Graziella Marraccini
O que a astrologia pode indicar sobre a sua saúde?

O que a astrologia pode indicar sobre a sua saúde?

Entenda como a Astromedicina pode ajudar a prevenir doenças e acidentes a partir da análise de seu temperamento

Nesses últimos meses tenho me dedicado a estudar ainda mais profundamente uma área da Astrologia chamada de Astromedicina, a qual eu já pesquiso há alguns anos. O que é isso, dirão vocês? A Astrologia, através da interpretação de seu Mapa Astral, dois planetas “maléficos”, Marte e Saturno, se encontram no signo de Gêmeos. A ação de Marte promove acidentes, cirurgias, queimaduras, cortes e ferimentos. A ação de Saturno promove quedas, contusões, endurecimento de articulações, fraturas. Uma ação se soma à outra no signo de Gêmeos (que em Astrologia Médica rege as mãos, os braços, os pulmões e o sistema respiratório). Resultado: sou uma pessoa com tendência a fragilidade respiratórias (gripes e resfriados) e fratura nos braços (tive 3!). Eu fui uma criança muito ativa, agitada e irrequieta, o que facilitou o resultado negativo dessa energia!

É possível prevenir doenças, por meio da Astromedicina?

Porém, dirão vocês, se eu faço uma analise prévia do meu Mapa, posso evitar a manifestação das patologias? A meu ver, se eu tivesse mantido uma vida ativa e saudável, sem me expor a friagens, poderia ter diminuído o risco de gripes e resfriados. E se não tivesse praticado nenhum esporte radical (como esqui e patinação no gelo, por exemplo), teria evitado acidentes e, consequentemente, as fraturas nos braços que aconteceram durante a infância. Porém, uma criança dificilmente pode ser limitada e contida em suas brincadeiras! No entanto, na medida em que aprendemos a domar e educar nossos instintos vegeto-animais e nos enriquecemos com o conhecimento, então poderemos evitar a maioria das doenças. “Mens sana in corpore sano”, afirmavam os antigos romanos, ou seja: “mente saudável gera corpo saudável”!

Esse é o intuito da análise de Astromedicina. O conhecimento prévio das inclinações naturais para essa ou aquela doença pode nos ajudar a evitá-la.

Lembrando que cada corpo reage de uma forma única a uma determinada terapia de cura, a importância dessa indicação específica nem precisaria ser salientada. Alguns corpos reagem melhor às terapias complementares, como Homeopatia, Acupuntura e Reiki; enquanto outros funcionam com Florais, Radiestesia e Cromoterapia. Vale lembrar que há, ainda, outras tantas terapias destinadas a equilibrar o campo energético e sutil, com consequente recuperação energética e cura do corpo fisico.

Por causa dessa diversidade, quando se faz um astro-diagnóstico analisam-se o temperamento, a personalidade, a reação emocional e ainda as crenças e a fé da pessoa. O caminho da cura física depende da recuperação do equilíbrio energético, mas também da fé que promove a união do microcosmo (células do corpo) com o macrocosmo (a energia do Todo). A ciência moderna já reconheceu o poder de orações e mantras, cuja energia tem suma importância na cura da pessoa doente. Na leitura chamada de astro-diagnóstico ou análise eletiva, podemos tirar o melhor proveito de uma operação cirúrgica ou de um tratamento estético, por exemplo. Nesse caso, são analisados os trânsitos planetários dos planetas lentos, os gatilhos desencadeados pelos planetas rápidos e pela Lua, que por causa de sua influência no campo emocional não deve ser negligenciada. Para tudo existe um “céu ideal”!

Olá, essa matéria foi útil para você?
Graziella Marraccini

Graziella Marraccini

É astróloga, taróloga, cabalista, EFT Pratictioner e radiestesista. Diretora da Sirius Astrology e coordenadora regional da Central Nacional de Astrologia de SP. Atende em SP e online. www.astrosirius.com.br | contato@astrosirius.com.br | 11 96205-1010. Saiba mais