Vanessa Tuleski
  • Por Vanessa Tuleski
  • Leia em 3 min.
  • 27/08/2018
  • Atualizado em 23/10/2018 às 18:07

Previsões astrológicas de 27 de agosto a 2 de setembro de 2018

Maior clareza e agilidade para projetos depois de dois meses de lentidão

Previsões astrológicas de 27 de agosto a 2 de setembro de 2018

Com base no céu astrológico geral, confira as previsões coletivas para 27 de agosto a 2 de setembro de 2018. Essas são tendências que podem ser sentidas por todos. Para entender também suas tendências particulares, após a leitura consulte seus trânsitos personalizados, no Horóscopo Personare.

Até a metade da semana, um aspecto difícil entre Vênus e Plutão pode complicar as relações (ou ter feito isto na semana passada). Tais desafios  tendem a ser suavizados a partir de quarta-feira, por conta de um sextil entre os planetas da comunicação e do afeto, Mercúrio e Vênus, que, além disso, amplia a sociabilidade, favorece passeios e a vida cultural.

Projetos e trabalho podem caminhar com mais facilidade a partir da segunda-feira (27), quando Marte retoma o movimento direto depois de ter ficado retrógrado por 2 meses. Além disso, até terça-feira (28), o Sol, Saturno e Urano fecham trígono em signos do elemento Terra, trazendo um forte desejo por concretização e um aumento da criatividade neste âmbito. Bom momento também para se planejar melhor.   

Intensidade nas relações e revisão de valores

Ocorrendo desde a semana passada, a quadratura entre Vênus e Plutão termina na quinta-feira (30), colorindo com mais intensidade as relações. Suspeitas, ciúmes e disputas de poder podem ficar mais evidentes por estes dias, da mesma forma que algumas pessoas têm de confrontar términos em parcerias e relacionamentos que já tenham chegado a um limite. Pensar com calma pode ajudar a ser mais efetivo e estratégico, não sendo tempo para mais provocações e desafios, embora, em algumas situações, possa ser necessário pontuar limites.

Ânimos em geral mais exaltados, requerendo cuidado para quem mora em regiões de risco, com aumento de conflitos no âmbito coletivo. E, na esfera das paqueras e relacionamentos ainda não comprometidos, intensidade, talvez com um dos dois se sentindo mais obcecado e/ou insatisfeito.

O momento, porém, pode ser bom para terapias que visem a cura de relacionamentos e de autoestima, podendo ir mais fundo em questões. Se houver inteligência, bom senso e habilidade, Vênus/Plutão pode ajudar a pontuar o que precisa ser reformulado nos relacionamentos.

Na saúde, fase mais crítica para as mulheres, com temas como TPM, endometriose, cistos ovarianos podendo emergir.

O aspecto pede cuidado com bens e pode indicar riscos de perdas financeiras, não sendo aconselhável, portanto, para investimentos de maior porte. Despesas podem ser mais altas nesta época. Requer, ainda, cuidado em procedimentos estéticos mais sérios, como cirurgias.

Objetividade e novas ideias

Em compensação ao difícil aspecto entre Vênus e Plutão, até a metade da semana forma-se um triângulo no céu entre Sol, Urano e com Saturno. Este figura é considera de grande harmonia e sinergia. No caso aqui entre signos do elemento Terra, o mais associado a trabalho, vida produtiva e questões práticas, abrindo um período com ideias criativas e chance de inovações e libertação (Urano), implantação de projetos e mais objetividade, ordem e produtividade (Saturno). O que estiver engatilhado pode deslanchar e boas notícias podem aparecer.

Uma grande clareza pode ajudar no âmbito prático, sem contar que Marte, depois de dois meses retrógrado, retoma o movimento direto na segunda-feira (27), indicando mais energia, clareza e fluidez para agir, fazer, concretizar.

Setembro já promete ser um mês mais produtivo para o trabalho e para os projetos do que foram os dois últimos meses, contando ainda com o Sol em Virgem, que nos faz nos voltar para trabalho e detalhes, além do persistente Marte em Capricórnio, ambos ajudando a produzir mais e/ou melhor.

Lidando com  a dispersão

Até quinta-feira (30), Mercúrio em quadratura com Júpiter indica um dia a dia com várias pequenas demandas, causando um pouco de ansiedade no plano mental. Tendência também à dispersão.

O aspecto também pode se manifestar como excesso de otimismo, por isto pode ser bom colocar os pés no chão e não superestimar facilidades. Eventualmente, julgamentos se tornam mais difíceis sob o efeito desta influência, como se fosse mais complexo ter uma visão realista do todo e de possíveis desdobramentos.

Como Mercúrio rege a comunicação, cabe observar para não falar demais ou, ainda, com muita franqueza e/ou radicalismo.

Carisma social

A partir de quarta-feira (29), durando um semana, Mercúrio faz sextil com Vênus, aspecto que suaviza as relações, trazendo mais gentileza, traquejo social e interesse em trocas e interações.

A leveza do aspecto também favorece buscar estímulos culturais e lazer, além de indicar um toque mais comunicativo (Mercúrio) nas paqueras e relações afetivas (Vênus). Maiores chances de negociações e acordos darem certo. Boas ideias também para estética, beleza e decoração.

Fase de reabastecimento de fé e esperança

Júpiter em trígono com Netuno até o início de setembro pede para valorizarmos a fé, a meditação e a espiritualidade, que podem propiciar força e equilíbrio. Muita coisa pode ser amenizada por esta conexão astrológica, com saídas e ajudas inesperadas aparecendo. Júpiter também faz um com Plutão, aspecto que favorece curas e mergulhos interiores. Muita coisa pode melhorar a partir da confrontação de padrões que precisam ser investigados e transformados, conforme propõe Júpiter transitando por Escorpião.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer. Saiba mais