Leo Chioda
Por Leo ChiodaLeia em 3 min.05/06/2018 

Olho de Tigre: pedra do arcano O Mago

Assim como a carta de junho, pedra simboliza novas percepções de si e dos outros

O Tarot é um sistema fechado por si só, ou seja, ele funciona independente da Astrologia, da Numerologia ou de outros saberes. Mas por ser constituído de símbolos, as cartas acabam sendo referências que sugerem associações diversas, como o significado das cores presentes em cada carta, por exemplo.

Outro sistema com o qual o Tarot pode dialogar é das pedras e cristais, desde que feito o devido estudo e a coerente aproximação entre seus atributos. O simbolismo e a aplicação terapêutica de um mineral podem se relacionar com os atributos de determinada carta. No caso do arcano ‘O Mago’, regente do mês de junho, a pedra que mais se afina com ele é a chamada Olho de Tigre. A sua variação dourada é uma das mais comuns e está em sintonia com O Mago do Tarot.

Relação entre O Mago e o Olho de Tigre

Proveniente da Índia, África do Sul, Austrália, México e Estados Unidos, acredita-se que no final do século XVI o Olho de Tigre podia ser mais precioso do que o próprio ouro. Era tão raro e desejado que apenas líderes tribais e membros de suas famílias o usavam como adereço ou aplicavam em suas cerimônias religiosas. Há quem diga que soldados romanos traziam consigo para se protegerem das armas inimigas e serem corajosos quando postos em batalha. O nome popular, Olho de Tigre, lembra da imponência do felino, fazendo desta gema um verdadeiro escudo contra investidas duvidosas ou mal-intencionadas. Tem sido considerado como um mineral de prosperidade e boa sorte, rebatendo ameaças e pensamentos negativos.

Proteção contra inveja e riscos de acidentes fazem dele um excelente amuleto para carregar diariamente junto aos seus pertences.

Por combinar a energia da terra com as forças do Sol, devido ao simbolismo das suas cores, o Olho de Tigre é um representante direto do axioma ‘o que está embaixo é como o que está em cima’: as suas ranhuras remetem a um campo de trigos dourados que parecem condensar o poder vivo do astro-rei. Assim, ao longo dos tempos ele tem sido aplicado para trazer uma vibração elevada de luz sobre o plano físico. Dentre os significados mais comuns deste mineral estão a proteção contra inveja, riscos de acidentes, fazendo dele um excelente amuleto para carregar diariamente junto aos seus pertences.

Mas as diversas relações desta pedra com O Mago não param por aí. O Olho de Tigre é uma pedra que deve ser aplicada quando precisamos ser mais ágeis e habilidosos, que é bem a mensagem da carta do Tarot. Ela acende uma percepção mais aguçada das coisas e das pessoas por ser uma pedra especial para a própria visão. Se a necessidade é reavivar o seu senso de humor ou ver mais cor na vida, trazer o Olho de Tigre consigo tende a ser determinante para inspirar e alegrar o seu dia a dia.

Junho: FOCO NOS OBJETIVOS

Infinitas possibilidades! É assim que O Mago vê e manipula o mundo. E é isso que o Olho de Tigre proporciona a quem está diante de desafios importantes. Se você precisa demonstrar excelência em provas, apresentações públicas ou entrevistas, O Mago elege o Olho de Tigre como o melhor instrumento para você ter por perto.

Assim como este arcano ao longo de junho, a pedra traz clareza e desenvoltura para escrever ou falar, já que seu simbolismo é todo voltado ao dinamismo, ao movimento e ao direcionamento das energias à sua disposição.

Ele nos ajuda a ver com objetividade aquilo que tanto queremos e aquilo que realmente precisamos, que é justamente o que O Mago faz quando bem aplicado em uma leitura de Tarot. Em vez de se render à pressa e à ansiedade, o Olho de Tigre inspira a agir com sensatez e assertividade.

Olho de Tigre: Cristal encoraja uso da força de vontade

O Mago é o arcano que manifesta a sua vontade, seja em público ou em seu estreito círculo de adeptos. O Olho de Tigre, por sua vez, é uma pedra de manifestação. O uso contínuo do Olho de Tigre pode promover lembranças nítidas dos sonhos que temos. A energia dourada desta pedra pode ser um dínamo para a sua intuição, fazendo com que você sinta que há algo mais ao seu redor e dentro de você. Não adianta ver a vida com olhos tristes, não é mesmo? É por isso que tanto o arcano do Tarot quanto este cristal auxiliam você a abrir novas percepções de si e dos outros. Tudo fica mais claro e menos denso quando você se predispõe a ver o mundo com novos olhos.

Ele confere nitidez para a nossa visão interna e uma melhor compreensão das causa e dos efeitos de determinadas situações. É um cristal que nos encoraja a usar nossa força de vontade — a nossa magia, em outras palavras — com sabedoria. e permite que informações dispersas sejam reunidas em um todo coeso. Ele fortalece as nossas intenções e faz com que nossos esforços sejam atendidos. É ainda uma pedra que inspira criatividade e ressalta nossos talentos, estimulando a nossa ideia de riqueza e de excelência.

*Com colaboração de Simone Kobayashi

Leo Chioda

Leo Chioda

É escritor e tarólogo. Dedica-se a palestras sobre Tarot, pesquisas históricas e prática da leitura das cartas. É também autor do Tarot Direto e Tarot Mensal do Personare.