O que significa sonhar com cachorro?

Ser atacado por cachorro, ter um cão como amigo e ver cão e outras pessoas no mesmo lugar: saiba o que significam esses e outros sonhos

Sonhar com cachorro pode representar as facetas positivas e negativas do sonhador. Uma das vertentes positivas deste simbolismo indica que o sonhador pode estar se sentindo protegido ou até mesmo buscando proteção e segurança para si, sua família, seus bens.

Confira a seguir mais detalhes para lhe ajudar a entender melhor o que sonhou.

Reflita sobre o contexto de sonhar com cachorro

  • Você está sendo perseguido ou atacado por um cão?
  • Ele te ameaça, de alguma forma?
  • O cão é manso, companheiro e te deixa acomodado e tranquilo?
  • Em qual cenário ou com quais pessoas o cão se apresenta?

Reflita sobre o que o inconsciente pode estar sinalizando ao sonhar com cachorro

  • Você está numa fase em que está preocupado com a segurança, com a proteção de algo ou alguém?
  • Percebe-se num momento em que finaliza um ciclo e está prestes a iniciar outro?
  • Observe seu comportamento, seus pensamentos e sentimentos neste momento. Eles têm algo em comum com o comportamento, os pensamentos e sentimentos de seus pais e/ou avós?
  • Você se sente como se estivesse numa encruzilhada, com dificuldade de fazer uma escolha, tomar uma decisão e seguir determinado caminho?
  • Quem está decidindo por você? Você mesmo, um padrão comportamental habitual ou um vício?
  • Percebe-se agindo e tomando decisões de uma maneira a repetir a mesma história ou resultado? Por exemplo, sabotando seu sucesso, impedindo o amor, travando a felicidade, apenas para obter uma consequência igual a que viu seus pais ou avós terem?

Entenda possíveis aplicações de sonhar com cachorro

Sonhar que está sendo perseguido pelo cachorro

Quando somos perseguidos ou atacados por algum bicho ou pessoa num sonho isso quer dizer que nosso inconsciente está dramatizando a necessidade urgente de nos conscientizar a respeito do que esse bicho ou pessoa simboliza.

No caso do cão, quando ele persegue ou ameaça o sonhador, é uma forma de o nosso interior dizer: “É prioridade total você se conscientizar do que eu represento, porque eu posso sabotar alguma área da sua vida e fazer você tomar uma decisão totalmente desfavorável ao seu crescimento.”

Então, valerá a pena fazer aquelas reflexões sobre o que você pode estar repetindo em sua vida, que é o mesmo trecho da história de seus pais e/ou avós. Qual legado familiar (hábito ou vício) a que você está sendo – até aqui – inconscientemente fiel.

Sonhar que o cachorro é seu companheiro

Quando o cão é seu amigo, um grande companheiro ou não te ataca, valerá a pena perceber se você não está apegado a uma zona de conforto ou se simplesmente está numa fase propícia para buscar mais segurança em sua vida.

Sonhar com o cenário em que o cão aparece

O cenário em que o cão aparece no sonho poderá mostrar a área de sua vida em que mais precisa ficar atento para não reproduzir um padrão comportamental familiar.

Vamos supor que o cão aparece no escritório onde o sonhador trabalha – então, na esfera profissional, você precisará tomar decisões que não sejam a reprodução fiel do que seus antepassados viveram.

É hora de fazer diferente e seguir o seu próprio destino, pois a sua história é diferente da deles.

Sonhar que outras pessoas estão no sonho

As pessoas que estão na cena em que o cão se encontra podem representar atributos e atitudes dos quais você precisa se conscientizar para não assumir, pois podem te gerar insatisfação e resultados negativos nesta fase.

Claro, de acordo com o que você pensa ser mais negativo na personalidade dessas pessoas. Por exemplo, se o cão divide o espaço com um político corrupto no seu sonho, cuidado aí para não reproduzir o comportamento dessa pessoa em sua vida.

Influência de padrões familiares

O que mais observo (em mim e nas pessoas que compartilham seus sonhos comigo) é que o cachorro simboliza um forte complexo familiar nos influenciando. Em outras palavras, um modo de se comportar – por hábito ou vício – que vem de nossos pais e/ou avós, a fidelidade a esse padrão comportamental.

Na psicologia sistêmica, há um termo que define bem esses padrões parentais que nos dominam: a fidelidade ao legado familiar. Pais ou avós que, por exemplo, faliram ou sofreram financeiramente com alguma perda acabam vendo seus padrões em relação ao dinheiro sendo reproduzidos fielmente por filhos e netos.

E estes, para serem fiéis – inconscientemente, claro – a esses padrões financeiros vivenciados por pais/avós, se sabotam profissional e monetariamente.

Não que o cachorro simbolize o padrão familiar do fracasso financeiro. Ele pode representar qualquer padrão comportamental herdado de nossos antepassados que são fielmente reproduzidos de forma inconsciente e/ou compulsiva por nós em nosso dia a dia, em nossa vida.

Por isso é tão importante dedicar-se com muita atenção ao sonho com cachorro, até porque ele tem um potencial muito positivo quando faz parte de nosso cenário onírico: há chances reais de ele nos conscientizar ainda mais sobre a qual padrão familiar nós estamos sendo fieis.

Possibilidade de fazer as próprias escolhas

Não por acaso, o cão de três cabeças é o grande companheiro da deusa Hécate, a deusa das encruzilhadas. Ou seja, o cachorro simboliza vários caminhos. Quando sonhamos com esse animal, existe a possibilidade da escolha consciente junto com a escolha inconsciente (a que reproduz fielmente um padrão comportamental herdado da família).

Por isso o cão também simboliza uma fase que está sendo finalizada e outra que está prestes a ser iniciada. Se não externamente – tal como numa mudança residencial ou de emprego, por exemplo -, internamente, ou seja, em que alcançamos um novo nível de consciência.

E este está inevitavelmente ligado à percepção do quanto reproduzimos fielmente um legado familiar e o quanto podemos fazer uma escolha diferente neste momento existencial em que nos encontramos quando sonhamos com o cachorro.

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo e é graduado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia a dia. É autor das análises numerológicas do Personare.