Mônica Souza

Receita de bacalhau com tomates assados

Prato é simples, tradicional e leva ingredientes totalmente naturais

Receita de bacalhau com tomates assados

Bacalhau é um alimento tradicional da Páscoa há muitos séculos, desde quando os cristãos passaram a jejuar – mesmo fora da quaresma -, diminuindo o consumo de carne vermelha e aumentando o consumo de peixes. Mesmo que esse jejum rígido não seja mais tão comum, a tradição permaneceu. No Brasil, esse costume foi trazido pelos colonizadores portugueses e espanhóis.

Histórias à parte, eu consumo bacalhau o ano todo, mas não conheço Páscoa sem ele. Minha mãe sempre preparava uma bacalhoada numa panela enorme, com camadas de batatas, tomates maduros, cebolas e azeite, alho, folhas de louro e azeitonas. A doçura dos tomates assados contrasta deliciosamente com o sal do bacalhau. Não precisa de mais nada para sair uma maravilha dessa combinação!

Essa receita é muito simples e surpreendentemente saborosa. Já fiz algumas vezes para amigos e família, que sempre a apreciaram muito. Ela é feita em algumas etapas, mas está longe de ser complicada. Espero que seja sucesso em sua mesa, assim como é na minha!

Receita de bacalhau com tomates assados

Preparo: 1 hora (fora o tempo de dessalga do bacalhau) | Serve 4 pessoas

Ingredientes

  • 500 g de bacalhau em lascas
  • 300 g de tomate sweet grape vermelho
  • 300 g de tomate sweet grape amarelo
  • 100 g de azeitonas portuguesas
  • 300 g de batata bolinha (escolhas as menores)
  • 300 g de mini cebola (escolha as menores)
  • 1 colher de chá rasa de páprica doce
  • 100 ml de azeite extra-virgem
  • 6 dentes de alho descascados e inteiros
  • 5 dentes de alho bem picados ou amassados
  • ½ cebola picada bem miúda
  • Ramos de tomilho
  • Sal marinho e pimenta do reino moída na hora, a gosto

Modo de preparo

Primeiramente, devemos dessalgar o bacalhau. Caso compre-o já em lascas, lave e coloque numa bacia, totalmente coberto com água, na noite anterior ao preparo da receita. Guarde essa bacia na geladeira e troque a água 2 vezes. Na manhã seguinte, retire da geladeira e experimente – se ainda estiver salgado, deixe mais tempo na água, sempre na geladeira. Se for bacalhau em postas, o tempo de dessalga é de 48 horas, utilizando o mesmo processo. Terminada a dessalga, limpe eventuais peles e retire espinhas, se houver. Deixe num escorredor dentro da geladeira.

Lave bem as batatas, sem descascar. Numa panela, coloque 5 colheres de sopa de azeite. Coloque as batatas, tempere com sal e pimenta do reino e deixe cozinhar, com a panela fechada, sem mexer (apenas sacudindo a panela para movimentar as batatas), para não soltar as cascas. Vá pingando água para não grudar no fundo. Observe que não se trata de cozinhar em água, mas de usar o calor da panela, com o mínimo de água no fundo. Em menos de 30 minutos, as batatas devem ficar douradas e cozidas. Quando estiver quase no ponto, acrescente 1 colher de chá de páprica e mexa bem. Reserve.

Enquanto cozinha as batatas, leve as cebolas descascadas ao fogo, cobertas de água para pré-cozinhar por 10 minutos (depois que a água ferver). Escorra e coloque num tabuleiro junto com os tomates, dentes de alho descascados e ramos de tomilho a gosto. Tempere com sal e pimenta do reino. Regue com 3 colheres de sopa de azeite e leve ao forno médio (180°C) por 30 minutos. Os tomates devem murchar levemente. Retire do forno e reserve.

Por fim, reaqueça as batatas. Enquanto elas aquecem, leve uma panela ao fogo com 3 colheres de sopa de azeite. Coloque as cebolas picadas e deixe até que fiquem transparentes. Acrescente o alho picado e deixe dourar levemente. Em seguida, acrescente o bacalhau, mexendo levemente para não desfazer as lascas. Refogue por 5 a 10 minutos. Acrescente os tomates e as cebolas assadas (pode utilizar o azeite que sobrar do assado, se quiser). Mexa apenas para incorporar os ingredientes. Deixe no fogo até aquecer os tomates e coloque as azeitonas no último minuto. Sirva imediatamente, com as batatas ao lado.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Mônica Souza

Mônica Souza

Mônica Souza é formada em gastronomia e autora do blog Cozinha Consciente: http://www.cozinhaconsciente.com.br/. E-mail: monica@cozinhaconsciente.com.br Saiba mais