Diego Pedroso
Por Diego PedrosoLeia em 52 min.09/11/2016 

Significado de nomes pelas Runas

Oráculo ajuda a interpretar e modificar energia que nome exerce na sua vida

Oráculo ajuda a interpretar e modificar energia que nome exerce na sua vida

O nome tem um forte poder sobre nossas vidas, pois as pessoas escrevem ou nos chamam por ele o tempo inteiro. Toda a energia que é yantrada (escrita) e mantrada (falada) é ativada e ganha mais força cada vez que isso acontece. A potência projetada neste símbolo repercute em interpretações do que somos – tanto inconscientemente quanto energeticamente.

O que são Runas?

As Runas são símbolos muito antigos, datados de até 4.000 anos A.C., que se originaram de imagens rupestres (desenhos nas cavernas) e de desenhos ainda mais remotos, gravados principalmente em cerâmica, ossos e pedras. Cada símbolo rúnico carrega consigo uma série de significados e representações que atravessaram milênios de existência em nosso planeta.

Alguns dos povos que mais fizeram propagar o conhecimento sobre as Runas foram os Vikings, os Celtas e os antigos povos Nórdicos, já que o oráculo veio do norte da Europa e se preservou em países como Irlanda, Islândia, Noruega entre outros mais afastados, cujo conhecimento sobrevivera à cultura dominante no período das Cruzadas.

Cada nome funciona como um arquétipo, ou seja, grandes conceitos que são sentidos e percebidos por todos, que em todas as culturas do mundo se repetem. Por meio das Runas, é possível determinar a qual arquétipo cada nome se associa.

Ao ouvir um nome, a mente movimenta e ativa uma série de sinapses e memórias referentes à associação com aquela palavra. Para entender melhor como isso funciona, basta pensar em um nome qualquer, como, por exemplo, Alexandre. Se já conheceu alguém com este nome – seja um amigo, ex-namorado, parente ou colega – uma série de memórias inconscientes repletas de sensações e lembranças vêm à tona ao ler ou pronunciar esta palavra em voz alta. Outro exemplo é quando acaba de conhecer alguém que possui o mesmo nome de uma pessoa pela qual nutre muita estima ou rancor. Nesta hora, é como se sua mente tomasse um “susto” e o tratamento inicial que dará a este novo conhecido pode ter reflexo nas impressões que a última pessoa de mesmo nome deixou, ao passar pela sua vida.

Como fazer a interpretação do nome?

O alfabeto das Runas é chamado Futhark e composto de 24 caracteres principais, que são (veja imagem abaixo):

Cada símbolo do Futhark carrega consigo uma série de significados muito ricos e sagrados. Eles são comumente usados em magias e rituais celtas. Este povo acredita que os símbolos devem ser escritos e tratados com extremo cuidado e respeito para não atrair e criar nenhuma energia negativa durante sua utilização.

Passo a passo para interpretação

Escreva seu nome completo em um papel, em letra de forma. Embaixo dele, com base na tabela acima, escreva seu nome em rúnico. Basta substituir cada letra pelo símbolo das Runas.

O principal significado de cada nome está em sua primeira letra, esta será a regente da interpretação.

O principal significado de cada nome está em sua primeira letra, esta será a regente da interpretação.

As demais são runas complementares, que falam principalmente de como a primeira se manifesta.

Abaixo, o que você vê é uma simplificação do significado dos símbolos, que deve ser utilizado somente para este fim: interpretar os nomes e conhecer mais sobre si mesmo.

  1. A – Comunicação, compreensão da comunicação e do espiritual, mediunidade.
  2. B – Fertilidade, saúde e regeneração, nutrição, gaia, amor maternal.
  3. C-Q-K – Paixão, fogo, criatividade efêmera, positivismo e força vital.
  4. D – Despertar espiritual, renascimento, esperança espiritual.
  5. E – Lealdade, parceria, companherismo.
  6. F – Prosperidade, abundância, desapego material, sucesso profisisonal.
  7. G-X – Troca de energias, dar para receber, sacrifícios.
  8. H – Crise antes da mudança, renovação constante, atrasos, falta de controle.
  9. I – Imobilidade, introspecção, gelo.
  10. J-Y – Colheita, plantar, cuidar, abundância, honrarias.
  11. L – Intuição, emoções, feminilidade, flexibilidade, imaginação.
  12. M – Inteligência racional, individuação, altruísmo, a família e o clã.
  13. N – Fracasso e dificuldades, perseverar mesmo nas dificuldades, baques.
  14. O – Família, ordem social, os antepassados, negócios de família.
  15. P – Potencial para magia, oráculos, cura terapêutica, jogos, sexualidade.
  16. R – Viagem jornada, rapidez, evolução constante.
  17. S – Brilho pessoal, energia contagiante, sucesso, orgulho.
  18. T – Vitória justa, entusiasmo de sucesso, batalha e guerra, foco.
  19. U – Saúde, força, tenacidade, progresso, transição para vida adulta.
  20. V-W – Alegria, prazer, busca pela perfeição, esperança.
  21. Z – Proteção espiritual, acesso a mentores espirituais.
  22. Ei – Força nas adversidades, disciplina.
  23. Th – Força reativa, impulso erótico, energia impulsiva.
  24. Ing – Criação de algo novo, evolução cíclica de vida e morte, progresso.

Exemplo de como interpretar:

Por exemplo, o nome Diego se inicia com a letra D, correspondente à runa Dagaz, que traz em seu significado o despertar espiritual, o renascimento e a esperança espiritual. Essas serão as características primordiais de quem possui este nome. Mas como esta runa já vem seguida da letra I – correspondente à runa Iza, que significa o gelo e a estagnação – podemos interpretar que o despertar espiritual desta pessoa, apesar de ser algo certo e decisivo, vem de maneira lenta e comedida. Na sequência do nome temos as letras E e G, runas Ehwas e Geofu respectivamente, que remetem à parceria, companheirismo, sacrifício e troca em dar para receber. Isso mostra que este despertar espiritual irá acontecer mediante o esforço e a relação de troca com as pessoas, a parceria e a compreensão de que somos todos parte do mesmo todo. O nome Diego finaliza com a letra O, da runa Othel, mostrando que esse caminho de troca e companheirismo será sempre buscando uma interação familiar, seja por meio dos negócios da família ou simplesmente por meio do apoio, interação e compreensão dos membros familiares.

Letras I, H e N têm simbologias desafiadoras

Algumas letras têm um significado que você pode não gostar, como: I (Iza), H (Hagalaz) e N (Nauthiz). Na hora de escrevê-las com base no alfabeto rúnico, é possível “quebrar” ou “bloquear” a força exercida por estas letras, desenhando – ao invés da Runa correspondente – um dos símbolos de Odin (o pai dos deuses na mitologia nórdica), como na imagem ao lado.

Por exemplo, no nome Ingrid Eiras Neves, é preciso neutralizar a energia das letras I (em Ingrid) e N (em Neves), escrevendo o símbolo de Odin no lugar de cada uma.





Que tipo de energia meu nome manifesta?

De acordo com as Runas, o primeiro nome – ou a forma como lhe chamam – representa a sua essência, o self, aquilo que já existe dentro de você e que carrega desde o nascimento. Nele estão contidas todas as suas qualidades e defeitos, as características de personalidade e a forma como as pessoas lhe veem.

seu segundo nome – ou o sobrenome proveniente de sua mãe – carrega todos os valores que a vida lhe trará com certa facilidade. Como uma grande mãe, ele possibilitará seus ganhos mais fáceis, mesmo que tente evitá-los.

Por último, o terceiro nome (ou o sobrenome paterno) sugere sua missão de vida, aquilo que você se sente inclinado a fazer e fica infeliz se não seguir isso como princípio profissional ou pessoal.

Principais dúvidas sobre a interpretação

– Sobrenomes que possuem “de” ou “e” – como em “Paloma de Alcântara e Albuquerque”, por exemplo. Neste caso, o “de” e o “Alcântara” têm o peso na interpretação do sobrenome materno. Já o “e” e o “Albuquerque” são interpretados como o sobrenome paterno.

– Nomes compostos – A runa que determina a característica principal do nome será a primeira runa do primeiro nome. A próxima runa mais importante será a primeira do segundo nome e assim por diante. Por exemplo, no caso de Ana Paula, consideramos que a letra A – cuja runa regente é Ansuz – é a mais significativa. A segunda runa mais importante neste nome é aquela relacionada à letra P (de Paula), que é a Perthro. Para interpretar: como Ansuz (da letra A) remete à comunicação com o espiritual e Perthro (da letra P) tem a ver com magia, jogos e sexualidade, a comunicação desta pessoa se desenvolverá por meio de sua própria descoberta na magia e sedução, assim como nos jogos e brincadeiras. Todas as outras letras do nome Ana Paula falarão de que forma essa comunicação irá se desenvolver e acontecer. Uma observação interessante é que este nome possui a repetição de 4 letras A. Isso só mostra o quão intenso será esse processo, ou seja, essa pessoa é muito voltado à comunicação. As outras letras do nome (P, N, U e L) sugerem a forma que ela manifestará toda essa potencialidade.

– Apelidos – se as pessoas costumam se referir a você por um pseudônimo ou apelido, interprete-o unicamente. O nome de batismo somente terá alguma influência em sua vida se ainda lhe chamam por ele em algum círculo de convivência. Muita gente adota os apelidos buscando não ser mais aquela pessoa do passado, aposentando seu antigo eu. Neste caso, o conselho das runas é conhecer mais essa pessoa que quer deixar para trás. Por meio da interpretação do nome de batismo que não usa mais, você entenderá melhor quais características recusou.

Mais de dois sobrenomes – como, por exemplo, “Ademir Guimarães Costa e Silva“. Neste caso, o que mais conta é a primeira letra do primeiro sobrenome. A segunda runa mais importante será a primeira do outro sobrenome e assim por diante. No exemplo dado, o sobrenome paterno é o “Costa e Silva”, então as letras mais importantes na interpretação de sua missão são C (Kenaz) e S (Sowilo). Kenaz é a principal e Sowilo é como ela se manifesta – as demais letras destes sobrenomes também fazem parte da missão da pessoa, porém com menos intensidade. Já para interpretar o sobrenome materno, que é Guimarães neste caso, a pessoa iria avaliá-lo separadamente.

Como fazer um selamento de nome próprio?

O selamento de nome próprio é uma técnica feita para “firmar” as energias positivas que o nome exerce em sua vida. Na antiguidade, era feito com os seguintes intuitos:

  1. no nascimento de alguém, para determinar um bom destino aos novos membros de uma família;
  2. nas espadas e armas dos homens, antes deles irem para a guerra, com o objetivo de trazer todo o poder que as energias daquele nome trariam para a batalha;
  3. em consagrações de cargos importantes, como imperadores e reis, que precisariam de sabedoria para guiar seu povo;
  4. no momento da morte, em lápides, dando força e poder ao espírito que viajaria aos outros mundos, de acordo com a mitologia Asgardiana.

Passado um ano inteiro, o indicado é destruir o selamento com o elemento Fogo, imaginando que toda a carga energética daquele selo será neutralizada, e então criar um novo depois disso.

Passado um ano inteiro, o indicado é destruir o selamento com o elemento Fogo, imaginando que toda a carga energética daquele selo será neutralizada, e então criar um novo depois disso.

Afinal, toda a energia projetada na criação do selamento já terá perdido o efeito. Tudo aquilo que está esperando para ser seu na vida, como conquistas ou desafios, se apressarão em chegar. Então, esteja aberto para as energias positivas que se aproximarão, pois elas serão fundamentais nos desafios que ocorrerão. As dificuldades que surgirem trarão as suas recompensas tão merecidas.

Importante: jamais deixe seu nome rúnico de cabeça para baixo, pois as Runas têm um significado totalmente oposto quando estão invertidas. Neste caso, elas não irão emanar as energias que você busca, mas ter um resultado contrário.

+ sobre runas

Faça aqui seu jogo de Runas e Vida Material

Runas: um oráculo milenar

Runa Dagaz: a importância da espera

Significado das vogais do seu nome pelas Runas

Diego Pedroso

Diego Pedroso

Psicólogo especialista em Runas, Ocultismo e Interpretaçao de Sonhos. Faz consultas terapêuticas, ministra cursos e workshops sobre Runas e mitologia nórdica. Atende presencialmente em SP e RJ, ou à distância.