Thaís Khoury
  • Por Thaís Khoury
  • Leia em 3 min.
  • 21/08/2015
  • Atualizado em 02/08/2018 às 13:44

O que significa sonhar com tesoura?

Veja o significado de sonhos com tesoura e aprenda a interpretá-lo através da amplificação | Glossário Personare

O que significa sonhar com tesoura?

Sonhar com tesoura pode indicar, simbolicamente, rupturas e separações. Assim como a tesoura, um objeto prático que corta diversos materiais, sua representação no sonho é capaz de representar tanto experiências dolorosas – porém necessárias – quanto libertadoras.

Confira a seguir mais detalhes para entender melhor o que sonhou.

Reflita sobre o contexto de sonhar com tesoura

Que tesoura é essa? Ela pertence a alguém? É uma tesoura de ponta, sem ponta, enferrujada, nova, afiada, sem corte? Do que ela é feita?

O que ela corta ou não corta? O que chama atenção nela? Como o sonhador se relaciona com ela?

Reflita sobre o que o inconsciente pode estar sinalizando ao sonhar com tesoura

  • Como lido com rupturas e finalizações?
  • Consigo cortar ou romper com aquilo que não me faz bem?
  • Vivencio separações das quais me arrependo ou faço cortes conscientes?

Possíveis interpretações

Tesouras em sonhos precisam necessariamente ser contextualizadas. A tesoura fala da ferramenta de corte, isto é, do poder da psique de romper, cortar e separar. Essa é a premissa. Diante disso, avalia-se o contexto para poder amplificar.

Tipo de tesoura pode mudar contexto do sonho

O tipo de tesoura que aparece em um sonho, de forma mais evidente, pode nos dar alguma informação sobre que tipo de corte é possível realizar e até mesmo se é possível ou quais as condições existentes na psique para uma ruptura. Podemos pensar em uma tesoura sem corte, por exemplo, ou afiada demais, cortante demais. O que essa tesoura corta ou as circunstâncias em que aparecem também nos fornecem informações para poder compreender o símbolo mais profundamente.

Ruptura são inevitáveis

Na mitologia grega, a Moira Átropos, que quer dizer aquela que não pode ser evitada, cortava o fio do destino determinando implacavelmente a morte dos vivos. A ideia a que isso nos remete é a de que rupturas, cortes e separações são, em sua maioria, inevitáveis. Passamos inúmeras vezes por esse tipo de situação ao longo da vida, e, de certa maneira, aprendemos a encarar essa experiência como algo negativo, como uma perda.

Rupturas, cortes e separações são, em sua maioria, inevitáveis

Mas como o símbolo é sempre muito mais amplo, podemos perceber que muitas rupturas são, na verdade, parte da própria cura, ou da abertura de espaço para algo diferente. Uma ruptura com algo que não serve mais à psique pode ser justamente o ponto de libertação para vislumbrar uma nova forma de estar no mundo ou de se relacionar.

Nossos especialistas

Thaís Khoury é formada em Psicologia pela Universidade Paulista, com pós-graduação em Psicologia Analítica. Utiliza a interpretação dos sonhos, a calatonia e a expressão criativa em seus atendimentos.

Yubertson Miranda, formado em Filosofia pela PUC-MG, é simbologista, numerólogo, astrólogo e tarólogo.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Thaís Khoury

Thaís Khoury

É psicóloga clínica e utiliza a interpretação dos sonhos, a calatonia e a expressão criativa em seus atendimentos. Também é vegana e fundadora do Veganíssimo, empresa que produz alimentos 100% vegetais. Saiba mais