Carregando pagina

Amor > Separação

Separar ou preservar a relação?

Astrologia: entenda a separação segundo os trânsitos de cada planeta

 

Trânsitos de planetas pelas casas 5 ou 7 do Mapa Astral sempre geram temores no que diz respeito às relações. É comum ouvir questionamentos do tipo: "Será que vou me casar?", "Ou que vou me separar?", "O que diz esse planeta?".

As coisas vinham bem, até que algo muda ou exige mudança: a nossa relação conforme a conhecemos já não dá para continuar. Em alguns casos, sentimos a necessidade de aprofundar vínculos: precisamos avançar para o próximo estágio, casar, morar juntos. Em outros, as incompatibilidades são muitas para permitir que o casal siga juntos, e aí entra em jogo a possibilidade da separação. O que fazer? Será que é possível nos orientarmos através da Astrologia? Certamente.

Esses estágios de transformação em nossas relações costumam ser reflexos de trânsitos de planetas através das casas 5 ou 7 do nosso Mapa Astral, que são casas de relacionamentos. E a verdade é que um determinado trânsito pode representar tanto casamento como separação: o que muda é como vamos viver seja um casamento ou uma separação através daquela energia. Como saber, então, o que esperar? E como evitar o rompimento, quando o desejo for de preservar a relação?

Confira abaixo o significado de planetas transitando pelas casas 5 ou 7 e entenda o que cada um significa.

Júpiter

Durante trânsitos de Júpiter conhecemos gente interessante, culta, de outros países, que nos fazem questionar nossa relação: ao ver o que há de bom lá fora, nos damos conta de todas as falhas e limitações do nosso par. Parece que estamos perdendo muito por estarmos "presos" a outra pessoa. Com essa ânsia de "quero mais", decidimos partir. Aquela pessoa e aquela relação ficaram "pequenos" para a gente. O problema é que, muitas vezes, todas essas opções maravilhosas são passageiras: duram alguns meses, e terminam, deixando-nos com a incontestável realidade de que a vida tem mais momentos comuns do que momentos fantásticos. E aí podemos sentir falta daquela relação tão "comunzinha" que tínhamos antes. Como evitar esse processo? Em vez de buscar essa expansão através das novas opções que se apresentam, por que não busca-las com o próprio parceiro? Organizem uma viagem juntos, comecem algum curso sobre um assunto que interesse a ambos, estudem um idioma estrangeiro, façam algo que os motive mutuamente e estendam os horizontes possíveis para a relação de vocês.

Saturno

Quando em trânsito por casas de relacionamentos, Saturno faz a relação parecer entediante e chata, porque obriga o casal a lidar com todo tipo de problema. As vezes, são questões financeiras que geram distância emocional. Outras, problemas familiares sobrecarregam uma ou ambas as partes, colocando as necessidades do casal em segundo plano. Com isso, Saturno testa as bases da relação: se estiverem sólidas, os problemas são superados e a relação fica ainda mais estabilizada. Se não, vai ocorrendo um desgaste lento e constante de tudo aquilo que os une, até que ambos chegam a conclusão que é melhor cada um seguir o seu caminho. Como evitar esse processo? Ajuste suas expectativas, tendo em mente que os próximos meses serão difíceis e pouco divertidos. Entenda a importância de se apoiar mutuamente, sem deixar de se permitir o espaço necessário para a autopreservação emocional. E não esqueça nunca que vocês são mais do que os problemas que hoje estão vivendo. Se superarem esse momento juntos, se tornarão muito mais estáveis e unidos.

Urano

Separações em trânsitos de Urano são totalmente inesperadas. Elas acontecem porque nos cansamos da relação, ou porque conhecemos alguém que move o chão debaixo de nossos pés. A sensação é de um despertar: como pudemos viver com aquilo por tanto tempo? Surge uma urgência em romper com o que nos sufoca ou não nos serve mais. Queremos espaço, liberdade, precisamos de algo novo. Como externamente tudo parecia bem, nossa decisão cai como uma bomba sobre aqueles que nos rodeiam - e, muitas vezes, também sobre nós mesmos. Como preservar a relação quando somos tocados por essa energia? Buscando inovações no funcionamento do casal, tentando coisas que nunca tentaram antes, criando possibilidades de existência para cada um (juntos e separados) que antes não existiam. Urano fala de amizade, portanto, façamos do outro nosso melhor amigo: dando e recebendo, numa troca constante, sem cobranças nem exigências. O compromisso deve ser desde o coração, não desde o social. Se não nos resistirmos a mudar, Urano traz um saudável ar de novidade para nossas vidas.

Netuno

Netuno é o planeta da ilusão: tudo que toca parece ideal a princípio, mas com o tempo se revela bastante comum. Relações iniciadas sob este trânsito costumam ser construídas sobre ideais que projetamos no outro, não sobre o outro em si mesmo. E separações ocorridas nestes trânsitos costumam ser resultado da queda desses ideais. Assim, queremos partir, destruídos pelos nossas próprias expectativas irrealistas. Esse processo, longo, lento e silencioso, é semelhante a uma infiltração nas paredes de nossa casa: ocorre debaixo da superfície, vai corroendo as estruturas, dissolvendo tudo o que encontra pelo caminho, até trazer tudo abaixo. A separação pode ser, ainda, fruto de um enamoramento por outra pessoa, que provavelmente será resultado de ilusões e resultará em outra desilusão no futuro. Como evitar esse processo? Trazendo magia para a relação. Criando espaços para o romance, buscando uma ligação espiritual com o outro, algo que vá além das limitações do amor físico e carnal, permitindo que o sentimento de vocês evolua para um outro nível de ligação.

Plutão

O planeta que reina no submundo possui uma energia é intensa, e deseja promover uma transformação radical, seja através do fim da relação, seja através de um recomeço com a mesma pessoa. Algumas vezes, as separações ocorrem ao descobrirmos anos e anos de mentiras: nada daquilo que creiamos sobre a outra pessoa ou sobre a nossa vida era real. Outras, surge um novo alguém, para a gente ou para o nosso cônjuge, que domina e subjuga através da paixão. Separações sob trânsitos de Plutão geralmente são assim: com traição, nunca ser dor e com muita destruição no processo. O objetivo? Livrar-nos de dependências inúteis e nocivas, ajudar-nos a descobrir nossa própria força interior. Isso, no entanto, não requer que vivenciemos uma separação física. Podemos ir produzindo perdas, renuncias e libertações a nível psicológico, emocional e subjetivo, reduzindo dependências desnecessárias, criando mais espaço para a verdade, sendo transparente com o outro, e buscando a verdade no nosso par. É preciso coragem para mudar. Se o fizermos, o trânsito consolidará a relação, tornando-a a prova de chuvas e trovoadas.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Marcia Fervienza

Astróloga há mais de 15 anos e psicóloga, atua como colaboradora em Astrologia para diversas revistas e possui trabalhos publicados em vários países. Oferece atendimentos astrológicos presenciais e virtuais. Saiba mais »

contato: astronews2010@gmail.com (Consultas astrológicas) / fervienza.enterprises@gmail.com (Coaching)
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS