Carregando pagina

Você > Autoconhecimento

Descobrindo sua deusa interior

Inspire-se em "Cinquenta tons de cinza" e desperte sua essência

 

Na trilogia erótica de sucesso "Cinquenta tons de cinza", além do casal protagonista - Anastacia Steele e Christian Grey - outra figura ganha destaque na obra: a deusa interior de Ana. A personagem costuma usar esse termo para descrever seu lado sexual. Mas, afinal, o que isso significa? Será que toda mulher possui uma deusa dentro de si?

A deusa interior da qual a autora britânica Erika James se refere é a origem do feminino, o instintivo, o desejo natural e a liberdade de ceder a ele, o que cada mulher de fato é - sem máscaras e sem regras. Despertar sua deusa interior significa se sentir mais viva, deixando aflorar a verdadeira mulher que existe em você.

Afinal, a mulher que expressa a sua essência e se livra de bloqueios - como fadiga, fragilidade, confusão mental, fúria crônica, depressão, entre outros - tem um brilho no olhar. Ela pode dançar, cantar, pintar, criar, intuir ou fazer qualquer outra coisa, desde que seja com encanto. Este tipo de mulher é percebido por todos, pois comove e inspira.

Vale lembrar que a liberdade de ceder aos desejos não envolve somente questões relacionadas ao sexo. Esses desejos são muito mais profundos e essenciais, pois envolvem sua liberdade como mulher, sua vontade de se impor, de falar o que tiver vontade, de lutar pelo que quer e acredita, de correr atrás dos seus sonhos e decidir por si só qual é o seu limite. Mas essa liberdade de expressão pode se fazer presente também na conquista sexual, pois o desejo na cama expressa suas vontades interiores e é carregado de símbolos inconscientes da sua forma de ser.

Despertando sua deusa

Para se livrar dos seus bloqueios, experimente entrar em contato com o seu íntimo, por meio do autoconhecimento. Isso pode ser realizado por meio de terapia, interpretação de sonhos ou pela prática diária de escrever em um diário. A ideia é tentar entender quais são as coisas pelas quais passou ou ainda passa na vida, que lhe impedem de ser você mesma.

A partir daí, prepare um momento especial para realizar um marco fundamental na sua vida, abdicar das feridas do passado e das ações que não correspondem ao que você acredita ser, livrando-se de tudo que for emocionalmente tóxico. Você pode escrever em um papel tudo que precisa abandonar na vida e depois queimá-lo ou banhar-se no mar, refletindo tudo o que as ondas vão levar de você, por exemplo. Também pode ficar sozinha e pensar em tudo o que quer se livrar, dizer pra você mesma com força e convicção que está finalizando este ciclo.

O próximo passo é descobrir os desejos da sua alma feminina. Recorde os momentos nos quais se sentiu feliz, as coisas mais naturais e simples que lhe fizeram sentir-se completa. E perceba que tudo aquilo é você. Lembre-se de momentos especiais e simples que tragam a realidade de uma força maior existente dentro de si.

E quando você passa a perceber a sua deusa, sente uma felicidade plena, uma paz profunda e aprende a não deixar mais que o mundo oprima a sua verdadeira essência, a sua deusa interior.

Qual deusa mitológica lhe rege?

Podemos observar em nós sinais semelhantes aos das deusas da mitologia, assim como também podemos observar semelhanças com personagens de contos de fadas, animais e muitas outras simbologias. Essa forma de comparar nossa personalidade com personagens de mitos é chamada, na Psicologia, de arquétipo.

O encontro com a sua deusa interior ficará mais fácil ao perceber os arquétipos que estão misturados na sua essência. Confira abaixo alguns arquétipos de deusas gregas, para que você possa perceber qual delas existe em você. Isso lhe ajudará a se conhecer melhor e até descobrir quais atitudes frequentes costuma ter, sem perceber que lhe trazem dificuldades.

Mulher Atena

Deusa da sabedoria e da civilização, ela tem como principal objetivo a realização profissional. Possivelmente se envolve com educação, justiça, cultura e, algumas vezes, até com política.

A mulher Atena é muito ligada ao seu lado racional, sempre está bem arrumada e informada sobre as últimas tendências de moda. Mas dificilmente consegue tirar um tempinho para cuidar do corpo, já que a mente vem sempre em primeiro lugar.

