Carregando pagina

Família > Filhos

Pilates para crianças

Prática corrige a postura e aumenta concentração dos pequenos

 
Créditos: Istock

Os pais e mães modernos tem um cuidado cada vez maior na escolha das atividades desenvolvidas pelos filhos, sempre buscando algo que possa ser feito por eles agora e que poderá beneficiá-los no futuro. Nesse sentido, a procura pelo Pilates tem crescido, pois além de trabalhar o corpo da criança, com fortalecimento de grupos musculares importantes na estrutura postural, também trabalha o equilíbrio, a consciência corporal e a mente.

No Pilates a mente é trabalhada através da concentração, que se faz necessária para sentir o movimento correto. E também da respiração e dos movimentos que são mais lentos e requerem uma aquietação da mente para conseguir realizá-los. Entre os benefícios da prática estão a redução do sedentarismo e da preguiça e o aumento da concentração e atenção. As diferenças na qualidade de vida da criança são notáveis em muitos aspectos, inclusive na melhora do sono e da digestão.

Foi nos Estados Unidos, em 2006, que surgiu a ideia de adaptar o método Pilates para as crianças. Fisioterapeutas, educadores físicos e instituições levaram o método para as escolas públicas americanas e a campanha obteve resultados positivos, principalmente no que diz respeito à queixa de dores nas costas, causadas pelo excesso de peso das mochilas.

Como funciona o Pilates para crianças?

Pela variedade de instrumentos e técnicas, as crianças veem o Pilates como uma brincadeira. São utilizados acessórios como bolas, discos de rotação e de equilíbrio, rolos de espuma e meia-lua, aliados com atividades lúdicas, além de movimentos que compõem o universo infantil como cambalhotas, trilhas sobre objetos que desafiam o equilíbrio, jogos com bolas de diversos tamanhos e até passos de dança. Costumam ser usados também os equipamentos do Pilates como Reformer, Trapézio, Cadeira Combo e Barril, com o cuidado de não permitir que aja sobrecarga para a criança.

Enquanto são aplicadas as técnicas com os pequenos, eles também podem ser orientadas sobre o que estão fazendo, qual parte do corpo se está trabalhando e como fazer para melhorar a postura na frente do computador, da televisão e nas cadeiras das escolas, trazendo uma visão mais consciente para as crianças e, consequentemente, para as próximas gerações.

O Pilates é indicado a partir de qual idade?

O profissional de Pilates está apto a adaptar o método a qualquer idade, mas o mais comum é trabalhar com crianças a partir dos quatro anos.

O Pilates traz a criança para a idade cronológica correta, evitando o amadurecimento precoce que se encontra atrás da tela dos computadores, da responsabilidade excessiva em tantas matérias e informações da escola e do dia-a-dia. Dessa forma, ajuda a evitar doenças de gente grande como estresse, depressão e ansiedade.

Outro benefício é que a criança descarrega as tensões tanto físicas como psicológicas na atividade, sendo capaz de encarar o mundo com mais facilidade, mais energia e, consequentemente, mais felicidade.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Roberta Struzani

Especialista em sexualidade feminina, autoconhecimento e autoestima. Fisioterapeuta pós-graduada em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia. Saiba mais »

contato: contato@odespertardofeminino.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS