Carregando pagina

Carreira e Dinheiro > Planejamento Financeiro

Organize sua vida profissional e financeira

Passos simples de seguir ajudam a manter a rotina em ordem

 

Muita gente tem dificuldade em organizar as coisas. São pessoas que vivem cercadas de pilhas de papel, e sempre têm alguma coisa inacabada para fazer. Normalmente perdem prazos e compromissos profissionais e, com frequência, se atrapalham também na gestão de suas finanças.

Se você se identifica com a descrição acima, tenha calma. Nem tudo está perdido. A primeira lição é saber que organização é uma habilidade que pode ser desenvolvida por qualquer um. Assim como exercícios físicos desenvolvem os músculos, existem certos exercícios que desenvolvem sua capacidade de se organizar.

Estabeleça metas

O primeiro passo para se organizar - e talvez o mais difícil - é traçar metas para sua vida profissional. Você precisa se investigar internamente e definir o que espera conseguir a longo prazo, e ter estas metas bem claras. Se possível, por escrito.

Uma boa dica é não cair na armadilha de traçar apenas metas materiais. Todo mundo quer um aumento para comprar um carro novo, mas este não é um objetivo para toda a vida. Objetivos para a vida devem envolver valores que podem ser mudanças de atitudes que te levarão a uma promoção, por exemplo. Lembre-se também de repensar estas metas de tempos em tempos. Nossos valores e objetivos mudam e você deve rever se aquelas metas ainda continuam válidas.

O tempo é algo muito poderoso. Escorre pelos dedos e, se não o controlamos, ele vai embora e não volta mais. Tenho certeza de que conhece alguém que faz milhares de coisas que você pensa não ter tempo para fazer.

Todos nós temos as mesmas 24 horas por dia à disposição. A diferença é a forma como as utilizamos. Para algumas pessoas, fazer esta organização da administração do tempo é fácil e automático, mas se você não é membro deste grupo, então uma agenda pode ajudar.

Tendo como pano de fundo suas metas de vida, analise os compromissos que surgirem para você, dividindo-os em "importantes", "desejáveis" e "supérfluos". Use esta classificação para incluir ou não tarefas em sua agenda.

Dica: anote na agenda tudo o que você se comprometeu a fazer. O segredo é pensar muito bem antes de incluir uma nova tarefa, mas depois de feito, concentre-se em cumprir seu planejamento.

Não tenha medo de dispensar compromissos profissionais que não pode ou não quer assumir. Seja transparente e recuse com educação. Com o tempo as pessoas vão reconhecer isto como uma qualidade sua.

E, por último, lembre-se também de deixar algum tempo livre para o seu lazer.

Guarde somente o essencial

Nós passamos a vida juntando um monte de documento e informações que, em um momento nos pareceram interessantes guardar. No entanto, depois de alguns meses - ou anos - armazenar esse material acaba ficando desnecessário.

É claro que certas coisas não podemos jogar fora, e você deve ser responsável e cuidadoso com estas. Mas é preciso cuidado. Guarde apenas aquilo que for realmente necessário - pense muito bem nesta definição. E procure soluções práticas para organizar este arquivo. Caixas e pastas são boas opções para manter seus documentos organizados e de fácil recuperação.

O segredo aqui é ter um método para o arquivamento. Você pode escolher guardar todas as coisas de um determinado mês em um mesmo lugar, ou pode preferir guardar coisas em comum juntas, como por exemplo, todas as faturas de cartão de crédito em uma única pasta, todas as contas em outra, etc. Defina qual o método com o qual você mais se adapta e monte seu arquivo. Se organizar papéis é uma tarefa chata para você, experimente fazer isto simultaneamente com algo que gosta, como por exemplo, ouvindo música.

Dica: de tempos em tempos reveja seu arquivo. Reorganize-o e analise o que já não precisa mais ser mantido.

Administre bem as finanças

Cultive o hábito de sempre saber com o que você está gastando seu dinheiro. Monte uma tabela e anote tudo o que gasta - despesas pequenas ou grandes. Some todos os meses e acompanhe como você tem lidado com seu dinheiro. Tenha também uma tabela para controlar sua conta bancária e seu cartão de crédito.

A primeira dica aqui é: você não deve gastar mais do que ganha, e não deve usar recursos como o limite do cheque especial ou o parcelamento da fatura do cartão de crédito para gastar mais.

A segunda dica é que você se lembre das metas que definiu para sua vida e crie uma poupança para ajudar a conquistá-las.

Tome a iniciativa

Em qualquer área de sua vida, exercite a proatividade. Não espere que as coisas aconteçam ao seu redor para depois reagir. Engaje-se nos projetos de sua família, de seus amigos ou de sua empresa. Se isso não estiver em sintonia com suas metas pessoais, então é a hora de começar a pensar em fazer novas amizades ou até mudar de emprego ou profissão.

Não se preocupe em estar certo o tempo todo. Isto dá muito trabalho. Preocupe-se antes em aprender com seus erros e em fazer parte da solução - e não do problema.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Vicente Sevilha Jr

Vicente Sevilha Jr é bacharel em ciências contábeis e autor do livro "Assim Nasce Uma Empresa", voltado para empreendedores que desejam abrir um negócio próprio. Saiba mais »

contato: vicente@sevilha.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS

Holis é uma empresa do Grupo Personare