Ela costuma estar rodeada de pessoas e é muito admirada. No amor, dá preferência a papos inteligentes, mas a princípio costuma ter dificuldades em libertar o corpo para vivenciar uma paixão.

Mulher Afrodite

Deusa do amor, é romântica e adora vivenciar uma paixão. Gosta da beleza da vida e, de uma forma ou de outra, vai procurar se envolver com arte ou atividades que envolvam a beleza, como arquitetura, moda, artes cênicas e artesanato.

Costuma envolver-se em intrigas amorosas, pois quando cede aos desejos da sua alma feminina, ela simplesmente quer se entregar à paixão, sem medir as consequências que isso pode trazer.

A mulher Afrodite costuma chamar grande atenção dos homens com a sua sensualidade natural, mas com isso também atrai a incompreensão das mulheres. Por isso, muitas vezes tem mais amigos do sexo masculino.

Mulher Perséfone

Deusa do mundo oculto, ela é mediúnica, intuitiva e atraída pelo místico e espiritual, até mesmo pelos assuntos ligados a morte. Quando por um motivo ou outro este lado mediúnico está mais inibido na mulher Perséfone, ela é do tipo mais quieta, gosta de ficar sozinha escutando uma música, lendo um livro ou simplesmente refletindo.

Para essa mulher, sua própria companhia é perfeita. Ela não enxerga e não nomeia isso como solidão. Em função de seu lado misterioso, a Mulher Perséfone pode ter como grande inimiga a mulher Afrodite, já que seu mistério e silêncio trazem para si uma grande sensualidade, despertando nos homens também grande interesse.

Mulher Artemis

Deusa selvagem, ela busca a liberdade em tudo. É prática e atlética na maior parte das vezes, além de ser aventureira e dona de si. Costuma se dedicar ao estilo de vida alternativo, aos animais, e algumas vezes pode se engajar em campanhas que defendem os direitos femininos.

Ela muitas vezes aprecia uma vida mais solitária. Os homens costumam ter certo medo da audácia e independência da mulher Artemis, mas quando essa mulher se sente a vontade com um homem, pode seduzi-lo com seu jeito único e selvagem, deixando-o facilmente apaixonado.

Este é o exemplo mais próximo de mulher que consegue perceber e entrar em contato com a sua deusa interior, já que faz parte do seu instinto ser livre, seguir seus ideais e não se deixar influenciar tão facilmente por tendências e opinião alheia. Isso faz com que a Mulher Artemis preserve e acredite na sua Deusa Interior. Por outro lado, ela também pode muitas vezes ser vista como "bicho do mato".

Mulher Deméter

Deusa das colheitas, a "mãe", ela gosta de cuidar e zelar. Assim como a Mulher Afrodite, ela também tem grande facilidade de sentir amor por tudo, mas enquanto o amor de Afrodite é voltado ao seu prazer, o amor de Deméter é sempre voltado para o próximo.

A mulher Deméter, gosta de cuidar dos amigos, da família, da casa e das plantas. Muitas vezes costuma ter um espírito mais caseiro. No amor, seu jeito superprotetor às vezes pode acabar trazendo problemas, fazendo a pessoa amada se sentir sufocada.

Mulher Hera

Deusa do patrimônio, mulher líder e governante, está sempre ligada nas questões de poder. Esta mulher independente se adapta às tendências. Por exemplo, essa mulher pode gostar de ficar em casa e cuidar de filhos e marido, ou sentir prazer em priorizar a carreira. Tudo vai depender de qual época ela está vivendo, já que segue os padrões sociais. Hera sente-se segura cumprindo regras e exige o mesmo de sua família.

Pelos amigos, é vista como uma grande mulher, alegre, ativa e inteligente, mas no ambiente familiar costuma ser bem autoritária. O objetivo de vida de Hera é casar e construir uma família. Também gosta de procurar pela pessoa parceira ideal, alguém poderoso, que inspire sua admiração.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Roberta Struzani

Especialista em sexualidade feminina, autoconhecimento e autoestima. Fisioterapeuta pós-graduada em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia. Saiba mais »

contato: contato@odespertardofeminino.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS