Carolina Arêas
  • Por Carolina Arêas
  • Leia em 10 min.
  • 19/10/2010
  • Atualizado em 07/05/2018 às 13:24

Você vive competindo?

Florais ajudam a reconhecer seus valores sem anular os dos outros

Florais ajudam a reconhecer seus valores sem anular os dos outros

Você vive competindo?

Competir tem, sim, um aspecto positivo e saudável quando envolve características como empenho, persistência e determinação. Procurar vencer seus próprios desafios é uma conquista pessoal de valor.

Mas, se ser melhor do que o outro passa a ser o lema de sua vida, o sinal de alarme já disparou há algum tempo. Esta necessidade de competir e mostrar-se sempre superior pode estar encobrindo uma fraquíssima autoestima.

Esta necessidade de competir e mostrar-se sempre superior pode estar encobrindo uma fraquíssima autoestima.

Vencer, disputar, rivalizar o tempo todo acaba sendo uma exigência geradora de profunda ansiedade.

Se sentimentos como inveja, ambição, cobiça, ganância e ciúmes permeiam suas relações sociais, amorosas e profissionais é hora de dar um mergulho para dentro de si mesmo e perguntar como anda sua autoestima. Antes de querer ser o melhor, o mais bonito, o mais rico, o mais cheio de amigos, o mais querido do chefe, procure ser seu melhor companheiro. Gostar de si, cuidar-se, reconhecer e admirar suas qualidades preenche a alma o suficiente para que você não precise olhar o outro e sentir-se melhor do que ele para ganhar qualquer tipo de reconhecimento.

Florais podem ajudar você neste processo. Com eles, é possível recuperar autoestima e autoconfiança suficientes para que, ao invés de competitivo 24 horas por dia, você passe a ser cooperativo e use sua determinação e esforço de maneira global e não individual.

  1. Holly (Bach)- indicado para quem vê o outro como eterno rival e a competitividade surge como resultado de insegurança e baixa autoestima.
  2. Cowslip Orchid (Living Essences)- esta essência ajuda os que sofrem de excesso de competitividade, ensinando a interagir com o outro de igual para igual. Permite abrir o coração para sentir alegria pelo sucesso alheio sem, no entanto, sentir-se inferior por causa disto.
  3. Buttercup (Califórnia)- bom para os que sofrem de baixa autoestima e sempre sentem-se inferior ou em desvantagem em relação aos outros. Auxilia a pessoa a reconhecer seus próprios valores e virtudes.
  4. Mountain Devil (Califórnia)- dissolve a competitividade, ajudando a lidar melhor com os sentimentos de ódio, raiva, inveja. Indicado para pessoas que tendem a desconfiar dos outros.
  5. Tiger Lillly (Califórnia) – para os que têm tendência à rivalidade, agressividade e hostilidade. Precisam sempre competir e vencer como forma de causar inveja ao outro e estão sempre querendo conquistar posições.
  6. Confid Essence (Austrália) – este composto floral é para os que sofrem de baixa autoestima e falta de confiança e acabam incorporando o papel de vítima. Desperta a habilidade e o poder de mudar as situações negativas.

Onde encontrar:

Rio de Janeiro
Quintessência – (21) 2205-0505 begin_of_the_skype_highlighting              (21) 2205-0505      end_of_the_skype_highlighting
http://www.quintessencia.com.br/

São Paulo
HNCristiano – (11) 2979-9868
http://www.hncristiano.com.br/portal/
Equilíbrio – (11) 3815-1386.
http://www.equilibrio.com.br/

Belo Horizonte
Officinalis – (31) 3296-8917/3344-2922
Chlorantha – (31) 3241-5212/3224-8533

Fortaleza
Farmácia Farmaverde – (85) 3261-1566

Nota importante sobre a escolha dos florais:

A automedicação de florais parece bem fácil. A pessoa procura por palavras-chave e escolhe as essências. Você não precisa se identificar com 100% das características de uma essência para tomá-la. Eles não apresentam contra-indicação, mas para fazer a escolha correta é preciso conhecer os sistemas florais e, ao mesmo tempo, ter capacidade de perceber claramente as questões pessoais ou das pessoas próximas, o que nem sempre é simples. Por isso, um profissional capacitado é sempre a melhor opção.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Carolina Arêas

Carolina Arêas

Iniciou sua formação como terapeuta floral através do Healing Herbs, da Inglaterra, estudando as essências de Bach. Também trabalha com Reiki nível II e massoterapia ayurvédica, e é co-criadora do projeto "Word Rocks". Saiba mais