Yubertson Miranda
Por Yubertson MirandaLeia em 3 min.04/04/2018 Atualizado em 15/05/2018

Previsões numerológicas para o amor em abril de 2018

Confira o que o mês sugere para solteiros e comprometidos

Previsões numerológicas para o amor em abril de 2018

Com a Numerologia, é possível oferecer previsões personalizadas sobre Amor para solteiros e comprometidos, com base no Ano Pessoal, Trimestre Pessoal ou Mês Pessoal. Calcule gratuitamente o seu Ano Pessoal e Trimestre Pessoal no Mapa do Ano. Depois, descubra seu Mês Pessoal também. As interpretações abaixo, indicam as principais oportunidades e desafios que você tende a viver nos relacionamentos em abril. Vale lembrar que, para uma visão mais profunda do seu momento afetivo, é indicado consultar a versão completa das análises numerológicas.

ANO PESSOAL 1 – TRIMESTRE PESSOAL 9 – MÊS PESSOAL 5

Se você não está se relacionando, neste mês de abril você poderá ter a oportunidade de conhecer alguém. Na verdade, de ter mais de uma aventura romântica e sexual. Amor à primeira vista e uma química sexual bem forte poderão ditar o colorido deste período em sua vida amorosa. O detalhe é que esses encontros poderão começar rápido e terminar rápido também, porque existe a tendência a evitar compromissos sérios durante os próximos dias. Esta combinação numerológica também sugere mais chances de viajar neste período ou vir a participar mais das redes sociais ou de algum novo grupo presencial, por isso as possibilidades de conhecer alguém diferente nestes ambientes são maiores.

Caso esteja numa relação, a crise poderá ser bem marcante entre você e a pessoa parceira. Porque você vive um ciclo em que os três números mais inconformistas da Numerologia se encontram: o 1, o 9 e o 5. Para seu relacionamento não sofrer com decisões súbitas, impulsivas e radicais, será fundamental que você e seu par tomem decisões cruciais para trazer mais estímulo, inclusive sexual, para a vida amorosa de vocês. O momento é para reciclar seu amor, sua forma de expressar seu afeto e mudar o que não está satisfatório na sua relação.

ANO PESSOAL 2 – TRIMESTRE PESSOAL 2 – MÊS PESSOAL 6

Este é um mês realmente favorável para o amor. Caso não esteja se relacionando, poderá iniciar um laço afetivo. Além de você estar com mais receptividade para amar, provavelmente também quer ser alvo do afeto do outro. A carência, inclusive, pode estar grande, fazendo com que você sinta uma forte necessidade de estar ao lado de alguém. Cuidado apenas para não ficar com quem não tem afinidade somente para não ficar na solidão. Essa combinação numerológica sugere mais chances de atrair alguém e estreitar os laços com tal pessoa nesse ciclo.

Se você está numa relação e ainda não formalizaram o vínculo, este mês de abril é muito favorável. Seja qual for o nível de comprometimento afetivo entre você e seu par, é o momento para resolver divergências e eventuais conflitos Esse diálogo será essencial para aparar as arestas e resolver mal-entendidos, principalmente porque certos detalhes na convivência e algumas diferenças poderão incomodar bastante durante os próximos dias. Se quiserem ficar juntos, encarem o que está conflitante e resolvam com acordos justos para ambas as partes. Aí, sim, poderão desfrutar de uma fase de muito afeto e proteção mútua.

ANO PESSOAL 3 – TRIMESTRE PESSOAL 4 – MÊS PESSOAL 7

Pode ser que as várias oportunidades de relacionamento que viveu no mês passado e até mesmo desde o início do ano lhe apresentem a oportunidade de formalizar um vínculo e se comprometer mais intimamente com alguém. E aí vem o medo, a resistência, a desconfiança. Medo da traição, resistência quanto a se entregar e necessidade de vencer algumas barreiras para estreitar o laço afetivo com determinada pessoa. Se tiver autoconfiança e fé em você, no outro e na relação, poderá superar essas barreiras e criar um nível mais íntimo e estável com alguém.

Se você está se relacionando, pode perceber que aquela leveza afetiva que viveu de janeiro a março está cedendo lugar a um comportamento mais sério com a pessoa parceira. Inclusive, existe a possibilidades de sentir medo de receber traição, rejeição ou distanciamento emocional e sexual de seu par. Essas desconfianças ? reais ou imaginárias ? poderão travar a expressão de seu afeto, reprimindo a sua espontaneidade amorosa. Tenha consciência do que está te deixando desconfortável no vínculo afetivo. Dessa forma, poderá vencer essas incertezas e esses medos, a fim de criar um laço mais seguro, estreito e duradouro com quem se relaciona.

ANO PESSOAL 4 – TRIMESTRE PESSOAL 6 – MÊS PESSOAL 8

Esta combinação numerológica envolvendo os números 4, 6 e 8 é uma das melhores não apenas para quem quer iniciar uma relação, mas também para aqueles que desejam formalizar um vínculo. Tanto quem está numa relação quanto quem não se encontra ligado a alguém podem se perceber com uma atitude mais séria neste âmbito afetivo. O desejo de construir algo ao lado de alguém está forte.

Porém, esse desejo de se unir a alguém só ocorrerá se perceber que o afeto entre vocês irá durar. Assim, se você não se relaciona, só vai se abrir para alguém com quem tenha segurança. Nesta fase, é importante que sinta proteção, estabilidade (inclusive financeira) e apoio de quem pretende se envolver.

Se está numa relação, vai poder planejar com a pessoa parceira alguma meta financeira, familiar ou residencial. Essa combinação numerológica favorece também a conclusão de objetivos em comum, como mudanças, reformas, adoção ou nascimento de um filho.

ANO PESSOAL 5 – TRIMESTRE PESSOAL 8 – MÊS PESSOAL 9

Este é um período que, se você não está se relacionando, pode preferir manter a liberdade. O 9 (de seu Mês Pessoal) e o 5 (de seu Ano Pessoal) podem prevalecer sobre o seu Trimestre Pessoal 8, que aponta para um desejo de se estabilizar afetivamente com alguém. A não ser que você encontre alguém que aceite o amor livre ou simplesmente alguns encontros sexuais e intensos sem necessariamente firmar um compromisso.

Caso você esteja numa relação, a necessidade de mudanças que tanto o 9 quanto o 5 representam poderão demandar uma atitude mais madura e justa para reestruturar (demanda do Trimestre 8) o seu relacionamento. Pode ser interessante refletir bastante, por meio de uma viagem (seja sua ou de seu par) ou de um maior distanciamento emocional, se vale a pena manter esse relacionamento. Você realmente quer mudar e fazer este laço renascer? Está verdadeiramente disposto a persistir neste vínculo para superar insatisfações? Se sim, demonstre na prática ? por meio de um comportamento diferente e mais responsável ? que está tomando decisões em prol de uma união mais satisfatória entre você e seu par.

ANO PESSOAL 6 – TRIMESTRE PESSOAL 1 – MÊS PESSOAL 1

Você, caso não esteja numa relação, passa por uma fase excelente para iniciar um vínculo afetivo. Tanto seu Trimestre quanto o seu Mês Pessoal são simbolizados pelo número 1, que aponta início, começo.. Ambos fazem parte de seu Ano Pessoal 6, que é propício para o amor. Então, caso queira, aproveite a coragem e a iniciativa para arriscar e começar uma nova fase em sua vida afetiva ao se envolver em um relacionamento. Só precisará vencer a tendência de preferir ficar livre, voltando-se mais para novos projetos e desafios, que é muito forte em períodos simbolizados pelo 1. Os dois ciclos, 1 e um 6, também geram a inclinação a manter sua independência e espaço de autonomia, que pode ser maior do que a de se relacionar.

Se você já está numa relação, este mês de abril é muito favorável para reciclar significativamente sua vida a dois. A repetição do 1 (no Trimestre e no Mês Pessoal) mostra que você quer novas experiências e uma renovação em seu relacionamento. Deve-se direcionar esse ímpeto ao seu vínculo amoroso. Este é um bom momento para apresentar soluções, novos programas, atividades e, principalmente, novos comportamentos no amor. Dê uma atenção inicial para o lado impulsivo e imprudente do 1, que pode implicar em falas ríspidas e comportamento agressivo. Isso demandará o emprego extra da necessidade de diplomacia para a resolução de divergências que este Ano Pessoal 6 vem lhe apresentando.

