Logo Personare vertical
Pesquisar
Loading...
Malaquita: significado e propriedades da pedra

Malaquita: significado e propriedades da pedra

A malaquita é uma pedra relacionada ao movimento, que ajuda a trazer equilíbrio. Sua energia é extraordinária, servindo praticamente para todos os fins curativos

De energia extraordinária, a malaquita é uma pedra que serve para fins de reequilíbrio em geral, começando com o reequilíbrio do corpo físico.

Costumo dizer que quando houver dúvida sobre qual pedra deve ser usada para um mal físico, podemos usar a malaquita, pois além de ajudar a reestabelecer a harmonia e lidar com a dor, ela aprofunda e traz à tona as origens em campos mais sutis, como o emocional. Saiba mais.

Malaquita: significado

A palavra vem do grego e deriva de malva ou macia, pela sua aparência e também pela dureza, que na escala de pedras é de 3 a 4 Mohs.

A malaquita é um carbonato básico de cobre que contém também cromo, cálcio e zincose e se forma em áreas de oxidação superficial em depósitos do mineral.

malaquitaÉ importante saber que o cobre se encontra também no corpo humano, no sangue, fígado, cérebro, coração e rins e é importante para várias funções do corpo, como produção de energia, formação dos glóbulos vermelhos e dos ossos.

Além disso, o cobre também é antioxidante, o que ajuda a proteger as células de possíveis danos, evitando o envelhecimento precoce e até o aparecimento de doenças graves.

Pedra malaquita: propriedades e benefícios

Tem a qualidade de trazer de dentro para fora a energia que precisa ser trabalhada, podendo ser colocada sobre qualquer área dolorida para trabalhar a densidade da energia da dor e trazer à tona as causas emocionais.

Trabalha para revelar os medos mais profundos sobre mudança e crescimento, e auxilia no reconhecimento e utilização dos poderes individuais. Por isso mesmo é uma pedra para trabalhar a abundância, a prosperidade e a manifestação de nossos desejos.

Trabalha com as feridas e faltas e também com as projeções do masculino, ou seja, com o que esperávamos da figura masculina importante da nossa vida.

Apresenta a qualidade de absorver energia.

Colocada sobre o chakra plexo solar e o chakra cardíaco, libera a tensão do abdômen e restaura a respiração profunda e plena.

Ajuda o funcionamento energético do meridiano do estômago, além do meridiano do pulmão. Ajuda a restabelecer a saúde de uma forma geral (simbologia da regeneração, renovação). Está relacionada ao movimento equilibrante. Sua energia de cura é extraordinária, servindo praticamente para todos os fins curativos.

Malaquita: como identificar a pedra

A malaquita é uma pedra bem fácil de reconhecer, porque seus tons de verde e padrão peculiar fazem dela uma pedra única. São fáceis de achar em um valor médio. Como todas as pedras e cristais, aconselho a buscar em lojas e mineradoras com referências. Os formatos encontrados são pedras brutas, roladas e lapidadas.

Quando se fala da malaquita azul, na verdade a parte azul é outra pedra, a azurita. No entanto, como a formação de ambas é o carbonato de cobre, muito facilmente se encontram no mesmo local na natureza.

Toxicidade

Algumas pessoas perguntam sobre a toxicidade da malaquita, já que ela aparece na tabela de toxicidade. Por isso, precisamos aprofundar a questão. Essa tabela de toxicidade está separada em três fatores:

  1. manuseio e uso normal;
  2. corte ou manuseio para joalheria;
  3. ingestão.

A malaquita está como tóxica pois ela reage em contato com ácidos, ou seja, NÃO É para colocar na boca ou em contato com mucosas do corpo, e lógico, não é para ingerir. Para o manuseio e uso em contato com a pele, como nas joias e nos acessórios, não há nenhum risco, seja a malaquita bruta, rolada ou lapidada.

Pedra do signo

Muitas pessoas procuram pedras atreladas a um signo, mas a verdade é que isso desconsidera todo um momento da pessoa, os estados em que se encontra e desafios que enfrenta.

Além disso, utilizar apenas uma ou duas pedras para uma vida toda, além de ser pouco, pode potencializar o que estaria em desequilíbrio na pessoa. Mesmo astrologicamente não somos somente nosso aspecto solar, somos um todo celeste, com o aspecto solar, o ascendente, a lua, e mais. Por isso, recomendo abaixo um modo de uso da malaquita.

Malaquita: uso na meditação e no dia a dia

Indico o uso em acessórios pessoais, como pingente e pulseira, e mais ainda para ser usada na meditação, com o intuito de ajudar a energia que precisa ser trabalhada e a equilibrar alguma característica que você percebe que precisa.

Então, sugiro que medite com a pedra na mão e questione o que é prioridade para você. Também é importante sintonizar na frequência da pedra que escolheu. Carregue-a com você no bolso ou na bolsa, em joias ou acessórios. Assim, funciona como um lembrete dessa meditação e sintonização, além de te ajudar a ressoar na sua vida a frequência sintonizada.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Simone Kobayashi

Simone Kobayashi

Terapeuta Holística atuante em São Paulo e OnLine. Dedica sua vida profissional à junção de técnicas terapêuticas como o Reiki, Florais, Acupuntura, Análise Energética, Limpeza Energética, Harmonização, Barras de Access e Cura quântica. Saiba mais