Carregando pagina

Futuro > Previsões e Tendências

A Força: arcano representa domínio das paixões

Carta do Tarot ensina como aproveitar energia aprisionada em você

 

O arcano "A Força", no Tarot, é comumente representado pela figura de uma dama que envolve um leão. Não sabemos se ela o alimenta, o acaricia, abre ou fecha sua boca. Sabemos que os personagens da lâmina XI se mostram em um enigma cúmplice. O leão se mostra tomado pela força uma mulher. Ou seria um engano e a mulher estaria presa no olhar magnético do felino?

Conta-se que os grandes gatos têm poder hipnótico. Que o contato físico com o predador acontece em condições similares a um sonho de olhos abertos em um estado de privação prazeroso. O ser humano então, capturado pelos olhos do felino, não consegue reagir. O cérebro anestesia o corpo e se instaura uma cumplicidade entre presa e predador para que tudo acabe o mais rapidamente possível. Um entorpecimento dos sentidos, quase um prazer sensual toma conta da vítima - resta entregar-se.

Não sabemos como a dama chegou até o animal, não sabemos o que vai acontecer em seguida. Ela soltará o leão e ele rodeará suas pernas como um gatinho? Ou ouviremos um rosnado, um esturro fatal mostrando a revolta do leão contra sua frágil domadora?

Uma mulher não domina um leão pela força bruta. Então, temos que pensar que tipo de força está em jogo, já que a ação contrária, o leão que domina a mulher, é mais plausível na vida real. Que é tão real quanto a vida simbólica, é bom não esquecer.

É o poder da suavidade que desarma o animal? Vejo delicadeza e pureza nos olhos da dama do Tarot marselhês, mas suas mãos me parecem bem fortes com a empunhadura cor de carne. Seu pé também se mostra bem apoiado surgindo pela barra do vestido. Será que a dama da Força subjuga o leão pela sensualidade? Sim, a dama é sensorial. Se não fosse, não conseguiria manter o bicho cativo.

Quem domina quem? Vale mais a força bruta ou a sutil?

Quando se fala do arcano XI, estamos pensando em quem? Na dama ou no animal? Pode-se associá-lo aos signos astrológicos de Virgem e Leão. A Força é o resultado da ação das duas figuras, intimamente ligadas. Nos contos de fada, é "A Bela e a Fera". No cinema,"King Kong", o bruta gorila, rendido por Ann, uma bela loura. Ou Betty Ross, a namorada do "Hulk", que o faz diminuir de tamanho, coisa que toda a armada norte americana unida não consegue. Sim, porque ela também rende o leão através da beleza e do amor.

O arcano "A Força" nos coloca frente a uma questão corriqueira, mas também muito interessante: o domínio das paixões. Somos vítimas da ação das paixões ou nos colocamos acima delas? O ideal é abrir a jaula e soltar as feras ou mantê-las cativas e alimentadas?"O arcano "A Força" nos coloca frente a uma questão corriqueira, mas também muito interessante: o domínio das paixões. Somos vítimas da ação das paixões ou nos colocamos acima delas? O ideal é abrir a jaula e soltar as feras ou mantê-las cativas e alimentadas?"

Nem tanto ao céu, nem tanto à terra. Soltando as feras sentimos um grande alívio, mas prejudicamos quem está ao redor. Trancando a fera na jaula poupamos nossos amigos, companheiros e familiares, mas ficamos com um sapo (ou um leão?) preso na garganta.

Deixemos que a Força venha como uma grande lufada de vento. Respiremos sua energia brilhante - ela é nossa. Do momento que interagimos com a Força, assim como a dama interage com o leão, conseguimos absorver seu poder, integrá-lo ao nosso corpo. O leão nos alimenta. Nós alimentamos o leão. E podemos, assim, distribuir sua intensidade. Essa solução serve para momentos de raiva, situações de crise, para momentos em que somos tomados por uma grande paixão e corremos o risco de tomar atitudes precipitadas.

A Força ensina que a energia apaixonada precisa ser distribuída dentro de nós, antes de qualquer outra ação. Precisa correr por nossas veias. Precisa ser vivida e devidamente emanada. Desejo que a Força propicie a todos nós uma conversa com a natureza de nossos leões internos, através da compreensão do magnetismo e do sentido de dignidade. Que haja carinho, inteligência, coragem, soberania, vitalidade e muita motivação na hora da domadora abrir a jaula.

Para continuar refletindo sobre o tema

Para quem não assistiu, recomendo o filme "Rosaline e os Leões" (1989), de Jean-Jacques Beineix. É possível ver a Dama da Força em ação bem de pertinho.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Zoe de Camaris

Taróloga. Pós-graduada em Linguística. Incluiu o Tarot nos seus estudos de especialização no intuito de revalidá-lo como um sistema de linguagem visual interdisciplinar. Saiba mais »

contato: zoedecamaris@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS