Vanessa Tuleski
Por Vanessa TuleskiLeia em 4 min.03/09/2018 

Vênus retrógrado: relacionamentos em revisão

Retrogradação de 05/10 a 16/11 sugere entraves nas relações, finanças e estética

Uma vez a cada um ano e meio, o planeta das relações, Vênus fica retrógrado por cerca de 45 dias. Em 2018, Vênus retrógrado ocorre entre 5/10 e 16/11 e tem implicações nas  finanças, nos relacionamentos e na estética. Saiba como lidar com estes assuntos durante o período.

A primeira dica que temos que dar sobre a retrogradação de qualquer planeta retrógrado é: não se espere que as funções ligadas a ele funcionem perfeitamente, pois vão ocorrer empecilhos. Esta consciência colabora para se ter uma atitude preventiva e mais cautelosa a fim de lidar com os temas do planeta, não raro evitando problemas ou pelo menos amplificá-los. Esta é um dos usos preventivos e úteis da Astrologia.

E quais são as funções ligadas a Vênus? Em primeiro lugar, relacionamentos, parcerias, negociações, trocas, intercâmbios. Isto fala desde a parte afetiva até amizades e relações familiares. Fora isto, Vênus rege estética e dinheiro. A seguir, as atitudes certas para cada um dos temas.

Procedimento estéticos requerem informação e cautela

A retrogradação de Vênus aconselha mais cautela com procedimentos estéticos não habituais, especialmente os mais intensos e/ou invasivos, como uma cirurgia estética. O motivo é que há mais chance de os resultados não agradarem, por qualquer motivo. Seja porque se esperava alguma coisa diferente ou porque o cirurgião fez algo um pouco fora do combinado ou, simplesmente porque o que foi acordado não ficou tão bem, como uma prótese de silicone nos seios, por exemplo, muito grande e que comece a dar dor na coluna. A retrogradação, contudo, tende a favorecer retornos, como refazer um procedimento que no passado não alcançou as expectativas.

Se você já marcou uma cirurgia estética para esta época e pergunta se seria melhor remarcar, a resposta da Astrologia é “talvez fosse melhor”. Caso queira remarcar,  porém, observe para não escolher uma data com outros dois retrógrados: Mercúrio e Marte. E leve em conta a tabela da Lua fora de curso. Estas dicas astrológicas são básicas. Todavia, segui-las não garante por si só que tudo vai correr bem, pois um evento cirúrgico é multifatorial, envolvendo o céu e o mapa natal. Mas, ao levá-las em conta, você está evitando fatores que são reconhecidamente complicados para cirurgias.

Se não desejar alterar a data, se informe muito bem sobre o procedimento, o profissional, além de ter bem conversado o que se pretende alcançar.

Investimentos e negócios pedem cuidado

Compras, vendas e negociações tendem a ser mais difíceis nesta fase. Há uma tensão inerente em relação a assuntos financeiros nesta época. Um imóvel escolhido/adquirido neste período pode não ser bem escolhido, ou até pode ser, mas exigir investimentos posteriores não esperados.

Se for inevitável fazer negociações de porte durante a retrogradação de Vênus, seja prevenido e apele para o bom senso, se cercando de garantias e evitando compras extravagantes, como, por exemplo, adquirir algo caro e de difícil comercialização.

Algumas pessoas também registram menos vendas e fechamentos de negócio nesta fase, ou então mais despesas e gastos. De um modo geral, não é positivo lançar empreendimentos nesta época, principalmente aqueles que dependem de público, regido por Vênus, o qual tende a estar mais refratário e menos entusiástico.

Relações mais delicadas

Vênus rege as interações sociais, que podem se retrair nesta fase, seja porque se está mais introvertido ou por outros motivos.

Ao longo da retrogradação, há mais chance de surgirem incômodos e questionamentos que antes passavam batidos. Existe uma expressão que traduz bem: “ver cabelo em ovo”, que nada mais é do que ficar mais suscetível a mágoas e situações que existam ou não. Sabendo disso, se você é a pessoa que está chateada, é prudente que leve algum tempo para avaliar se tem razão ou não para isto. Pode ser que a avaliação esteja excessiva tanto quanto você realmente possa estar certo e desejoso de fazer uma mudança depois de ter vivenciado uma espécie de gota d’água, em uma determinada situação, que fez transbordar o copo.

O fenômeno faz você refletir sobre o dar e o receber das suas relações, os padrões de troca, e pode chegar a diversas conclusões que o levem a perceber no que é preciso que haja mudanças.

Talvez você não queira ser tão doador, paciente, compreensivo ou se deixar invadir. Ou, pelo contrário, se for excessivamente impulsivo e tendente ao egoísmo, talvez vivencie algo que vai mostrar o inconveniente destes comportamentos, com o outro podendo reagir.

Então, uma regra de ouro é, sabendo que é uma época suscetível nas relações, atuar com mais inteligência e diplomacia. Se, por exemplo, já tem dificuldades com um parente, pode não ser uma boa ideia fazer uma viagem mais longa de família nesta época ou então ter em mente que é preciso o dobro de atenção, pois a chance de acontecer um aborrecimento é maior.  

Lembrar também que ser melhor pecar pela cautela do que ter uma briga ou rompimento porque ter cometido “sincericídio”, que é falar o que se pensa sem pensar nas consequências, ou, ainda, dar um conselho não solicitado.

Regra geral: se algum relacionamento ficar mais “estranho” nesta fase, como uma amizade, entenda que é algo típico de Vênus retrógrado, que aumenta a suscetibilidade e a reflexão. Talvez este estranhamento passe sozinho quando Vênus retomar o movimento direto ou talvez seja sinal de pequenos ajustes que precisam ser feitos, requerendo tato e diálogo para não jogar fora a relação, se esta valer a pena.

Celebração de casamentos

Sabemos o quanto é oneroso e detalhista planejar um casamento. E se a data coincidir com a retrogradação de Vênus retrógrado? Em geral, não é viável pensar em adiamentos, com várias coisas já pagas e planejadas. Apenas entenda que o período logo após o casamento tende a ser de adaptação, seja de um em relação ao outro, ao próprio status de casamento ou outra particularidade, e isto vai dar mais trabalho do que com Vênus direto.

Relacionamentos afetivos: necessidade de maturidade

Algumas relações afetivas também podem sofrer mais nesta época. Qualquer coisinha pode virar um desentendimento. Mas também pode ser uma oportunidade de ajustes e avaliações.

 Estão desaconselhados os comportamentos impulsivos ou, ainda, de “diva”, que são aqueles em que se espera chamar a atenção mais do que resolver algo. Por exemplo, alguém pode pensar em terminar com o outro como uma forma de chamar a atenção, e não porque queira de fato, e a pessoa parceira, cansada de atitudes similares, pode finalmente aceitar o término. Ter maturidade, por isto, é importante.

A retrogradação também tem potencial para trazer pessoas do passado, como  velhos amigos, antigos amores, conhecidos ou ainda a lembrança deles, mesmo que não haja um encontro. E pode ser uma boa chance para repensar as relações afetivas, podendo favorecer trabalhos internos e terapias.

O lado bom da retrogradação

Vênus faz refletir a respeito de valores, isto é, as bases em que nos apoiamos, o que consideramos como importante. Durante a retrogradação, podemos repensar nossa escala de valores de uma forma que melhore a nossa vida. Por exemplo, trabalho é ótimo, mas viver para o trabalho, não. Acontecimentos, como, por exemplo, uma demissão, por não se dar bem um chefe, de uma pessoa viciada em trabalho, podem levar a uma reflexão sobre o equilíbrio dos valores na vida. De repente, ela vai refletir sobre sua dedicação exagerada ao trabalho. Mas o oposto, aquela pessoa muito acomodada e que tem, por isto, um padrão de vida insatisfatório, também pode ser objeto de reflexão.

Um outro ponto é que, mesmo não sendo fácil, pode ser um momento de aprendizado nas relações. Se você anda cometendo um erro em uma amizade, vínculo ou relacionamento afetivo, ou, ainda, deixando passar algo que seja importante, pode ter a chance de repensar sobre eles ou equilibrar padrões. E a forma como está a sua autoestima também é tema de Vênus. Ser mais alinhado com o seu valor pessoal, de uma forma equilibrada, pode ser um saldo positivo se tiver havido trabalho interior.

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer.