Vanessa Tuleski
Por Vanessa TuleskiLeia em 3 min.15/04/2019 

Previsões astrológicas de 15 a 21 de abril de 2019

Semana marca tom mais prático e decidido em relação às anteriores

Com base no céu astrológico geral, as previsões astrológicas de 15 a 21 de abril de 2019 sugerem, num âmbito coletivo, praticidade em diferentes aspectos.

Você confere neste artigo as tendências coletivas para a semana, que podem ser sentidas tanto por você como por pessoas próximas. Para entender também suas tendências particulares, após a leitura consulte seus trânsitos personalizados, no Horóscopo Personare.

Previsões astrológicas de 15 a 21 de abril

A semana é intensa e de mudanças. A intensidade vem por conta de uma quadratura entre o Sol e Plutão, aspecto já da semana passada, que pode ter gerado crises. Ao mesmo tempo, o Sol faz trígono com Júpiter, possibilitando vislumbrar novos horizontes.

A Lua passa de crescente a cheia na sexta-feira (19), fluxo que faz com que tudo chegue no seu auge, seja a vida social, amorosa ou os dramas. Há muita vitalidade e animação, mas também potencial de excessos emocionais e financeiros, até por conta de um contato entre Vênus e o exagerado Júpiter. Se divirta, mas fique atento se realmente sentir que está passando muito da medida.

Algo marcante da semana é a mudança de tom: Mercúrio e Vênus transitam de Peixes para Áries, trazendo mais decisão para pensamentos e relacionamentos. Já no domingo (20), o Sol passa de Áries para Touro, nos fazendo querer ancorar nas nossas metas e plano prático.

Assim, novos ares surgem, trazendo muitas mudanças em relação ao período de março até meados de abril.

Outro fator de destaque é a conjunção do Sol com Urano, a partir do final de semana. Estimula todo tipo de renovação, virada e mudança. Mas também traz aumento geral de agitação, acidentes e imprevistos.

Crises, mas também de vislumbres de horizontes

Até a metade da semana, o Sol quadra Plutão e faz trígono com Júpiter. Estes dois trânsitos, que já vêm da semana passada, mesclam a consciência de crises e necessidades de transformação (Plutão), de deixar coisas para trás, com pitadas de otimismo e abertura (Júpiter).

Não raro, as duas coisas andam juntas, como ciclos finalizam (Plutão) e horizontes que se abrem (Júpiter). Mas é preciso ter a capacidade de perceber horizontes e oportunidades, e também as ajudas em momentos de reformulação. Não raro, perdas trazem também aberturas e novos caminhos, como pessoas que renascem como fênix após grandes processos de mudança – e em geral em versão muito melhor do que a anterior.

Plano mental mais decidido

Depois de um longo tempo para seus padrões, desde 10/02, Mercúrio, o planeta da mente, ingressa em Áries na quarta-feira (17), por onde transita até 06/05.

Como tudo tem dois lados, Mercúrio em Áries tem por vantagem um poder de decisão maior, em contraposição a todas as dúvidas que surgiram nos últimos dois meses, com o trânsito em Peixes. Tudo agora vai ficar mais claro e há também facilidade em se colocar verbalmente, dizer diretamente o que se quer e o que não se quer. Outro fator positivo é que o dia a dia tende a ganhar agilidade e dinamismo.

Em sua faceta negativa, porém, pode haver mais impaciência mental e verbal. Com isso, pode gerar respostas atravessadas, inclinação a discussão, precipitação em julgamentos ou algo muito ariano: dor de cabeça por aceleração mental.

Por isto, se você notar que está ficando muito irritado ou pilhado, dê um jeito de espairecer, fazer uma atividade física ou exercitar o humor, pois nem tudo precisa ser tratado como urgente e “para ontem”, como muitas vezes ocorre neste posicionamento. Ademais, se acabar falando algo que não devia, peça desculpas logo, tentando um entendimento.

As pessoas tendem a estar mais inflamáveis verbalmente, mas também mais criativas por estes dias. E mais habilidosas em dar partida em muitas coisas, como promete a Lua nova ariana, cujos efeitos se estendem até o início de maio.

Animação e exageros

Vênus quadra Júpiter e faz trígono com Plutão até quinta-feira (18). No contato com Júpiter, há chance de excessos, seja na alimentação, gastos ou expectativas. E, no contato com Plutão, existe uma força nas relações, seja para aproximar e reformular como para jogar erotismo nas relações íntimas.

No amor, para quem está conhecendo alguém agora, é preciso observar se não está esperando demais ou até exagerando na sua visão.

Nas compras e finanças, mesmo efeito de empolgação, o que talvez possa levar a adquirir algo mais caro do que se deveria ou a gastar demais, como já foi dito.

Vênus/Júpiter confere animação na vida social. Mas pode ser, também, que você espere mais de eventos e não seja tudo aquilo. Ou então que adore, mas passe dos limites na comida ou bebida.

Estes aspectos também marcam os últimos dias de Vênus transitando em Peixes, permitindo vivenciarmos as relações com mais sentimento e empatia.

Fim de semana: novidade e renovação

Um dos aspectos mais importantes da semana, e que se estende para a seguinte, é a conjunção do Sol com Urano, que começa no final de semana. Em seu uso positivo, este encontro traz grande abertura para novidades, mudanças e renovação. Podemos realmente ter mudanças internas, insights, manifestar maior independência e haver um aumento da criatividade.

Todavia, tanto quanto isto, há potencial também de acidentes, surpresas, imprevistos, viradas, agitação, rupturas, tanto no âmbito pessoal como coletivo.

Se você está precisando dar uma guinada na sua vida, há toda uma força astrológica para isto agora. Mas precavenha-se, quanto a excesso de agitação, o que pode abrir porta para acidentes e/ou problemas súbitos na saúde. A conjunção Sol/Urano também requer jogo de cintura com imprevistos, pedindo para não levar tudo a ferro e fogo e tentar fazer o que for possível.

Ingresso do Sol em Touro: ancoragem na praticidade

O Sol ingressa em Touro no domingo (20). Este signo, muito sensorial, ama os estímulos físicos, como uma boa massagem, uma comida saborosa, um toque caloroso, um cheiro gostoso na casa. É tempo de ter mais prazer, e, se possível, saber os momentos de desacelerar, descansar e curtir. E também de se mimar.

Mas Touro não tem nada de fora da realidade, prezando, igualmente, o plano material, a estabilidade, acionando o espírito prático que há em nós para saber construir e persistir. O Sol neste signo ilumina e traz clareza sobre questões materiais e afetivas.

Vênus em Áries: relações mais pautadas pela individualidade

No sábado (20), Vênus ingressa em Áries, para ficar neste signo até 20/05. O trânsito de Vênus em Áries é bem diferente do de Vênus em Peixes: neste segundo, abrimos um pouco mão de nós mesmos e podemos ser mais românticos e/ou sensíveis nas relações íntimas.

Áries marca a influência oposta a isto: é tempo de pensar mais em si mesmo. E tende a haver uma objetividade nas relações. Isto significa menos propensão a ceder e conciliar. Para algumas pessoas, com um perfil de ceder em excesso, este posicionamento equilibra inclinação, ou, ao contrário, se não se cuidarem, os outros vão passar por cima delas. Por isto, vai ser preciso, com equilíbrio, se posicionar. Além disso, simboliza uma época de poder pessoal, fazer mais o que se quer, se gosta e se divertir.

Mas é preciso olhar também para o potencial de o posicionamento aumentar o individualismo, a teimosia, as disputas e competições e dificultar o entendimento.

Nas finanças, compras rápidas, algumas acertadas e outras feitas por impulso, e maior inclinação ao gasto de dinheiro. Mas pode-se ter, adicionalmente, mais iniciativa para os negócios.

No amor, é um posicionamento quente, erotizado, que agrada bastante aos solteiros mais arrojados e descomplicados, que curtem bastante esta época. Afinal, abre novas frentes e paqueras, algumas nem sempre duradouras. O trânsito pede atitude, por isto, nada de timidez. Nos compromissos, vai cair bem um pouco de espaço individual e novidades como forma de a relação funcionar melhor.

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski

Vanessa Tuleski mora no RJ e dá consultas astrológica-terapêuticas pessoalmente ou à distância, focando no que o céu tem a dizer, mas também no que o livre arbítrio pode fazer.