Carregando
PUBLICIDADE

Você > Espiritualidade

Mitos e verdades sobre o número 13

Simbologia sugere conflito entre ousadia e segurança

Por: Yubertson Miranda

 

Você já parou para pensar por que o número 13 é motivo de tantas opiniões controversas? Há quem acredite que a simbologia é sinal de "mau agouro" - especialmente em uma sexta-feira 13 - enquanto outros afirmam que o número sugere boas vibrações.

Como se não bastasse eu ser numerólogo, tenho na minha família três exemplos dessa reação de medo e de atração pelo número. Minha tia, nascida dia 13 de novembro, foi registrada como se tivesse vindo ao mundo no dia 12, pois seus pais tinham horror ao 13. E uma outra tia fez o mesmo com meu primo, justificando que pelo fato de ele ter nascido nos últimos minutos do dia 13 de agosto, não haveria problema em registrar o dia 14 como sua real data de nascimento.

O terceiro exemplo é da minha própria mãe. Ela nasceu dia 13 de março e meu avô só foi registrá-la muito tempo depois. Era comum isso ocorrer naquela época, ainda mais nas cidades do interior de Minas Gerais. Por esse motivo, a data que consta em sua certidão de nascimento é 13 de agosto. Nesse caso, só o mês de nascimento foi modificado, mas o dia 13 permaneceu na data de seu nascimento. Claro que minha mãe tem uma relação de amor com o 13. Ela o considera seu número de "sorte".

Afinal, o que significa o número 13?

O 13 é formado pelos números 1 e 3. O 1 simboliza coragem, iniciativa e disposição para correr riscos. Já o 3 representa a autoconfiança e o otimismo de acreditar no melhor da vida, além da reação de leveza e liberdade que acompanha essa atitude positiva perante os desafios. Tanto o 1 quanto o 3 gostam de viver livremente e não apreciam dar satisfações do que querem fazer e do que efetivamente fazem. Por que detestam ser mandados e seguir regras.

O interessante é que o 4, resultante da soma entre os números 1 e 3 - que formam o 13 - indica justamente o oposto. O 4 gosta de seguir regras e prefere o certo ao incerto. Almeja a estabilidade e não se sente à vontade em arriscar. Prefere seguir um ritmo calmo, com organização, planejamento e praticidade.

Então, o conflito está deflagrado dentro do próprio número 13. Há uma luta entre o risco e a segurança. O 4 é conservador, enquanto o 1 e o 3 preferem o novo, as novidades e a originalidade. O 4 é tradicional; o 1 e o 3 são rebeldes. O 4 gosta de apoio e da presença física das pessoas ao seu redor. Já o 1 e o 3 são independentes, amam a autonomia e um amplo espaço para desbravar. Provavelmente, por reunir em sua simbologia tendências tão opostas, o 13 pode ser considerado um número ambíguo: uns o consideram sinal de mau agouro, outros de boas vibrações.

Ter receio do número 13 pode significar problemas no que tange a ter iniciativa ou otimismo para buscar novas experiências mais prazerosas e criativas - características simbolizadas pelos números 1 e 3. Outra possibilidade é que as pessoas privilegiem um dos extremos desse simbolismo: conservadorismo ou inovação; novidades ou comodidade; coragem de experimentar situações diferentes ou resistência à mudança. Por outro lado, quando a pessoa sabe lidar com a simbologia desse número, ela consegue ter muitas ideias, comunicá-las e tem a determinação de realizá-las. Sabe unir teoria e prática. Consegue viver bem com as regras sociais sem perder sua originalidade, sem reprimir a sua individualidade.

A simbologia da sexta-feira 13

De acordo com a Numerologia, não há nada de especial na sexta-feira 13. No entanto, algumas pessoas podem se sentir desafiadas nessa data. Enquanto o 1 e o 3 - que formam o 13 - querem liberdade, otimismo e festividade, eles geram o sério 4 como número reduzido. E este pede praticidade, perseverança, determinação, planejamento e organização para direcionar melhor a necessidade de criatividade e de diversão dos números 1 e 3. Mas vale lembrar que isso vale para qualquer dia 13, e não apenas para a sexta-feira.

Outro detalhe é que, no Tarot, o 13 é o número do arcano "A Morte". E essa carta representa a necessidade de mudanças, de sair da zona de conforto. Quem não se sente à vontade de mudar hábitos e situações em sua vida, tende a não gostar desta simbologia.

Então, diante desse cenário apresentado a respeito do simbolismo do 13, fica evidente que por trás de medos e superstições existe uma mensagem. A de que é preciso saber arriscar com confiança e planejamento, rumo ao que precisa ser mudado e reestruturado em nossa vida. Tais mudanças pedem coragem e, ao mesmo tempo, pés no chão.

Curiosidade sobre a data

Há várias teorias que sugerem o motivo da sexta-feira 13 ser considerada uma data desfavorável. No entanto, a mais forte delas tem origem no século XIV, quando o rei da França, Filipe IV, considerou que a ordem dos Cavaleiros Templários era ilegal. No dia 13 de outubro de 1307, uma sexta-feira, o monarca decretou que os membros da ordem deveriam ser perseguidos, torturados e presos, culminando em muitas mortes. Essa seria uma das razões para que a data tenha uma conotação negativa para algumas pessoas.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo. Formado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia-a-dia. É autor das análises numerológicas do Personare. Saiba mais »

contato: yubertson-revista@personare.com.br
  • e-mail
  • Imprimir

MATÉRIAS RELACIONADAS

E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS

Holis é uma empresa do Grupo Personare

NEWSLETTER

GRATIS
minimize close
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA A NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS