Carregando pagina

Você > Respeito e Solidariedade

Reaproveite as embalagens no Natal

Veja como atitudes simples podem colaborar com o meio ambiente

Por: Cristiane Gurgel

 

É Natal, é Natal... a tradicional musiquinha nos acompanha nessa época, trazendo as confraternizações entre amigos e familiares e a consequente troca de presentes. No final da festa, é comum vermos o mar sem fim de embalagens que se forma por todo canto: caixas, sacolas plásticas e de papel, papéis de presente amassados, fitas...Mas para onde vai tudo isso? Houve um tempo que não se levantava essa questão, pois a resposta parecia muito óbvia: para o lixo, é claro!

No entanto, atualmente muitos de nós já se incomodam ao se deparar com tanto material descartado, todos com uma vida útil tão efêmera. Com as questões ambientais em debate, passamos a pensar sobre qual seria seu melhor destino. Temos esse poder de ação, que pode começar pelo reaproveitamento das embalagens. E não me refiro a usá-las novamente para embrulhar outros presentes! Por exemplo, caixas são extremamente úteis para organizar tudo o que precisamos. As pequenas podem funcionar como "porta-bijuteria", as médias e grandes podem guardar pápeis, brinquedos das crianças, e muito mais.

Para ficar com cara de caixa organizadora, dessas compradas em loja, é interessante customizar, usando um papel bonito (pode até ser aquele do embrulho do seu presente, que não amassou muito) ou então pintar ou encapar com sobra de tecido (fica muito charmoso e só é necessário usar cola branca). Enfeite com miçangas, recortes de gravuras e amarrações diferentes com fitas. Já o papel de seda pode envolver peças delicadas e serve para forrar gavetas que necessitam de proteção.

Os próprios laços das fitas dos presentes já serviram para decorar minha árvore de Natal, numa ocasião que os aproveitei para enfeitar o jasmim imperador que estava florido e com um perfume delicioso. Ficou inovador e simpático! Quanto às sacolas plásticas e de papel, podemos reutilizá-las, quando formos transportar algo que precisamos carregar. Todos fazem isso com frequência. Normalmente, além de envolvidos pela caixa, os presentes costumam vir acompanhados da sacolinha. Como às vezes fica difícil guardar todas, a opção é encaminhá-las para reciclagem. O mesmo vale para tudo que não será reaproveitado por você, como papéis, papelão, plásticos, metais e vidros. Sabemos que a coleta seletiva pode não passar na sua rua, mas quanto lhe custa separar esse material e entregar a um catador de reciclados? Outra alternativa é ir aos pontos de coleta, que podem ser encontrados em associações ou hipermercados.

Atitudes individuais fazem muita diferença, pode estar certo! Quem toma o hábito de não desperdiçar esse material precioso, cuja matéria-prima foi retirada da nossa natureza, está promovendo um grande bem para si, para o outro e para o planeta. Todos somos co-responsáveis e, ao mesmo tempo, devemos nos sensibilizar, mudando atitudes que minimizem o impacto causado pelo uso desses produtos. No entanto, a melhor opção ainda é reduzir a quantidade de lixo, bloqueando a cadeia do uso logo no início. Afinal, você já se perguntou para quê tanta embalagem?

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR
Cristiane Gurgel

Cristiane Gurgel

Cristiane Gurgel é fisioterapeuta, educadora ambiental e arte educadora em dança. Site - http://dancaanima.blogspot.com/

  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS