Giane Portal
  • Por Giane Portal
  • Leia em 3 min.
  • 30/06/2017
  • Atualizado em 11/07/2018 às 17:35

Tarot x vidência: desmistificando o oráculo

Leitura das cartas não tem relação com processos religiosos ou sobrenaturais

Tarot x vidência: desmistificando o oráculo

Contrariando o que muitas pessoas imaginam, a leitura de Tarot não está diretamente vinculada a processos místicos, religiosos ou espirituais. Para desenvolver um bom entendimento dos arcanos, é necessário estudo e dedicação. O Tarot é um arcabouço simbólico que pode ser traduzido para qualquer situação de nossas vidas, desde as mais complexas até as mais banais. E é o conhecimento profundo desses símbolos, aplicados em análises combinatórias, que nos permite que sejam desvendados os mistérios e respondidas as indagações.

O que pode ocorrer é que, após muito tempo de prática e disciplina com o Tarot, o canal intuitivo do tarólogo se abra e se desenvolva, pois afinal o mundo imagético e simbólico passa a atuar de uma forma muito intensa. Entretanto, isso não deve ser confundido com vidência.

A vidência é um dom natural que acompanha alguns seres humanos. Muitos videntes utilizam o Tarot como instrumento de canalização de suas visões, mas nem sempre eles estarão fazendo, efetivamente, uma leitura de Tarot. Muitas vezes trata-se apenas de um instrumento de acesso para suas conexões, como uma chave.

Infelizmente, como em toda prática, existem também os charlatões e as pessoas que se aproveitam do momento de fragilidade alheia para extorquir quem está passando por um sofrimento intenso. A leitura de Tarot não vem acompanhada de “trabalhos” no mundo espiritual. A cura no Tarot se manifesta através do contato com a verdade viabilizada pelo oráculo.

A leitura de Tarot não vem acompanhada de “trabalhos” no mundo espiritual. A cura no Tarot se manifesta através do contato com a verdade viabilizada pelo oráculo

Existem bons terapeutas que utilizam o Tarot para ajudar no diagnóstico de seus clientes, assim como existem místicos e religiosos que abrem as cartas – mas a leitura em si independe desses fatores.

Dito isso, não se faz necessário nenhum tipo de iniciação ou ritual para ler o Tarot. Alguns sistemas oraculares, como o Jogo de Búzios, estão conectados a uma tradição religiosa e não podem ser realizados por não iniciados. Quanto aos rituais – como não deixar ninguém que não seja o dono do baralho encoste nas cartas, ou considerar a leitura “fechada” se determinado arcano aparecer no corte ou em determinada posição do jogo – eles estão relacionados às práticas pessoais e individuais, mas não são determinantes para uma boa leitura.

Qualquer um pode aprender Tarot, desde que estude e se dedique a isso. A qualidade da leitura dependerá da aptidão pessoal e da afinidade do tarólogo com aquele universo, como acontece em qualquer outro tipo de atividade. Por exemplo, todo mundo pode aprender a tocar violão, mas nem todos têm a habilidade e o dom necessários para se destacar como musicistas. O mesmo ocorre com as artes divinatórias, como o Tarot.

SEU TAROT SEMESTRAL

+ Quer saber as principais previsões para cada setor da sua vida nos próximos seis meses? Jogue aqui uma versão mini gratuita do Tarot Semestral.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Giane Portal

Giane Portal

Estuda Astrologia e Tarot há 16 anos e desde 2006 ministra cursos e palestras. Foi diretora social da Central Nacional de Astrologia e atualmente faz parte do Conselho Deliberativo desta organização. Saiba mais