Carolina Arêas
  • Por Carolina Arêas
  • Leia em 2 min.
  • 27/01/2011
  • Atualizado em 07/05/2018 às 13:15

Pelo fim da síndrome da perfeição

Entenda como a rigidez mental é um obstáculo ao bom desempenho

Entenda como a rigidez mental é um obstáculo ao bom desempenho

Pelo fim da síndrome da perfeição

Você é daqueles que no trabalho sempre acha que poderia ter feito um pouquinho melhor, mesmo tendo se dedicado de corpo e alma a um projeto? Ou revê, revê e revê a tarefa realizada e continua encontrando detalhes a serem aprimorados ad infinitum? Então, talvez você, como muitos outros, sofra da síndrome da perfeição.

Acho que um dos sinais do nosso tempo é o excesso de tarefas a cumprir ao longo de um dia. E se tudo isso já exige um bocado de esforço, imagina o que não acontece quando se quer fazer tudo com perfeição total? A cobrança interna é enorme. Resultado: a cabeça não pára, os músculos vão se retesando… E, se a agenda não é cumprida à risca, o pior: culpa, culpa, culpa!

Afinal, qual o parâmetro da perfeição, se é que existe um? O que o motiva? Ser o melhor? O mais capaz? O mais certinho? O impecável? Que padrões movem você?

Jogo de cintura

Na verdade, a busca pela perfeição é fonte de sofrimento, pois o nível de apuro nunca á atingido. A questão aqui não é a qualidade do trabalho – que, sim, deve ser boa – mas a de quem tem atitudes muito rígidas em relação a tudo o que faz. Um carrasco de si mesmo.

Por isso, indico sempre: Rock Water! Única essência de Bach que não é preparada a partir de uma planta e sim de uma nascente, o nome em si já diz tudo.

Rock Water ajuda a desfazer os padrões rígidos que impomos a nós mesmos e nos faz ter mais flexibilidade interior para fluir de maneira mais suave com a vida: o famoso jogo de cintura.

Ao invés de deixar suas capacidades cristalizarem em dogmas rígidos, o floral auxilia a ter maleabilidade diante das tarefas; a ser menos severo consigo, aprender a contornar obstáculos e seguir adiante.

As metas de perfeição são impostas por ninguém menos do que você mesmo. E esta rigidez mental não permite as adaptabilidades necessárias para fluir sem culpa, estresse ou excessos ao longo do dia. É aprender a ser como a água na natureza, que ao encontrar as pedras no caminho não as perfura e nem as destrói, mas as contorna harmoniosamente – sem interromper o próprio fluxo.

Onde encontrar:

Rio de Janeiro
Quintessência – (21) 2205-0505
http://www.quintessencia.com.br/

São Paulo
HNCristiano – (11) 2979-9868
http://www.hncristiano.com.br/portal/
Equilíbrio – (11) 3815-1386.
http://www.equilibrio.com.br/

Belo Horizonte
Officinalis – (31) 3296-8917/3344-2922
Chlorantha – (31) 3241-5212/3224-8533

Fortaleza
Farmácia Farmaverde – (85) 3261-1566

Nota importante sobre a escolha dos florais:

A automedicação de florais parece bem fácil. A pessoa procura por palavras-chave e escolhe as essências. Você não precisa se identificar com 100% das características de uma essência para tomá-la. Eles não apresentam contraindicação, mas para fazer a escolha correta é preciso conhecer os sistemas florais e, ao mesmo tempo, ter capacidade de perceber claramente as questões pessoais ou das pessoas próximas, o que nem sempre é simples. Por isso, um profissional capacitado é sempre a melhor opção.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Carolina Arêas

Carolina Arêas

Iniciou sua formação como terapeuta floral através do Healing Herbs, da Inglaterra, estudando as essências de Bach. Também trabalha com Reiki nível II e massoterapia ayurvédica, e é co-criadora do projeto "Word Rocks". Saiba mais