ANO PESSOAL 7 – TRIMESTRE PESSOAL 3 – MÊS PESSOAL 2

Você está numa fase em que a disposição para se relacionar é maior. O lado romântico do Trimestre Pessoal 3 está em união com o desejo de um laço afetivo íntimo (mostrado pelo 7 de seu Ano Pessoal e pelo 2 de seu Mês Pessoal). Então, se quer se vincular afetivamente a alguém, este é um momento muito propício para o amor.

Caso esteja em um relacionamento, este será um ótimo período para estreitar o laço de confiança e intimidade com a pessoa parceira. Talvez o maior desafio seja conciliar os momentos de maior sociabilidade com os de preferir curtir com a pessoa amada em um ambiente reservado. Se vocês souberem conversar sobre quando querem sair ou quando preferem ficar a sós, será ótimo. Também valerá a pena perceber algumas divergências entre vocês, a fim de usar um diálogo carinhoso e sincero na resolução de algum mal-entendido, de uma cena de ciúmes ou mesmo de uma desconfiança de traição. Fazer ajustes nas diferenças entre vocês será essencial para criar um nível maior de intimidade e prazer, inclusive sexual.

ANO PESSOAL 8 – TRIMESTRE PESSOAL 5 – MÊS PESSOAL 3

Você pode perceber-se na dúvida entre manter a liberdade, com disposição para aventuras românticas e sexuais sem compromisso, e aproveitar as oportunidades de conhecer gente nova para começar um relacionamento. O 3 e o 5 simbolizam esse desejo por relações mais informais, enquanto o 8 almeja seriedade e segurança afetivas. O melhor para esse novo romance é que consigam ir com calma na construção desse vínculo e que isso ocorra de forma justa, conforme o 8 sinaliza, sem que perca sua liberdade. Assim, será mais fácil dar uma chance para alguém que pode mexer bastante com você neste mês.

Se você está num relacionamento, o desejo de trazer mudanças que proporcionem efetivamente mais prazer na sua vida a dois poderá ser realizado. O 3 (de seu Mês Pessoal) e o 5 (de seu Trimestre) apontam para essa disposição em curtir momentos mais agradáveis e prazerosos, inclusive sexualmente, com seu par. O potencial de concretização do 8 de seu Ano Pessoal poderá lhe conferir a capacidade de tornar seu vínculo afetivo mais satisfatório. Saiam mais, namorem mais, assistam séries juntos, dancem, cantem e festejem. Coloque mais leveza, humor e aquele toque de renovação em seu relacionamento.

ANO PESSOAL 9 – TRIMESTRE PESSOAL 7 – MÊS PESSOAL 4

Este pode ser um período repleto de dúvidas na sua vida amorosa, pois está vivendo um Trimestre Pessoal 7 em um Ano Pessoal 9. Ambos os números apontam para a tendência a sentir medo de perdas e abandono. Ao mesmo tempo, o 7 exige de você coragem para se entregar a um vínculo mais estreito com alguém e o 9 está associado a vivência de experiências marcantes e à possibilidade de realizar um grande sonho. Para completar essa dualidade de sentimentos, você vive também um Mês Pessoal 4, que dá a você o desejo de concretizar objetivos. Por isso, se não está em um relacionamento, apesar de querer, pode hesitar em se envolver afetivamente com alguém neste período. Para se dar a chance de começar uma nova relação, é preciso que saia de sua zona de conforto e supere o medo de traições e abandono.

Caso esteja numa relação, este mês de abril pedirá que você encare os fatos com maturidade, especialmente se o medo da perda, do abandono, do término ou da traição, conforme os simbolismos do 9 e do 7 apontam, estiver fora de controle. Reconheça certas resistências de se entregar a um novo nível de intimidade com seu par. Observe os bloqueios e limitações sexuais e emocionais que podem estar impedindo você de se entregar mais profundamente ao relacionamento. E vá ? com calma e gradualmente ? alcançando essa união mais segura e confiável ao lado de quem ama.

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo e é graduado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia a dia. É autor das análises numerológicas do Personare.