Carregando pagina

Beleza > Estética

Chapinha sem erro: aprenda a usar

Calor emitido pelo aparelho pode desgastar a fibra capilar

 

Antes de investir na chapinha para deixar os fios no lugar, é importante ter em mente que esse tipo de aparelho prejudica os cabelos e merece cuidados antes e depois da aplicação. De acordo com o hairstylist Sylvio Rezende, a fibra capilar é a mais resistente do corpo e aguenta temperaturas altíssimas. Mas uma vez exposta ao calor, perde água e desidrata.

"O calor emitido pela chapinha abre a camada mais superficial do fio, chamada de cutícula, que é semelhante a escama do peixe. Depois de abertas, essas camadas deixam a água evaporar dos cabelos. Isso pode deixar as madeixas elétricas, causando o indesejável efeito frizz, além de ressecar e desbotar os fios", explica Sylvio.

Uso correto garante cabelos saudáveis

Para evitar os efeitos maléficos, o ideal é aplicar cremes sem enxágue, como o leave-in, ou termoprotetores nos cabelos, antes de fazer uso da chapinha. Estes produtos protegem as madeixas do calor emitido pelo aparelho e garantem mais brilho e maciez aos fios.

"Lave os cabelos normalmente com shampoos e condicionadores sem sal e depois, com os fios ainda úmidos, aplique o termoprotetor. Só não exagere na quantidade, senão as madeixas ficarão oleosas e pesadas. Algumas gotas são suficientes para alcançar a proteção desejada", ensina o hairstylist.

A chapinha também não deve ser usada para secar os fios, pois isso pode deixá-los arrepiados. Sendo assim, o aparelho deve ser passado nos cabelos secos. Outra dica para não prejudicar os fios é ter atenção à temperatura do aparelho. De acordo com o especialista, o ideal é que a chapinha não ultrapasse 80 graus.

"Não é recomendável deixar a chapinha pressionando durante muito tempo o cabelo, já que existe chance de queimar os fios. O ideal é passar o aparelho três vezes ao máximo em cada mecha. Quando a pessoa faz uso correto do aparelho consegue manter a durabilidade e o brilho dos cabelos. Na hora de comprar uma chapinha, prefira as menores e mais leves, que facilitam o manuseio", alerta o hairstylist.

Outra alternativa para quem faz uso contínuo da chapinha e quer manter os cabelos saudáveis é investir em hidratações semanais. "Cremes de tratamento noturno ou para cabelos quimicamente tratados recuperam a fibra capilar e podem deixar os fios com mais vida, brilho e maciez", avalia Sylvio.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Equipe Personare

Nós, da equipe Personare, também estamos em um processo constante de conhecimento sobre nós mesmos, sobre o mundo e sobre as relações humanas. Saiba mais »

contato: conteudo@personare.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS