pais não sejam saudáveis, mas cuidado com o julgamento na expectativa de perfeição.

3. Acomodação

Por fim, chegamos ao terceiro erro: a acomodação. Muitos filhos que recebem demais dos pais ficam sem força para agir.

Outros, por ainda cobrarem uma reparação de julgamentos que fazem da postura dos pais, acabam ficando na casa dos pais, cobrando dinheiro e amor, entre outras coisas, porque acham que o que receberam não foi o suficiente.

A chave para dissolver estes erros é entender que:

  1. A vida é o nosso maior presente e é isto que devemos agradecer: a oportunidade de estarmos vivos
  2. Precisamos aprender a respeitar o destino difícil dos nossos pais, suas atitudes e escolhas
  3. Devemos fazer algo de bom com a nossa vida, ocupando o nosso lugar de filhos.

Nossa vida sempre terá desafios, mas o mais importante é descolar essas questões da vida dos nossos pais. Como indivíduos independentes, somos responsáveis por nossas escolhas e padrões de crença. A constelação familiar é uma das terapias que pode ajudá-lo a se descobrir. Conheça mais sobre o tema, experimente e se permita liberar desses erros!

Olá, essa matéria foi útil para você?
Natália Torchio

Natália Torchio

Consteladora familiar e terapeuta holística . Já ajudou diversas pessoas a destravarem suas vidas com seus atendimentos, no momento somente online. Dá aulas gratuitas semanais no seu Instagram e também oferece curso online. Saiba mais