Carregando pagina

Amor > Sexualidade

O significado dos sonhos eróticos

Saiba mais sobre as representações de sonhar com sexo

 
Imagem: iStock

A relação sexual pode ter infinitas representações, até mesmo negativas, dependendo do sonhador. Tudo depende da relação de cada um com a própria sexualidade, sensualidade, corpo, sexo, fantasias e relacionamentos. Para alguns, a sexualidade pode ser extremamente problemática, sofrida e associada a um sentimento negativo. Para outros, a sexualidade pode significar energia, vitalidade, prazer, tesão e êxtase.

Para compreender melhor o sonho erótico, escolhi partir da Mitologia, que sempre permeou o inconsciente humano, suscitando seus arquétipos e seus principais conflitos.

Abaixo, relatarei brevemente o Mito de Eros e Psique, que nos atenta para a origem do termo "erótico" e também já nos traz algum simbolismo que facilitará o entendimento deste artigo.

O mito de Eros e Psique

Eros é a personificação do amor, estava ligado à luxuria, ao desejo dos sentidos, ao amor ardente e ao deleite. Era um deus perverso, que com suas flechadas brincava com os corações dos humanos, fazendo-os se apaixonar. Enviado por sua mãe Afrodite para estancar a fama de Psique - já que ela, mortal de incrível beleza, estava atraindo seus devotos - machucou a si mesmo em uma de suas flechas, apaixonando-se ele próprio por aquela beldade.

Desposou Psique com a condição de que ela jamais veria o seu rosto. Morava em um templo magnífico com tudo do melhor. Eros só a visitava à noite e isso fazia com que Psique se sentisse muito solitária. Sob influência maligna das irmãs invejosas, sorrateiramente Psique decide ver a face do noivo e deixa cair uma gota de óleo em seu ombro. Acordado com a dor, nota as intenções da esposa e foge para não mais vê-la, como havia lhe prometido.

Inconsolável e já sem esperanças, Psique procura por Afrodite, para que lhe ajude a ter seu amado marido de volta. Afrodite sugere tarefas árduas e impossíveis na tentativa de intimidar sua decisão, mas Psique já não tem nada a perder. Ao adormecer, as tarefas são realizadas por seres da natureza e também conta com a ajuda do esposo na última das tarefas. Penalizado com todo o sacrifício de Psique, Eros resolve pedir a Zeus que interceda por sua amada.

Zeus, como possui uma dívida com Eros, torna Psique uma deusa e decreta a união eterna dos dois amantes, que assim se tornam completos. Psique é igualmente a personificação da alma, significa "sopro" ou "princípio vital".

Percebemos pelo mito, que Eros só encontra a felicidade ao lado de Psique, ou seja, só pode existir o sentimento verdadeiro quando amor e alma estão presentes, quando se dá a união do corpo de prazer com a mente vital. Eros, antes de Psique, era um deus brincalhão, infantilizado, promíscuo e, às vezes, perverso. Psique, aparentemente frágil quando ainda mortal, era adorada como deusa. Ela enfrenta todos os estágios para merecer subir ao Olimpo junto de seu amado. Ela ama verdadeiramente, ela está comprometida pela alma. Esse mito fala do casamento de corpo e alma, do desejo e do comprometimento.

Interpretando os sonhos eróticos

Neste artigo expliquei que o sonho é uma via simbólica para nos relacionarmos com aspectos de nós mesmos. O ato de sonhar também é uma forma de compensar, equilibrar a psique e realizar desejos inconscientes. Se pegarmos essas três funções do sonho, podemos aplicá-las aos sonhos eróticos.

Uma psique que sonha um sonho erótico é uma psique mais vitalizada, energizada, cheia de intensidade e desejo (que não é necessariamente sexual, mas simboliza como o desejo se manifesta na vida da pessoa). Um dos aspectos que pode ser entendido no contexto de um sonho erótico é o de "transar" com a própria vida. Ou seja, indica que a pessoa está engajada em seu próprio processo de conhecimento e prazer consigo mesma."Um dos aspectos que pode ser entendido no contexto de um sonho erótico é o de "transar" com a própria vida. Ou seja, indica que a pessoa está engajada em seu próprio processo de conhecimento e prazer consigo mesma."

Outra possibilidade é que o sonho erótico seja a demanda de atenção e energia direcionadas aos aspectos psíquicos representados em cada sonho.

Para que esse entendimento se torne mais concreto, é imprescindível situar-se em toda uma história de vida, bem como levantar as associações feitas pelo sonhador do que é erótico, de que tipo de contato é esse, qual é o cenário em que isso ocorre, quais os sentimentos que permeiam o sonho, enfim, um conjunto de fatores que completam o entendimento do simbólico trazido do inconsciente deste sonhador.

Exemplos de sonhos eróticos

Por exemplo, uma mulher sonha estar transando com uma figura masculina conhecida, em sua própria casa, e com um profundo sentimento de prazer. É possível afirmar que ela está em busca ou já está se relacionando de maneira mais próxima e intensa com seu Animus (a parte masculina que habita a psique feminina, da mesma maneira que todo homem será habitado por uma Anima). Existe um contato íntimo com esse aspecto. Esse contato é fértil, produtivo, promove equilíbrio entre o feminino e o animus que compõem essa mulher. Ela provavelmente experimentará momentos de receptividade e afeto, em harmonia a momentos de expressão de ideias e posicionamentos fortes na vida.

Outro exemplo: uma mulher heterossexual sonha que transa com uma amiga muito próxima, e o sentimento do sonho é de prazer e afeto. Isso indica que essa mulher é homossexual? Não necessariamente. Lembrem-se que devemos considerar o contexto do sonhador. Um sonho desse tipo pode significar a manifestação simbólica de que essa mulher está bem ligada e se relacionando com o seu próprio feminino, sua sensualidade e seu corpo. Pode ser uma amiga que estimule a criatividade (não necessariamente sexual), que seja mais conectada com o próprio instinto e esse contato seja benéfico para a psique desta sonhadora.

Mais uma situação para ilustrar: um homem homossexual sonha estar transando com uma mulher em um lugar desconhecido, desagradável e sua sensação é de repulsa. Primeiramente, o sonho não está pondo em cheque sua condição sexual. Isso pode simplesmente revelar um contato prejudicado e muito inconsciente com sua anima (o feminino em sua psique). A vida, a criatividade, o afeto e a sensibilidade ficam paralisados ou aparecem de maneira contida e desconfortável. Esse homem, independente de se interessar por outros homens, está falando de sua própria psique, está falando de sua própria incompletude.

É importante entender que ambos, homens e mulheres, possuem sua contraparte psíquica e aqui vale salientar que o fato independe da identidade sexual.

Na função compensatória do sonho, o sonhador pode estar desejando se relacionar mais, tanto sexualmente quanto internamente com aspectos de si mesmo. Isso pode ocorrer em um momento que o sonhador esteja desvitalizado, precisando de mais comprometimento com sua própria vontade, tesão e desejo, o inconsciente vem nutrir essa psique, eliminar parte da tensão que este assunto gera, ainda que temporariamente.

Erotismo e pornografia

O erotismo é hoje amplamente confundido com a pornografia, porém são bem distintos entre si. Na pornografia não há sensualidade. Há o ato sexual em sua forma mais mecânica e banalizada. Tudo é muito óbvio e sem encantamento. A pornografia é a exploração, inclusive comercial, de diversos aspectos mais explícitos do sexo. É o ato sexual sem nenhuma discrição ou limite, se pensarmos na pornografia bizarra que nada tem de erótica. Em geral, a pornografia é mais inacessível e atende a um determinado público, em geral masculino.
Podemos assistir a uma cena erótica em um filme ou novela, em que o sexo fica subentendido, a nudez pode aparecer, mas a mensagem é sempre mais importante do que o ato em si. Está contextualizado, há sensualidade. O erótico está sim ligado ao sexo, ao corpo, mas não podemos esquecer de que está ligado ao amor e ao desejo também. No erotismo existe certo encanto, não há obviedade e nada é tão explícito. Em geral, está conectado ao artístico e não ao concreto. O erotismo pode estar contido numa cena, numa poesia, numa foto, numa escultura e, apesar da exposição do corpo, há uma mensagem que vai além. Há um deleite, algo subentendido e muitas vezes até mesmo caricata. Em sua maior parte, o público feminino prefere o erótico ao pornográfico, sem generalizações.

Sonhos eróticos também simbolizam tesão pela vida

De qualquer maneira, os sonhos eróticos em geral mostram uma psique vivificada que está em contato tanto com o feminino quanto com o masculino, tanto com as emoções quanto com a razão. Transar em um sonho mostra todo o potencial de empregar a libido (como energia vital) na própria vida, inclusive fora de um contexto de relacionamento ou sexual. Pode ter relação com um bom projeto profissional ou uma viagem que está gerando certa ansiedade e tensão.

Não temos tesão, desejo e prazer somente com o sexo. Se isso acontece, há algo errado. Nosso tesão, vontade e energia podem ser direcionados para vários setores de nossas vidas. Quem tem tesão está vivo. Quem busca completude está vivo. Transar com a vida é encontrar prazer na integração psíquica.

Eros não é completo até se casar com Psique. Não é possível desenvolvimento de consciência sem unir a vontade do corpo com a vontade da alma. Para isso, às vezes é preciso superar as próprias desconfianças e o próprio medo de estar presente por inteiro na vida, qualquer que seja o rumo que escolhamos dar a ela.

+ sobre Interpretação de Sonhos

O que significa sonhar com dentes?

O que significa sonhar com gravidez?

O que significa sonhar com pessoas?
5 dicas para lembrar o que sonhou

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Thaís Khoury

É formada em Psicologia pela Universidade Paulista, com pós-graduação em Psicologia Analítica. Utiliza a interpretação dos sonhos, a calatonia e a expressão criativa em seus atendimentos. Saiba mais »

contato: thais.khoury@hotmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS

Holis é uma empresa do Grupo Personare