Carregando pagina

Saúde > Prevenção e Cuidados

Meditação para iniciantes

Você só precisará de 7 minutos diários para ter mais bem-estar

 
Imagem: Picjumbo

  • Meditar é muito difícil.
  • Não tenho tempo para incorporar esse hábito no meu cotidiano.
  • Para mim, é impossível não pensar em nada.
  • Não tenho lugar para meditar na minha casa.
  • Não sei nem por onde começar a meditar.

Se a Meditação é algo novo na sua vida, você provavelmente já se deparou com pelo menos um desses pensamentos ou crenças. A boa notícia é que todos eles são mitos e inverdades que costumam rondar este assunto. Para meditar basta fechar os olhos e mais "nada". Não importa qual técnica vai usar, qual postura vai adotar, qual tempo possui disponível ou em qual lugar vai fazer. O que interessa é a sua determinação para conseguir meditar cada vez mais profundamente."Não importa qual técnica vai usar, qual postura vai adotar, qual tempo possui disponível ou em qual lugar vai fazer. O que interessa é a sua determinação para conseguir meditar cada vez mais profundamente."

Se deixarmos de lado todos os nossos conceitos prévios, veremos que é muito simples meditar.

Mas você deve estar pensando que se é tão simples assim, por onde deve começar. A única coisa a se fazer é, de preferência, sentar em qualquer lugar que estiver, fechar os olhos, respirar livremente e prestar atenção nisso. Devo ressaltar que quando estamos deitados nossa mente naturalmente entende que devemos adormecer. Por isso, deitar na cama pode não ser muito produtivo para quem quer viver a experiência de um estado de consciência alterado/meditativo.

Não importa o que está acontecendo ao seu redor. Fique atento, aguardando qual será o próximo pensamento. Você só precisa disso e mais nada. Experimente! Com certeza terá ao menos alguns segundos de silêncio absoluto. É assim que você pode começar a criar este ótimo hábito, que pode ser feito durante 1 minuto, 1 hora ou mais, dependendo da sua disponibilidade.

Por que meditar?

O corpo produz mais óxido nítrico quando está profundamente relaxado, e essa molécula atua como um antídoto contra o cortisol, o hormônio do estresse. Dos relaxamentos mais pesquisados nos últimos anos, a Meditação tem gerado uma grande atenção. A prática aumenta a produção de endorfinas (hormônio que reduz o estresse) e previne a perda natural de neurônios. Segundo a Unidade de Medicina Comportamental da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a Meditação reduz também a ansiedade; ajuda no combate à depressão; melhora a concentração, a memória e o sistema imunológico; e ainda aumenta a autoestima.

Passamos quase o tempo todo dizendo que estamos exaustos, que a vida está muito estressante e que queremos descansar. Mesmo assim nos mantemos ligados na TV, nos computadores ou nos celulares, na primeira oportunidade de relaxamento. Vamos parar de reclamar e agir em direção às nossas verdadeiras necessidades? Silêncio! Ele já está aí, dentro de você. Então, tome a decisão de incorporá-lo à sua consciência em seu dia a dia. O silêncio é a nossa verdadeira natureza, por esta razão nos faz tão bem. Escute-o! Só isso, nada mais. E o nada se transformará em tudo que realmente precisamos.

Dê o play, feche os olhos e comece

Ficou com vontade de experimentar? Proponho que escute o áudio abaixo, diariamente, por pelo menos 21 dias consecutivos. Você topa? Você só precisará de 7 minutos para começar a colocar em prática a Meditação na sua vida.

Se depois de 21 dias você avaliar que a experiência foi boa, continue aumentando a quantidade de minutos e, assim, quem sabe, você se habitue ao bem-estar desta experiência.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Regina Restelli

Criadora da Terapia dos Chakras, que promove autoconhecimento e expansão da consciência amorosa. Suas consultas limpam as crenças no campo energético, trazendo bem-estar e energia para autotransformação. Saiba mais »

contato: sanatkumara.tera@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS