Carregando pagina

Família > Relações Familiares

A Imperatriz: emoção na dose certa

Conheça o arcano que une feminilidade e sabedoria, assim como as mães

 

Imperatriz. Aquela que comanda, a que governa - eis o sentido encontrado no dicionário. A soberana suprema. Mais do que Rainha, a Imperatriz é todas as Rainhas: Paus, Copas, Espadas e Ouros. Num primeiro momento, parece algo inatingível, completamente fora do nosso alcance. Mas não. A Imperatriz, arcano III do Tarot, une a destreza do Mago, o princípio masculino, com a pacificadora intuitiva, A Sacerdotisa. É o resultado de duas partes, soma feliz do ativo com o passivo. Uma imagem arquetípica da mulher madura, consciente. Ágil, efetiva, enérgica. E ao mesmo tempo compassiva, amorosa, terna, afetuosa.

A Mãe. Une a feminilidade com a sabedoria, age através do amor e da experiência. Seu reino é a emoção, de onde tudo brota. Matriz do amor, manancial gerador e inesgotável da natureza. Ela doa e ao mesmo tempo, conduz. Rege com seu cetro e protege com seu escudo.

Este é o reino da Imperatriz. Do seu trono feito de luz, ela lança raios de intermináveis cores sobre o mundo. É como um prisma de múltiplas facetas. Como flores de diferentes cores nascendo espontaneamente num campo. Imagem da natureza que cresce segundo uma organização invisível, mas que se mostra aos olhos desordenada, abundante, suntuosa, exuberante, espalhando seus frutos.

As mulheres que conseguem conciliar tarefas - cuidar dos filhos, da casa, da saúde, da beleza, da vida amorosa e profissional conhecem esse arquétipo de perto. Capacidade não nos falta, a questão é de cunho organizacional. Não perder-se em tantas facetas, não confundir-se, não paralisar pelo excesso. Encontrar tempo para tudo e mais um pouco. Não perder oportunidades e ainda assim, priorizar o amor em todas suas formas. Harmonia que podemos alcançar sim, desde que a emoção, palavra chave da Imperatriz, seja bem dosada.

A empreitada da Imperatriz é a tarefa suprema de gerar e manter a vida, sem nunca perder o contato com o que há de mais sagrado - seu corpo, o templo que abriga uma parte da alma do mundo.

O contato direto com a terra é o segredo. Parece bobo que uma coisa tão simples resolva uma situação tão complicada como a dificuldade em conciliar afazeres. Mas experimente! Da próxima vez em que se sentir confusa diante de tantas tarefas e possibilidades, tire seus sapatos. Caminhe pelo o jardim. Solte pelas mãos e pelos pés a energia desordenada. Escolha um lugar especial, você saberá qual é. Sinta a vibração que emana do centro da terra, ultrapassando camada por camada. Troque a sua força com a força do solo. Perceba que em determinado momento, vocês são UMA só, estão unidas como se nunca tivessem existido em separado. Perceba que desta plataforma é possível ejetar um projétil em direção às estrelas.

Depois volte pra casa. Tome uns bons dois copos d?água. Relaxe por uns momentos. Feche os olhos. Durma um pouco, se for possível. Quando você acordar, o cetro estará novamente em uma de suas mãos, seu escudo ao lado. E dentro de você todo o poder da Grande Mãe reativado. Você estará pronta para próxima batalha. E o melhor de tudo: com um sorriso no rosto.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Zoe de Camaris

Taróloga. Pós-graduada em Linguística. Incluiu o Tarot nos seus estudos de especialização no intuito de revalidá-lo como um sistema de linguagem visual interdisciplinar. Saiba mais »

contato: zoedecamaris@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS