Roberta Struzani
  • Por Roberta Struzani
  • Leia em 3 min.
  • 12/08/2014
  • Atualizado em 16/07/2018 às 19:33

Runa Dagaz: a importância da espera

Símbolo sugere que transformação é processo lento e gradativo

Runa Dagaz: a importância da espera

Todas as 24 runas existentes em um oráculo possuem uma base de significado. E uma delas é a Dagaz, runa da borboleta que traz uma linda mensagem. Mas antes de entender o que significa esse símbolo, vale explicar que a mensagem de cada runa varia de acordo com a posição que aparece no jogo – seja convencional ou invertida.

Sendo assim, a runa Dagaz sobre a qual falaremos aqui é uma das oito que não possuem inversão. Segundo os estudiosos do oráculo, isso significa que essas runas possuem uma força tão grande, que funcionam como “códigos astrais” para conversar com Deuses e acessar novos planos de consciência.

As outras runas sem inversão são:

  1. Geofu (runa do amor)
  2. Hagallaz (runa da força natural e destrutiva para uma boa transformação)
  3. Isa (o gelo)
  4. Jara (a colheita)
  5. Eihwaz (o teixo)
  6. Sowilo (sol)
  7. Ingwaz (ventre – testículo)
  8. E, por fim, a Dagaz (borboleta)

Dagaz: runa da transformação e do despertar

O formato da runa Dagaz, como você pode ver na ilustração, parece as asas de uma borboleta de forma bem primal. E é exatamente esse significado que traz em seu símbolo: uma borboleta, embora o nome “Dagaz” venha do anglo-saxão que significa “amanhecer do dia, crepúsculo”. Nesse caso, é como se a runa recebesse a energia em potencial do sol e da lua ao mesmo tempo. Na prática, simboliza o momento no qual as pessoas despertam para um novo dia que se inicia, em sumo simboliza a chegada de novos tempos.

Curiosidade e história

As runas são valiosos patrimônios históricos, símbolos mágicos que contêm significados e manifestações energéticas manifestadas em traços. Diz a lenda que foi o próprio Deus nórdico Odin que trouxe as runas dos céus para a Terra, enquanto outros historiadores afirmam que quem as trouxe foi a Deusa Freya, que rege a primeira runa da ordem de todas as 24, chamada de Futhark. Mas o que verdadeiramente importa é que temos conselhos maravilhosos, que podem ser consultados no dia a dia, com o intuito de refletirmos sobre a vida e escolhermos melhor nossos caminhos.

A runa Dagaz representa o dia, o amanhecer, a força energética do próprio sol e os seus benefícios, assim como o calor. Depois de estações frias, o verão chega para trazer alívio e esperança de tempos melhores. Sendo assim, dizemos que a Dagaz traz ao amanhecer a esperança de crescimento, o aumento e a transformação, o alívio depois de um longo momento escuro. Em um jogo, Dagaz simboliza a previsão de um sucesso que chega lentamente.

Conselho de Dagaz

Vivemos em um mundo cheio de privilégios e mordomias provenientes da tecnologia e das benfeitorias da modernidade, que nos deixam mal acostumados para perceber a mudança que chega lentamente, já que temos facilidade de notar apenas os prazeres escancarados.

Toda distração trazida pelas redes sociais, computadores, celulares com aplicativos, jogos e televisão não nos deixa tempo para que possamos ficar em silêncio, a fim de escutar o que sentimos, pensamos ou ansiamos. Isso dificulta a busca pelo autoconhecimento, dando abertura à tristeza, confusão mental ou até depressão. Isso sugere que a grande maioria das pessoas envolvidas por toda essa modernidade só sabe observar a vitória de suas grandes metas realizadas, mas não sabe definir os passos que a fazem chegar até a concretização dos objetivos ou das pequenas conquistas.

Dagaz alerta que devemos ser mais otimistas e aprender a olhar a vida como de fato ela é, não como gostaríamos que fosse.

Dagaz alerta que devemos ser mais otimistas e aprender a olhar a vida como de fato ela é, não como gostaríamos que fosse.

Saiba que as maiores conquistas são aquelas que vão chegando devagar, ganhando espaço, estruturando-se para ter mais estabilidade. Dagas garante que por meio do trabalho duro, quando você menos esperar estará no auge, conquistando o seu grande sonho. Afinal, muitas vezes a vida já está indo rumo ao que planejou, mas por estar preso em idealizações, muitas vezes você não é capaz de ver as mudanças que estão acontecendo.

Mudança de dentro para fora

Não esqueça que transformação de verdade começa de dentro para fora, como a lagarta que se fecha em seu mundinho (no casulo) e depois de tanto mergulhar em seu interior ela desperta para sua real beleza, tornando-se borboleta. Toda a beleza de uma borboleta já estava prevista na vida da lagarta, mas ela precisou parar, se fechar, olhar para dentro de si e silenciar o mundo de fora para que então pudesse se transformar. Ela sai do casulo solitário e escuro tão linda e feliz, que voa em liberdade.

E isso pode ser comparado com a própria vida: olhe para dentro de si, por mais terrível que possa parecer ficar sozinho e em pleno silêncio para perceber o seu “eu”, as suas necessidades e a sua voz interior. Quando estiver pronto para perceber tudo que lhe rodeia e do que sua alma clama, o primeiro passo já terá sido dado. E então é só aguardar para o vento lhe direcionar para o caminho certo.

Não reclame da vida, não perca as esperanças por não ter alcançado algo que queria. Veja que o mundo a sua volta gira, que a vida acontece, nada está parado e você também não.

Não reclame da vida, não perca as esperanças por não ter alcançado algo que queria. Veja que o mundo a sua volta gira, que a vida acontece, nada está parado e você também não.

Tudo o que ocorre é parte de uma evolução que leva você até o seu objetivo. Se sua meta é alcançada de forma precoce, sem você ter passado por tudo o que passa hoje ou já passou na vida, é provável que não tenha estrutura para manter o seu sonho. Portanto, aproveite o tempo enquanto a realização não chega para preparar e transformar o seu interior.

Assim como o planeta precisa de duas estações frias e improdutivas (inverno e outono) e duas estações calorosas e produtivas (verão e primavera), nós também passamos por isso em nossas vidas. Os momentos sombrios deixam nossas raízes ainda mais fortes, para termos estrutura e vitalidade. Assim, quando os dias bons chegarem eles serão comemorados e valorizados, pois você já observou os dois extremos e saberá, então, trazer bons frutos para sua vida. E de forma mais madura saberá aproveitar a oportunidade quando ela chegar.

Agora pare, pense e se silencie, perceba que o que antes parecia ser ruim e escuro, pode ser os primeiros passos para sua transformação que começa de dentro para fora, trazendo dias melhores e o sucesso que já vem chegando. Dê o primeiro passo: seja otimista e veja com outros olhos.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Roberta Struzani

Roberta Struzani

Terapeuta especializada em sexualidade e saúde ginecológica. Realiza atendimentos presenciais e online focados no autoconhecimento, na elevação da autoestima e na saúde do aparelho reprodutor feminino. Sua principal ferramenta de trabalho é o Pompoarismo. Saiba mais