Carregando pagina

Alimentação > Comer Bem

Os cuidados de ser vegetariano

Dê atenção aos ingredientes para não consumir alimentos que fazem mal

 

Ser saudável está associado à uma alimentação rica em produtos frescos, naturais e, de preferência, orgânicos. Sem aditivos, eles realçam o sabor da comida, além de não possuírem gordura hidrogenada, excesso de sódio, corantes e outros tipos de ingredientes maléficos à saúde, contidos na comida industrializada em geral. No entanto, ao tirar a proteína animal do cardápio, alguns vegetarianos pecam pelo excesso do consumo de carboídratos refinados como pães e massas, proteína texturizada de soja transgênica, diversos salgadinhos e outros "falsos amigos" à venda em lojas de produtos naturais, cheios de gordura trans e glutamato monossódio.

Vale lembrar que vegetariano é a pessoa que não come carne de qualquer espécie: bovina, suína, peixes, mariscos ou qualquer produto que contenha os embutidos, como gelatinas, caldo de carne, etc. A dieta pode ser ainda dividida em três grupos principais: ovolactovegetarianos, que restringe as carnes, mas aceita ovos e laticínios; Lactovegetariana, que consome laticínios, mas excluí carnes e ovos e a Vegana, que permite apenas os produtos de origem vegetal.

Dentre os ovolactovegetarianos, que não comem carne, mas incluem ovos, leite e derivados na alimentação, muitos caem de boca nos queijos e vivem com problemas respiratórios. O leite, principalmente o de vaca, é de difícil digestão pelo nosso organismo. Em excesso, o produto pode ser mal digerido e causar diversas inflamações. Basta mudar o tempo que as alergias, asma, rinite, sinusite, bronquite e outras "ites" atacam...

É importante ficar atento ao que você ingere e adquirir o hábito de ler sempre os ingredientes dos alimentos para saber do que são feitos. Uma dica: alimento não precisa de bula como remédio, desconfie quando o nome dos ingredientes do alimento for de difícil compreensão. Quanto mais itens na lista de ingredientes, mais distante a comida está do natural. Na dúvida, a opção "in natura" das frutas, vegetais, raízes e grãos frescos será sempre a melhor pedida.

Dá para ser saudável sendo vegetariano, ovolactovegetariano ou carnívoro. O mais importante é a escolha pela qualidade e a quantidade dos alimentos.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Julia Comodo

Jornalista, pesquisadora alimentar, acredita que a alimentação natural é uma escolha que pode transformar a vida das pessoas. Mantém o blog http://diariodeumanatureba.blogspot.com/ Saiba mais »

contato: juliacomodo@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS