Carregando pagina

Você > Autoconhecimento

O que move sua vida?

Aprenda a fazer escolhas conscientes no cotidiano e seja mais você

 

Estamos permanentemente fazendo escolhas. Minuto após minuto tomamos decisões, optando por aquilo que consideramos mais adequado, mais correto. Mas o que efetivamente está motivando nossas decisões?

Trabalhamos por medo de não ter dinheiro para sobreviver ou por prazer em realizar e para ter dinheiro para nos satisfazer? Comemos por ansiedade, para atender o desejo e a gula ou para alimentar nosso corpo físico e ter prazer? Falamos agressivamente com nosso parceiro(a) porque estamos movidos pelo medo da perda e falta de controle sobre o outro ou por que o amamos e estamos tentando nos entender?

Nossa vida é o resultado geral dessas decisões. Caso ela não esteja sendo satisfatória, vale a pena fazer esse questionamento: o que realmente nos leva a tomar cada uma de nossas decisões? Sejam as mais básicas como tomar um café, até as mais amplas como decidir casar, ter um filho ou qual emprego escolher.

Seu sentimento de realização e plenitude é resultado da soma de todas essas decisões e seus desdobramentos. Cada decisão, e a maneira como é colocada em prática gera respostas, conseqüências e desdobramentos, que por sua vez geram sentimentos em você.

Faça suas escolhas consciente do que realmente motiva você

Ao avaliar nossas vidas de uma maneira mais geral podemos pensar: “Eu sempre faço aquilo que é melhor, mais racional, mais correto e ainda assim não me sinto bem com a minha vida”. As decisões mais racionais podem ser mais lógicas, mas não necessariamente consideram a nossa essência, nossos verdadeiros desejos e motivações, ou seja, aquilo que nos faz realmente felizes e plenos.

Sua felicidade e plenitude representam o resultado do conjunto de todas as suas escolhas. " Sua felicidade e plenitude representam o resultado do conjunto de todas as suas escolhas. "

Muitas vezes não sabemos exatamente o que é nossa essência, o que nos faz realmente feliz, e então tomamos emprestado os desejos e motivações dos outros: nossos pais, amigos, aquilo que todo mundo diz que é legal e bom para nossas vidas. Pode até ser que a sua essência seja parecida com a deles em algum momento, mas será uma questão de sorte. Vale a pena colocar nossa felicidade nos parâmetros dos outros, e muitas vezes até culpá-los de nossas escolhas insatisfatórias? Vale a pena deixar nossa felicidade a mercê da sorte? Não seria mais interessante e vantajoso deixar de lado a preguiça e o medo de errar ou ser diferente, e simplesmente buscar, mesmo que através de tentativas, erros e acertos, aquilo que realmente nos deixa feliz? Buscar nossa verdadeira motivação? Podemos não ter as resposta prontas, mas podemos descobrir, construir.

Sua felicidade e plenitude representam o resultado do conjunto de todas as suas escolhas. Portanto, comece a fazer cada uma de suas escolhas consciente do que realmente as motiva, e repare como elas afetam o seu dia-a-dia, seus relacionamentos com os outros e com você mesmo. Preste atenção em como você se sente e a cada nova escolha que fizer, faça-a cada vez mais consciente, com mais da sua essência: torne-se cada dia mais você.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Ceci Akamatsu

Terapeuta acquântica, faz atendimentos presenciais no Rio de Janeiro, em São Paulo e à distância. É a autora do livro Para que o Amor Aconteça, da Coleção Personare.  Saiba mais »

contato: ceciakamatsu@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS