Carolina Arêas
Por Carolina ArêasLeia em 7 min.08/11/2011 

Dizer não é necessário

Ser gentil não significa negligenciar suas próprias necessidades

Ser gentil não significa negligenciar suas próprias necessidades

Dizer não é necessário

O desejo dos outros é sempre uma ordem? Você esquece suas próprias necessidades para satisfazer a dos outros? Cede mesmo quando é por algo que lhe incomoda ou não lhe faz feliz? Então, antes que se sinta sobrecarregado e a insatisfação tome conta do seu peito, está na hora de você conhecer algumas essências florais que vão fortalecer sua vontade própria.

Ser gentil, solidário, prestativo, amigo e companheiro é muito bacana. Mas não tem nada a ver com negligenciar as próprias necessidades. É possível, sim, fazer coisas boas para outros, mas sem cair na síndrome de ser bonzinho em excesso.

As pessoas agem assim por diversos motivos. Pode ser auto-negação, timidez, submissão, fraqueza, baixa autoestima, passividade. Seja o que for, é preciso descobrir a força que há dentro de si. Fazer tudo pelos outros atrapalha não só o crescimento da própria alma, mas dos outros também.

Fazer tudo pelos outros atrapalha não só o crescimento da própria alma, mas dos outros também.

Em outro nível, fazer tudo para agradar pode ser mais que uma negação dos próprios desejos. É também uma maneira de se iludir achando que está sendo amoroso e útil quando, na verdade, a pessoa só quer reconhecimento e aprovação. E, por isto mesmo, um NÃO em momentos apropriados e colocado com firmeza – mas também com amor – pode fazer muito bem a você e às pessoas do seu convívio.

Não destrua suas reservas de energia, alegria, criatividade, amor e tempo além dos seus limites! Confira abaixo florais que ajudam a fortalecer a força de vontade:

  1. Centaury (Bach) – Este floral traz o poder da determinação e ensina a pessoa a dizer NÃO quando é necessário. Transforma a debilidade da vontade em grande capacidade de doação, sensibilidade e bondade, mas vindos de alguém que também reconhece as próprias necessidades e desejos.
  2. Ruta (Minas) – Ideal para pessoas subservientes e tímidas que sucumbem facilmente ao desejo alheio. Muito boa para quem se deixa dominar facilmente, o popular “capacho”.

Nota importante sobre a escolha dos florais:

A automedicação de florais parece bem fácil. A pessoa procura por palavras-chave e escolhe as essências. Você não precisa se identificar com 100% das características de uma essência para tomá-la. Eles não apresentam contra-indicação, mas para fazer a escolha correta é preciso conhecer os sistemas florais e, ao mesmo tempo, ter capacidade de perceber claramente as questões pessoais ou das pessoas próximas, o que nem sempre é simples. Por isso, um profissional capacitado é sempre a melhor opção.

Carolina Arêas

Carolina Arêas

Iniciou sua formação como terapeuta floral através do Healing Herbs, da Inglaterra, estudando as essências de Bach. Também trabalha com Reiki nível II e massoterapia ayurvédica, e é co-criadora do projeto "Word Rocks".