O que significa sonhar com casa?

Medo de se conhecer a fundo e necessidade de proteção são algumas interpretações | Glossário Personare

O que significa sonhar com casa?

Sonhar com casa é bastante frequente, já que seu simbolismo representa a necessidade de proteção e segurança. A estrutura física foi criada com objetivo de nos abrigar contra qualquer situação adversa de tempo ou do cotidiano que nos intimide. Mas, além disso, podemos entender esse tipo de sonho como um convite à refletir sobre nossas casas internas, ou seja, os “eu” interiores.

Confira mais detalhes para ajudar a entender melhor o que sonhou.

REFLITA SOBRE O CONTEXTO DE SONHAR COM CASA

  • De quem é essa casa? É conhecida?
  • Como é essa casa?
  • Quem mora nela?
  • Está habitada, abandonada, bagunçada?
  • É nova, velha, moderna, antiga?
  • Como o sonhador se sente nessa casa?
  • Essa casa possui cômodos?
  • O que acontece dentro e fora dessa casa no sonho?
  • Quais as interações que ocorrem dentro ou fora dessa casa?

REFLITA SOBRE O QUE O INCONSCIENTE PODE ESTAR SINALIZANDO AO SONHAR COM CASA

  • Aprecio estar comigo mesmo ou é um grande desafio?
  • Sinto-me confuso e perdido ou organizado internamente e na minha rotina?
  • Cuido da minha mente e de meu corpo ou dou pouca importância a isso em minha vida?
  • Sinto-me ameaçado e invadido por pensamentos e fantasias destrutivas? Como lido com isso?
  • Aprecio ser quem sou ou desejo ser alguém diferente?

Entenda possíveis aplicações de sonhar com casa:

SONHAR QUE NÃO QUER ENTRAR NA CASA

Em um sonho, o sonhador pode recusar-se a entrar na casa ou invadi-la, representando a dificuldade ou o impulso de entrar em contato consigo mesmo de forma mais íntima.

SONHAR QUE A CASA É BAGUNÇADA

Uma casa bagunçada ou descuidada pode refletir um momento de confusão interna em que as coisas estão fora do lugar, pode indicar também certo descuido tanto emocional quanto físico.

SONHAR QUE A CASA SOFRE CATÁSTROFES NATURAIS

A casa pode ser vitimada por catástrofes naturais como incêndios, inundações, depredação e tais circunstâncias podem evidenciar que há fatores internos ou externos que forçam o sonhador a lidar com o que esses acontecimentos representam.

No caso do incêndio, podemos pensar em uma forte transformação da consciência.

No caso da inundação, pode indicar que as emoções e sentimentos estão inundando a consciência. A depredação ou invasão da casa, pode representar aspectos inconscientes mais destrutivos que tentam minar a força do ego.

SONHAR QUE A CASA ESTÁ SENDO REFORMADA

A casa pode estar em reforma bem como recebendo nova pintura ou decoração indicando que há uma mudança e uma reconfiguração do eu do sonhador.

NECESSIDADE DE SEGURANÇA E PROTEÇÃO

Desde os primórdios do planeta existe uma busca por proteção e segurança. Os animais, por exemplo, temiam os predadores e condições climáticas adversas. Foi com esse objetivo de se proteger de qualquer circunstância perigosa que a humanidade, conforme sua evolução, criou a estrutura física para servir de abrigo.

Existem casas de todos os tipos. A arquitetura cria e recria esse espaço com toda a criatividade possível. De casebres  a casas mal-assombradas, este símbolo na maior parte das vezes, representa nosso recanto, um local de intimidade, privacidade, descanso.

A MORADA DA PSIQUE

Entretanto, este não é o único significado para casa. Considerando-a ainda como uma estrutura física, pode nos remeter ao nosso corpo físico, o abrigo da psique.

Em termos psíquicos, podemos pensar na casa como uma representação da casa interna, do próprio “eu”. A condição dessa casa, sendo ela do próprio sonhador, pode nos dar indícios sobre a situação de seu mundo interior, das condições psíquicas em que ele se encontra.

Podemos pensar em diversas situações envolvendo uma casa em um sonho e poderemos compreender como está a situação do Eu na psique. Uma casa conhecida pode, por exemplo,  ser um lugar de memórias boas ou traumáticas. A maneira como nos sentimos em relação à essa casa também nos conta sobre sua representação.

Thaís Khoury

Thaís Khoury

É psicóloga clínica e utiliza a interpretação dos sonhos, a calatonia e a expressão criativa em seus atendimentos. Também é vegana e fundadora do Veganíssimo, empresa que produz alimentos 100% vegetais.