Yubertson Miranda
Por Yubertson MirandaLeia em 3 min.18/03/2016 

Em 2016, simbologia do Ano Pessoal 9 estará mais forte

Pessoas neste ciclo terão que lidar com profundas transformações

O ano de 2016 será simbolizado pelo Número 9 – tanto no aspecto coletivo, quanto sob a perspectiva do amor. Todavia, se você viverá em 2016 um Ano Pessoal 9, seus quatro trimestres das Previsões Numerológicas também serão simbolizados por este número tão temido. Por isso, vale a pena nos aprofundarmos na sua compreensão.

Antes de tudo, é importante entender que o 9 simboliza o potencial de realizar grandes sonhos.

Antes de tudo, é importante entender que o 9 simboliza o potencial de realizar grandes sonhos.

O time de futebol Corinthians, por exemplo, cuja data de fundação é 01/09/1910, acaba de ser campeão brasileiro de 2015. E o time se encontra justamente no Ano Pessoal 9. Para calcular o número que rege seu ano, basta somar Dia + Mês de nascimento + Algarismos do ano. Portanto, no caso do Corinthians, a soma seria 1 (Dia de nascimento do time) + 9 (Mês de nascimento do time) + 2+0+1+5 (algarismos que compõem o ano de 2015) = 18. Depois disso, some novamente os algarismos que compõem o 18, a fim de chegar ao número reduzido: 1+8=9.

Já em 2013, o Campeão Brasileiro foi o Cruzeiro (fundado dia 02/01/1921). Nesta época, o clube mineiro vivia o Ano Pessoal 9 (2+1+2+0+1+3 = 9). Além disso, a conquista de uma vaga na Libertadores também é um sonho almejado pelos times. E o Atlético Mineiro (fundado dia 25/03/1908) conseguiu, em 2015, este feito. Sabe em qual Ano Pessoal ele se encontra? Justamente, no 9 (2+5+3+2+0+1+5 = 18. 1+8 =9).

Não, este artigo não é sobre futebol. Só quis dar exemplos públicos e notórios de belos feitos quando se está num ciclo simbolizado pelo 9, tal qual o Ano Pessoal. Isso quer dizer que é fácil e sempre realizaremos grandes sonhos numa época representada por esta simbologia? Não, muito sacrifício será exigido. Você já deve ter ouvido a frase “muito se é exigido de quem tem muito a oferecer”. Esse ditado deve ter sido criado por alguém que tinha muitos Números 9 em seu Mapa Numerológico ou passava por um Ano Pessoal 9. Além disso, os emocionantes êxitos representados por este número geralmente vêm após alguma crise, assim como a necessidade de renascer a partir dela.

Você está pronto para lidar com fins?

Assim como a Astrologia tem sua sequência linear de Áries a Peixes (ou do Ascendente até a Casa 12) e o Tarot tem sua trajetória representada pela jornada que vai do arcano “O Louco” até o “O Mundo”, a Numerologia também tem sua estrutura simbolizada pela sequência de 1 a 9. E o último número sinaliza justamente o fim de um ciclo – tal como o signo de Peixes e a Casa 12 do Mapa Astral (e como o arcano “O Mundo” no Tarot).

Em um Ano Pessoal 9 nos deparamos com tudo aquilo que precisa ser concluído, finalizado, resolvido.

Em um Ano Pessoal 9 nos deparamos com tudo aquilo que precisa ser concluído, finalizado, resolvido.

E temos consciência do quanto é difícil lidar com o fim de algo, principalmente quando não sabemos muito bem o que virá em seguida. Não por acaso tanta gente tem medo de colocar um ponto final em um relacionamento ruim, desgastado e insatisfatório. Essas pessoas ficam com medo do futuro, do novo ciclo, da solidão e de não saber se irão encontrar alguém. Além disso, a dificuldade em dar fim às coisas vem do fato de sermos muito apegados. E para concluir as situações que o 9 pede, precisamos de uma grande dose de desprendimento, de deixar para trás o que vivemos e de nos abrirmos ao novo.

Por isso, o Ano Pessoal 9 (ou o Ano Universal 9, o qual todos viverão em 2016) assombra muita gente. Este número apresenta os tipos de experiências que mais nos incomodam, que são mais difíceis: acreditar no futuro (que o novo ciclo será melhor para nós) sem ter muita clareza do que está por vir e desenvolver o desapego.

E o famoso vazio existencial que costuma ser praticamente o sobrenome da simbologia do 9 acontece justamente pelo fato do número ser o último da sequência básica na Numerologia, representando uma enorme gama de experiências. Isto é, já passamos por muita coisa, vivemos muitas e diversificadas situações nos números anteriores. E agora? É hora de colocar em prática os aprendizados. Por isso, o 9 também é o número da sabedoria. Afinal, sábio é aquele que aprendeu com o que viveu.

Ano 9 acentua espiritualidade e vazio existencial

Aí entra o lado humanitário e doador do 9. As crises que superamos nos capacitam a ajudar pessoas que estão passando por experiências similares àquelas que estávamos envolvidos. Quando alguém passa por um sofrimento, tal como uma doença, ela tem mais empatia com quem está vivenciando essa dor. Quem já passou pela crise de não suportar mais ir ao trabalho ou seguir determinada carreira, e deu uma guinada profissional ao começar uma nova profissão ou num novo emprego, consegue compreender e ser um exemplo inspirador para quem se encontra nesta mesma angústia com o trabalho insatisfatório.

Por isso, quem vive um Ano Pessoal 9 (ou todos nós, que viveremos o Ano Universal 9 em 2016) tem plenas condições de se doar a quem está passando por dificuldades e ser mais humanitário. Inclusive, por meio dessa doação nós conseguimos aplacar a tendência de sentir um baita vazio existencial (como costuma acontecer num ciclo 9).

Essa angústia existencial representada pelo 9, a qual pode gerar tristeza ou mesmo depressão, tende a ser o estopim de uma profunda transformação.

Essa angústia existencial representada pelo 9, a qual pode gerar tristeza ou mesmo depressão, tende a ser o estopim de uma profunda transformação.

Quando tudo está bem, dando certo, alegre e feliz, a gente não dá muita bola para certas necessidades e circunstâncias. Já percebeu que você ou outras pessoas – quando passam por crises agudas – tendem a buscar algo que faça sentido na sua crença, como Deus, religião ou ajuda terapêutica? Isso porque a dor e o sofrimento nos impelem a encontrar um propósito maior e um significado naquilo que está gerando angústia, tristeza, depressão ou vazio. Quando estamos bem, nos divertindo bastante, a vida flui e a tendência é diminuir a busca espiritual ou de sentido.

Por isso, veremos uma acentuação da necessidade de ter fé em 2016. Consequentemente, a religiosidade tende a ser mais procurada, assim como uma conexão maior com a espiritualidade. Além disso, quem passa pelo Ano Pessoal 9 tende a se envolver mais acentuadamente com experiências místicas, esotéricas, terapêuticas e filosóficas.

Simbologia do 9 terá destaque em 2016

Em 2016 existe uma curiosidade sobre o Ano Pessoal 9. A pessoa que viver esta simbologia, neste ano específico, também terá seus quatro trimestres simbolizados pelo número.

Em 2016 existe uma curiosidade sobre o Ano Pessoal 9. A pessoa que viver esta simbologia, neste ano específico, também terá seus quatro trimestres simbolizados pelo número.

Ou seja, tudo o que estamos abordando aqui será mais fortemente sentido por ela, já que os significados e as situações associadas a este simbolismo estarão mais intensos. Afinal, quando um número se repete em dois ou mais ciclos em que estamos vivendo, tal como Ano Pessoal 9 e Trimestre 9, as atividades e aprendizados que ele representa acentuam-se. Veja aqui se é o seu caso.

Valerá a pena tal pessoa relembrar como foram vividos seus outros Anos Pessoais 9, isto é, em 2007, 1998, 1989, 1980, etc. E tentar perceber o que estava sentindo nessa época, quais as atividades buscou, os sonhos que realizou, bem como do que precisou se desprender e diante de qual crise renasceu.

Claro que em 2016 outras experiências serão vividas, afinal, depois de nove anos, nós podemos nos encontrar em outros ambientes, empregos, cidades, enfim, mudado bastante (interna e externamente). Mas essa reflexão servirá como referência e aprendizado para aproveitar ainda melhor as oportunidades e circunstâncias pelas quais passará neste período.

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo e é graduado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia a dia. É autor das análises numerológicas do Personare.