Carregando pagina

Família > Filhos

Educar é um ato de amor

A mulher que educa é uma escultora moldando um futuro melhor

Por: Cybele Meyer

 

Gosto de dizer que toda mãe é uma artista, pois tem a missão de educar seus filhos. O mesmo digo da professora que tem por missão educar seus alunos.Dois caminhos diferentes que se entrelaçam quando a matéria prima da obra pertence tanto a uma quanto a outra.

Fazer a analogia do esculpir com o educar dá a exata visão de que somente artistas que têm a alma aflorada são capazes de produzir o resultado esperado. Quando o artista olha um pedaço de pedra bruta ele pode enxergar uma linda musa, com fisionomia cândida e gesto singelo que brotará de dentro para fora como resultado de suas marteladas.

Lapidando pedras brutas

Quando a mãe olha seu filho pequeno (pedra bruta) o imagina como um adulto educado, gentil, amoroso, honesto, trabalhador como resultado de suas orientações.A professora quando olha seu aluno (pedra bruta) o imagina como um profissional competente, cumpridor de seus compromissos e bem sucedido como resultado de seus ensinamentos.

Para exercer qualquer uma destas profissões é preciso ser paciente e persistente. Não há como chegar a um resultado imediato. O tempo é fator primordial e não adianta ficar de braços cruzados no aguardo, porque se não "martelar" nada sairá.

Sem fórmulas prontas

Para qualquer uma destas atividades não existe verdade absoluta, o que deve existir é a compreensão plena do objetivo a ser alcançado e quais ações deverão ser empregadas para atingir este objetivo. As ações surgem em resposta a uma necessidade iminente. Estas ações devem ser repetidas tantas vezes quantas forem necessárias até serem incorporadas, igual às marteladas dando forma à pedra. Não há como falar uma vez e o filho absorver a ponto de nunca mais ser preciso falar novamente. Não adianta ter pressa, tudo vem com o seu devido tempo.

O mesmo acontece com o professor que tem que explicar até o "clic" acontecer em cada um dos seus alunos. E assim é o escultor que tem que desbastar, aparar as arestas, lixar até seus pontos mais profundos, polir e retirar a musa que estava adormecida dentro da pedra.

Assim como o escultor transforma pedra em arte a educação transforma o indivíduo num ser capaz de conviver e atuar em sociedade. É um trabalho árduo, que exige perseverança, dedicação, paciência, lucidez e muito amor.

Educar é um trabalho de repetição, de exemplo, de firmeza, de manter a palavra dada, de sabedoria, de erros e acertos"Educar é um trabalho de repetição, de exemplo, de firmeza, de manter a palavra dada, de sabedoria, de erros e acertos" , de generosidade.

Recompensas

Conciliar todos os afazeres com a educação de um filho não é tarefa fácil, mas é compensada a cada abraço recebido, a cada beijo estalado, a cada sorriso maroto, a cada olhar brilhante.

Promover um aluno para a série seguinte é ter a satisfação do dever cumprido.

Admirar uma escultura é enxergar a alma do artista.

O importante é saber que dentro de cada pedra bruta há sempre o que você quer que tenha.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR
Cybele Meyer

Cybele Meyer

Educadora, pós-graduada em Psicopedagogia Clinica e Institucional. É editora do site Educar Já www.cybelemeyer.blogspot.com.br e do blog Falando Sobre: www.cybelemeyer.com.br/falandosobre

  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS