Carregando pagina

Você > Respeito e Solidariedade

Inclusão social, papel de todos

Livros ajudam a refletir sobre como lidar com diferenças

 

Comecei o meu trabalho como fisioterapeuta atuando com crianças deficientes. Há anos frequento cursos e feiras ligados a essa área e reparo como são poucos os lançamentos de livros que abordam a deficiência. Outro dia, conversando com uma amiga, ela me indicou o livro "Meu Amigo Down". Fui à livraria e me encantei por um outro livro sobre o tema: "Um Amigo Diferente".

"Meu amigo Down" trata as diferenças individuais, narradas por um menino que não entende bem por que seu amigo com síndrome de Down enfrenta situações tão delicadas na vida, na sociedade e até mesmo na família. No caso de "Um Amigo Diferente", quem conta a história é alguém que é diferente, mas que ao invés de falar sobre a sua diferença, ressalta o que todas as crianças têm como prazer, como comer chocolate e brincar de bola.

Autoestima e identificação

O livro é uma forma de inclusão social e a criança com deficiência gosta de ser ver nos livros, é bom para sua autoestima e identificação, também é uma forma de ajudar os outros a elaborarem a questão do preconceito.Talvez esse aprendizado seja para nós adultos e não para as crianças.

Um dia li um relato de uma tia deficiente que trouxe uma amiga cadeirante para visitá-la. Quando a sobrinha viu a amiga na cadeira de rodas, achou muito legal a "bicicleta de rodas". As crianças não têm preconceitos, percebem a diferença, mas isso não é o mais importante para elas. O afastamento acontece quando recebe informações errôneas, muitas vezes dos próprios pais. Trabalhar desde cedo em nós essa questão é fundamental, principalmente hoje que caminhamos para a educação e sociedade inclusiva. Ainda estamos longe do ideal, mas acredito que chegaremos lá.

Barreira a ser vencida

A leitura é uma forma rica em aprendizado, afinal o preconceito é uma barreira a ser vencida. Lidamos com essa palavra todos os dias, quando alguém nos apelida, com o bullying. Então por que não nos identificamos com o preconceito vivido pela pessoa deficiente? Essa é uma reflexão importante para ser feita todos os dias.

A inclusão social não é algo para ser tratado apenas pelos governantes, mas é um papel que cabe a cada um de nós.

Para continuar refletindo sobre o tema

Coleção Meu Amigo Down: As histórias Meu amigo Down, em casa; Meu amigo Down, na rua; Meu amigo Down, na escola - Claudia Werneck - WVA Editora. Veja mais sobre a autora nesse link: http://www.wvaeditora.com.br/autores/aut_claudiawerneck.html
Um amigo diferente? - Claudia Werneck - WVA Editora - Conta a história de uma criança que diz ser diferente. O texto leva à reflexão sobre as diferenças individuais, discorrendo sobre hemofilia, paralisia cerebral, ostomia, doença renal etc.
Gibi turma do Lukas - http://en.calameo.com/read/000003862b2d7097842c5

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Denise Gurgel

Fisioterapeuta materno infantil, especialista em Shantala, consultora do sono e de desenvolvimento motor dos pequenos. Atende em São Paulo e no Rio de Janeiro. Saiba mais »

contato: contato@cursoshantala.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS