Carregando pagina

Carreira e Dinheiro > Vida Profissional

Marketing Pessoal: você é a alma do negócio

Autenticidade é primeiro passo para usar a comunicação a seu favor

 

Sempre desconfiamos um pouco das coisas marqueteiras. Elas soam como os truques dos mágicos, em que algo "parece, mas pode não ser". Quando o tema é marketing pessoal, então... Adentramos um terreno delicado, que vai da vaidade pura e simples ao engodo total. Se você é bom mesmo, por que precisaria de "marketing pessoal"?

As coisas boas - sejam carros, alimentos, lugares ou serviços - merecem ser percebidas como boas. E você também merece. Se suas boas qualidades são legítimas, fruto de justiça e merecimento, por que não caprichar na embalagem? É da sua interação com o mundo e de como você pode se fazer perceber que trata o marketing pessoal. É válido dedicar atenção à roupa, mas vale mais o cuidado com o bilhete de agradecimento, as marcas registradas de certos cuidados, o hábito de retornar telefonemas, a austeridade de fazer a reunião no seu estilo pessoal comprometido.

Marketing pessoal é a construção de sua marca, suas âncoras com as pessoas da sua vida e do seu trabalho. E também o que vem à mente quando se pensa em seu nome, em sua figura, em você; um conjunto de sentimentos e ideias que você evoca, o que você passa a representar para o outro - não por esforço, mas por constância.

Se ao buscar um utensílio doméstico na internet, como por exemplo um freezer novo, procuro a marca que inspira mais confiança em mim para a compra, logo sei que a marca de uma pessoa é igualmente muito importante. Compro essa ou aquela marca? Compro porque sei que funciona? Por que esta ou aquela indústria é séria e está no mercado há anos? Da mesma forma, a marca pessoal se realiza com a constância, a contínua melhoria, o caráter, a atitude que identifica a pessoa com o que podemos esperar dela. Portanto, não é por meio de truques que sua marca se constrói, e sim através da verdade, cautelosamente amparada pela paixão e pela disciplina. Naturalidade regada a esforço. Roupas, hábitos, posturas, realizações, missão. Qual a sua marca, quando passamos por esses itens? Se você fosse escolher uma única palavra para identificar sua marca, que palavra seria? Revolução, liberdade, qualidade, ordem, progresso, beleza, harmonia, atenção, aventura, farofa?

Comunique a verdade

É importante focar naquilo que comunicamos, especialmente se esse foco decorre do seu compromisso com sua vida. Marketing pessoal apenas na base da imagem projetada é fake, falso, refratário. Não se sustenta e traz imediata desconfiança, como a agência de viagens que vende lindos passeios a preços muito baixos. É importante comunicar com capricho, beleza e efetiva clareza os benefícios mais importantes de um pacote turístico, e de porque esta agência, e não qualquer outra, faz a diferença. E o marketing que funciona se baseia num fator elementar: ele vende a verdade.

Então eu digo, e você merece saber: nada é mais charmoso do que ser autêntico.Nada é tão "bom marqueteiro" do que ser você mesmo e apresentar seus atributos verdadeiros, tendo o cuidado de polir sua marca. Esta é a mais confiável de todas as forças: ser autêntico, ser parecido consigo mesmo, e não diferente dos outros. De botas e guarda-chuvas, de batom e cartão de visitas, descalço ou de avião.

Para continuar refletindo sobre o tema

No meu blog, você pode ler um poema sobre ser autêntico e estar na moda, que fiz para a premiação da minha personal stylist.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Claudia Riecken

Empresária, autora de quatro livros e criadora do Método Quantum. Presidente e fundadora do Grupo Quantum Assessment, teve sua obra reconhecida por especialistas multidisciplinares, como uma verdadeira revolução em testes de comportamento. Saiba mais »

contato: claudia@metodoquantum.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS

Holis é uma empresa do Grupo Personare