Vanessa Tuleski
Por Vanessa TuleskiLeia em 2 min.25/01/2018 Atualizado em 03/05/2018

Marte em Sagitário até meados de março aumenta fé e entusiasmo

Trânsito vai favorecer viagens, novos voos e quebra na rotina

Marte em Sagitário até meados de março aumenta fé e entusiasmo

Marte, o planeta da ação, transita por Sagitário de 26 de janeiro a 17 de março, tornando nossas atitudes mais ousadas ao nos instigar a sair da zona de conforto. Seja para começar cursos ou, ainda, fazer viagens, duas atividades que os nativos deste signo adoram. Estas últimas, muito favorecidas pelo espírito de aventura e fôlego que este posicionamento traz.

Aumento da disposição para atividades físicas externas

Acha que anda mais preguiçoso do que gostaria? Agora você vai querer, literalmente, esticar as pernas, regidas por Sagitário. Atividades físicas, especialmente ao ar livre, estarão em alta, como pedalar, escalar e surfar. Então, espere um aumento de interesse por lazer ao ar livre.

Quebrando a rotina

Aliás, não só aumentará a busca por lazer, mas também de quebra da rotina, já que este posicionamento abomina tanto o confinamento quanto a monotonia. Você vai cogitar passear, sair ou reunir amigos ou familiares para qualquer atividade, como uma trilha ou um jogo.

+ Entre em sintonia com seus amigos

O lado negativo: menor autocontrole

Expansivo e alegre, este posicionamento, porém, não é conhecido pela paciência. O autocontrole estará menor, com potencial para explosões e reações. Tome cuidado, desta forma, para não ser reativo, ou até grosseiro e, depois, se arrepender. Portanto, atenção com discussões e outros tipos de embates desnecessários. Se pisar na bola, vale se explicar e pedir desculpas para evitar levar adiante conflitos.

No âmbito coletivo, podemos prever o lado apaixonado do posicionamento sendo usado de forma negativa, com muitos desentendimentos em torno de opiniões, religiões, etnias, times e fronteiras.

Outro lado negativo do signo é o exagero, do tipo que acredita ser possível fazer mais do que realmente pode dar conta. O posicionamento também torna as pessoas mais impacientes caso não tenham muitos programas para fazer ou se sintam limitadas por alguém ou alguma coisa.

Isto poderá gerar problemas nas relações amorosas, por exemplo, se um dos parceiros for muito inflexível ou acomodado, já que o desejo de expansão e movimentação será grande.

Carnaval: possibilidade de viroses, descuidos e baixa energética

De 12 a 22 de fevereiro, podendo começar até um pouco antes, Marte estará em quadratura com Netuno. Haverá um potencial para viroses, baixa energética ou, ainda, problemas com álcool, drogas e medicamentos. O aspecto poderá aumentar o descuido, já comum nesta época, com doenças sexualmente transmissíveis e gravidez. Por isso, fique ligado para aproveitar a folia de um jeito saudável. O dia a dia também poderá ter mais atrasos, falta de objetividade e obstáculos inesperados.

O dia a dia também poderá ter mais atrasos, falta de objetividade e obstáculos inesperados.

Cuidado, ainda, com locais lotados em que possa haver risco de acidentes. Uma boa medida será procurar se prevenir para evitar estresses, saindo bem mais cedo para não perder um voo ou enfrentar engarrafamentos em horários de pico. A combinação também pede para relaxar um pouco, dormir e descansar mais.

+ Aprenda exercício para tomar decisões conscientes

Aumento de entusiasmo para projetos

Doses elevadas de fé e entusiasmo marcam este posicionamento. O único risco é querer abraçar coisas demais ao mesmo tempo e a acabar se dispersando. Porém, o momento é perfeito para se lançar nos seus projetos realmente acreditando neles.

+ Reprograme sua mente para atingir o sucesso

+ SOBRE ASTROLOGIA

7 conselhos para se dar bem no
trânsito de Saturno em
Capricórnio

 

Astrologia revela o que lhe satisfaz
nas relações

 

História de uma consulta de
Astrologia

 

Posição de Júpiter no Mapa Astral
revela caminho para realizações

 

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer.