Vanessa Tuleski
  • Por Vanessa Tuleski
  • Leia em 3 min.
  • 04/06/2018
  • Atualizado em 04/06/2018 às 12:53

Previsões astrológicas de 4 a 10 de junho de 2018

Sensibilidade e revisão nas relações poderão marcar a semana

Previsões astrológicas de 4 a 10 de junho de 2018

Com base no céu astrológico geral, confira as previsões coletivas para 4 a 10 de junho de 2018. Essas são tendências que podem ser sentidas por todos. Para entender também suas tendências particulares, após a leitura consulte seus trânsitos personalizados, no Horóscopo Personare.

Dois aspectos dessa semana são um tanto desafiantes: o Sol em quadratura com Netuno, ao qual Mercúrio irá se juntar entre terça (05) e sexta-feira (08), e, até sexta, Vênus em oposição com Plutão.

O primeiro pode ocasionar baixa de vitalidade, com maior propensão a viroses, sendo que também podem ocorrer atrapalhos no dia a dia, dificultando um pouco o andamento de atividades (como, por exemplo, uma greve, lentidão no trânsito, falha de equipamentos). A atmosfera tende a ser de maior confusão e/ou sensibilidade.  

Junto com isto, Vênus oposto a Plutão pode trazer crises nos relacionamentos e/ou nas finanças. Brigas por causa de ciúme, questões do passado ou outro motivo podem ocorrer. Por outro lado,  para quem está sozinho há muito tempo, questionamentos por causa desta situação podem surgir. Há maior propensão a perdas e prejuízos, por isto tome cuidado com lapsos e distrações, como estacionar o carro em um local não regulamentado para isto.

A Lua se torna minguante a partir da quarta-feira (07), fazendo com que entremos em um período de fechamento de ciclo, que favorece a conclusão der tarefas e preparação  para a próxima fase.

Apesar dos desafios, a fé tende a estar em alta em todo o mês de junho, com Júpiter em trígono com Netuno, ajudando a suavizar situações e/ou encontrar saídas.

Sensibilidade e atrapalhos no cotidiano

Nesta semana, pode haver baixa de vitalidade e, por isto, inclinação a manifestações de doenças como viroses e alergias, por causa da quadratura entre Sol e Netuno (exata na madrugada de quinta-feira). Ou simplesmente mais sono e menos disposição. Alguns podem sentir mais dificuldade em lidar com as exigências da realidade. Se for este o caso, é mais interessante mergulhar em filmes, música e outras distrações.

Entre terça (05) e sexta-feira (08), Mercúrio também forma quadratura com Netuno, o que pode significar um dia a dia mais confuso e sujeito a imprevistos, como problemas com meios de transporte, Internet, etc. É fundamental checar informações, que podem vir erradas e/ou incompletas, e, no trabalho, conferir mais vezes o que fizer, já que a mente pode estar mais distraída.

Cheque informações, pois podem vir erradas e/ou incompletas. No trabalho, confira mais vezes o que fizer, já que a mente pode estar mais distraída.

Se tiver conversas importantes, em que precise de definições e objetividade, melhor adiar um pouco, já que a energia por estes dias também tende a estar bastante sensível e não facilitadora de realmente resolver algo. Atenção também com idealizações e fantasias excessivas, que podem causar desequilíbrio, com o famoso efeito “que pena que eu tenho de mim” ou de enxergar algo pior do que de fato é. Pessoas mais fóbicas podem se perceber com mais medos por estes dias.

Em termos coletivos, maior propensão a notícias falsas e a divulgação de informações sem uma análise cuidadosa, obrigando a revisões posteriores.

Crise com relações e/ou finanças

Na segunda-feira (04), ainda está presente um trígono entre Vênus e Netuno, trazendo doses de sintonia e tolerância para as relações. Contudo, até sexta-feira (08), Vênus também está em oposição a Plutão, com a exatidão do aspecto na terça-feira (05).  Possibilidade de crises, revisões ou situações mais intensas nos relacionamentos.

Potencial para ressentimentos e/ou serem desenterradas situações não resolvidas do passado, bem como manifestação de ciúme. O desequilíbrio pode levar algumas pessoas a provocarem à toa, por isto, se você estiver bem, conte até dez para não se envolver no que não interessar. Do lado positivo, Vênus/Plutão também pode ajudar a rever o que não está em equilíbrio nas relações, fazendo uma análise honesta do que precisa ser corrigido.

Vênus/Plutão também  sugere desafios para o plano material, com propensão a perdas (ex: ao bater o carro, levar uma multa, etc) ou preocupações com questões financeiras, ou, ainda, impasses em relacionamentos por motivos de finanças. Mas também é possível que ocorram preocupações com familiares e pessoas próximas por motivo de saúde, gerando tensões e/ou perdas.  

Tomar cuidado com a forma como se usa o dinheiro é importante para evitar prejuízos. A combinação pode ser um tanto crítica para compras e investimentos de maior porte, como, por exemplo, um imóvel que talvez exija mais gastos do que o esperado depois da compra. Intervenções estéticas mais invasivas, como cirurgias, também tendem a pedir mais atenção para evitar riscos, bem como resultados indesejáveis.

Fé e suavização de situações

Júpiter forma trígono com Netuno em junho. O abençoado aspecto, que ocorreu também em maio, tende a suavização e melhoras de situações. É também bastante positivo para a fé, com a conexão com este âmbito trazendo mais respostas e soluções.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer. Saiba mais