Carregando pagina

Saúde > Prevenção e Cuidados

Hipotireoidismo e sobrepeso

Conheça tratamentos alternativos para a doença do jogador Ronaldo

 

Ontem, dia 14 de fevereiro de 2011, o craque de futebol Ronaldo, o Fenômeno, aposentou-se dos estádios, com apenas 34 anos. Soterrado por críticas da torcida corintiana desde a eliminação precoce da Copa Libertadores da América, ele decidiu retirar-se com dignidade.Em seu discurso de despedida, muitos pedidos de desculpa, como se todos tivessem esquecido o genial craque que marcou gols maravilhosos e até improváveis por todos os times que passou, mas principalmente pela Seleção Brasileira de Futebol. A grande crítica contra Ronaldo é que ele está gordo para jogar futebol. Em sua despedida, a revelação: sua dificuldade para emagrecer encontra-se numa disfunção de uma glândula muito importante para o corpo humano, a tireoide.

A tireoide localiza-se no pescoço, geralmente não pode ser apalpada, e produz hormônios que regulam o metabolismo de todo o corpo. Basicamente, o metabolismo é a proporção de produção e destruição de substâncias. Quando temos um metabolismo acelerado, precisamos gerar mais energia para as atividades do corpo, e essa energia é retirada das moléculas de açúcar e gordura que armazenamos no fígado e nas camadas de gordura debaixo da pele. Quando o metabolismo está diminuído, por outro lado, a tendência é aumentar essas reservas de gordura, pois o corpo precisará de menos energia.

O que aconteceu com Ronaldo foi hipotireoidismo, um transtorno que faz com que a tireoide funcione de forma deficiente, diminuindo portanto a taxa de metabolismo, o que causa o acúmulo de gordura e a dificuldade para emagrecer. No hipotireoidismo, além do ganho de peso, há um cansaço constante, um desânimo que se confunde com a depressão, alterações nas unhas e nos cabelos, inchaço geralmente nas pernas, mas que pode acontecer em outras partes do corpo.

Ayurveda, acupuntura e florais podem ajudar

Na fisiologia da Medicina Ayurvedica, tradicional na Índia e Nepal, a tireoide está relacionada ao chakra da garganta, não só pela sua localização, mas principalmente pelas suas funções de controle sobre toda a atividade. Este chakra é o centro da nossa vontade e sua saúde depende do quão verdadeiramente nos expressamos. A fala é a exteriorização desse chakra, e é por ela que exibimos nossa vontade. A mentira afeta nosso corpo e nossas emoções inicialmente por este chakra. Nossas escolhas têm consequências sobre cada célula nossa. É muito frequente quando não fazemos uma escolha ou temos que engolir uma escolha feita por outra pessoa, sentirmos como se tivéssemos um bolo na garganta. Esta sensação também aparece quando temos que dizer as palavras certas numa situação difícil (nas histórias em quadrinhos, o personagem diria "glup"). A criatividade e a comunicação dependem do equilíbrio deste chakra.

Por ter relação com a vontade, o chakra da garganta pode ser facilmente afetado pela avidez, que seria uma vontade indomada, insaciável. A avidez pode ser por comida, por sexo, por dinheiro, por conhecimento, pela atenção dos outros, por sucesso, por poder, por desenvolvimento espiritual, por saúde, ou por qualquer outra coisa que venha a se tornar foco de nossa vontade sem controle.

Para regular o chakra da garganta é recomendado cantar ou mesmo gritar, e os alimentos mais recomendados são os sucos de frutas cítricas, chá de capim limão ou de erva-cidreira, laranja, limão, kiwi, maçã, pera, pêssego e ameixa.

O tratamento alopático para o hipotireoidismo é a reposição do hormônio que a tireoide não consegue mais suprir adequadamente. No tratamento homeopático, o médico vai buscar o remédio que melhor se adapta ao conjunto de características que o paciente relata na consulta, individualizando o tratamento à reposta que cada pessoa apresenta.

A acupuntura, a terapia floral e o tratamento com plantas medicinais também podem atuar de forma muita benéfica no controle do hipotireoidismo.Com recursos diferentes do convencional é possível aliviar os sintomas tão indesejados que o hipotireoidismo provoca.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Marcelo Guerra

Médico graduado pela UFRJ. Começou a carreira como Psicanalista e depois enveredou pela Homeopatia e Acupuntura. Ministra oficinas e palestras em todo o Brasil e atende em consultório no RJ. Saiba mais »

contato: marceloguerra@terapiabiografica.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS