Marcia Fervienza
Por Marcia FervienzaLeia em 2 min.01/03/2019 

Mercúrio retrógrado em Peixes: indecisão e mudança de planos

Confira dicas do que você pode se questionar para lidar melhor com a primeira retrogradação do planeta em 2019

A primeira retrogradação de Mercúrio em 2019 acontece em 5 de março, aos 29 graus de Peixes. Indica, assim, uma súbita indecisão ou mudança de planos sobre algo que já parecia decidido. Mesmo frustrados, será preciso parar, se questionar e tentar entender a situação mesmo sem estar de posse de toda a informação durante Mercúrio retrógrado em Peixes.

Como o primeiro Mercúrio Retrógrado do ano ocorre em um signo de água, procure ouvir a sua intuição e a sua voz interior para orientar o processo de revisão.

Outro passo ideal para esse período é revisitar o caminho percorrido até aqui. O que ficou sem finalizar? É possível voltar e concluir? Se sim, faça-o porque estas pendências podem ser as razões pelas quais ainda não é possível avançar.

Com Peixes, tudo fica mais fluido e sem forma. Com Mercúrio retrógrado nesse signo, qualquer história não só fica mais difícil de ser definida, como também muda várias vezes durante o período.

Mercúrio entrou em Peixes no dia 10 de fevereiro, tornando a comunicação e os pensamentos menos lógicos e mais intuitivos. Agora a nossa mente se abre para novas possibilidades que não estavam tão evidentes ou aparentes, enquanto Mercúrio transitava em Aquário.

Entretanto, se por um lado a nossa intuição fica mais ativa, a nossa capacidade de nos iludirmos também. Por isso, o importante aqui é poder filtrar o real do imaginário, o verdadeiro do falso. A diferença entre mentiras e verdades fica menos evidente, e é mais fácil tomar uma pela outra.

Perguntas a se fazer durante Mercúrio retrógrado em Peixes

  • Existe alguma informação do passado pode ser utilizada agora para ajudar a resolver qualquer dilema surgido aqui?
  • A decisão da minha situação depende de alguém regido por Mercúrio (Sol em Gêmeos ou Virgem) ou com Mercúrio proeminente no mapa (ascendente em Gêmeos ou Virgem)? Se depender, fica muito mais difícil contar com qualquer resolução antes do fim da retrogradação. Nem adianta pressioná-los, porque eles simplesmente não estão em condições de definir nada.
  • Será que as coisas são realmente como parecem ser? Em Peixes, nem tudo é necessariamente como parece. Pode haver detalhes que não estão sendo levados em conta. Detalhes esses que tornam qualquer decisão menos definitiva, sem forma do que gostaríamos e do que pareceria inicialmente.
  • O que estou ouvindo é a minha intuição ou a voz do meu desejo? É difícil discernir entre o real e o imaginário quando Peixes ou Netuno estão envolvidos. Temos que estar repetidamente nos fazendo esta pergunta. Se preciso, pedindo input de terceiros de nossa confiança a respeito do que estamos vendo e entendendo de cada situação.
  • Preciso assinar ou definir isso agora? Se puder, espere até Mercúrio ficar direto novamente (em 28 de março, a 16 graus de Peixes). Você não está de posse de tudo que precisa saber pra tomar esta decisão.

Aspectos que Mercúrio fará durante a sua retrogradação

14 de março: trígono ao Nodo Norte em Câncer e conjunção ao Sol

Este trígono entre Mercúrio e Nodo Norte faz alusão a uma conversa que ocorreu inicialmente em 26 de fevereiro. O que rolou lá se relacionava a nutrição e preenchimento emocional, ao desenrolar de situações envolvendo relacionamentos ou dinheiro. Tal conversa tinha o objetivo de dar mais segurança, conforto e nutrição, ainda que tenha nos deixado (ou tenha nos feito sentir) mais vulnerável.

Ainda que aquela conversa tenha parecido ser conclusiva, mais fatos e verdades vão continuar emergindo até 9 de abril. Aqui haverá uma revisão do que foi dito ali e mais informação deverá ser adicionada e trazida ao nosso conhecimento (Sol). Mantenha olhos e ouvidos bem abertos.

15 de março: Mercúrio retrógrado faz quadratura a Júpiter em Sagitário

Volte ao dia 22 de fevereiro e pense nas promessas e possibilidades que foram levantadas lá. Tudo parecia bom demais para ser verdade, lembra? Aqui, algumas daquelas promessas e possibilidades devem ser questionadas e desconstruídas por falta de base e suporte na realidade.

Os detalhes que não foram considerados naquele momento vão começar a mostrar a sua relevância para a concretização da situação, e isso modificará toda a história. No entanto, existe potencial para a realização do que se deseja. Não se trata de diminuir a sua confiança na situação ou no futuro, apenas de separar o ideal do possível. Se não tiver certeza do que fazer, prefira não agir e considerar melhor as perguntas antes de tentar respondê-las no calor do momento.

16 de março: Mercúrio faz sextil a Plutão em Capricórnio

Esse aspecto indica que o momento é de mais exploração, mais escavação em busca da verdade sobre um segredo ou dos seus sentimentos mais verdadeiros. Escute a sua intuição. Pode ser que você já tenha a informação que precisa e ainda não tenha se dado conta. Se for necessário conversar, procure ser sincero, mas preste atenção ao que não está sendo dito para entender tudo que está em jogo. O que tem realmente valor?

17 de março: Mercúrio retrógrado faz sextil a Marte em Touro

Este aspecto nos pergunta o que é preciso revisar no processo de busca, realização e concretização dos nossos sonhos e projetos para o futuro. Seus projetos estão sólidos e baseados na realidade?

20 de março: Mercúrio retrógrado faz sextil a Saturno em Capricórnio

Ativa, assim, o sextil entre Saturno e Netuno ocorrido em 31 de janeiro. Saturno/Netuno fala de uma realidade incontestável que precisamos aceitar se quisermos alcançar um sonho maior. No primeiro sextil que Mercúrio fez a Saturno (no dia 19 de fevereiro, a 16 graus de Peixes), colocamos em palavras que estávamos dispostos a fazer este pequeno sacrifício em nome do nosso objetivo.

Neste novo contato durante a sua retrogradação, Mercúrio vai ativar novamente o sextil, mas agora revisando a nossa disposição para tal sacrifício. Temos dúvidas: será que vale a pena mesmo sacrificar esse algo em troca daquele outro que tanto queremos? Ainda há elementos sobre a situação que não é possível entender completamente, e isso pode deixá-lo confuso.

Por hora, vale suspender qualquer julgamento e decisão, deixando a dúvida marinar até o próximo sextil entre Mercúrio e Saturno, em 7 de abril, quando tudo deverá ficar mais claro.

24 de março: Mercúrio conjunção a Netuno a 16 graus de Peixes

Este é o segundo de três contatos entre Mercúrio e Netuno. No primeiro, ocorrido em 19 de fevereiro, descobrimos algo que não sabíamos, e que até pensamos ser tudo que precisávamos saber sobre aquela pessoa ou situação. Mas estávamos enganados. Pode ser que neste segundo contato a gente se dê conta de que coisas que tomamos como verdade (e também coisas que tomamos como mentira) estavam atravessadas da ilusão que Netuno traz a tudo que toca.

Em fevereiro nos foi revelada apenas a primeira camada de informação: agora, o que foi aprendido será revisado conforme novas informações são adicionadas ao mix. Mas ainda não é hora de dar o assunto por encerrado. Nada estará claro ou definido até 2 de abril, quando ocorrerá a última conjunção entre estes dois planetas, então com Mercúrio em movimento direto.

Datas de Mercúrio retrógrado em 2019

Além da retrogradação de 5 de março de 2019, Mercúrio ficará retrógrado mais duas vezes no ano:

  • 07/07/2019 a 01/08/2019
  • 31/10/2019 a 20/11/2019
Marcia Fervienza

Marcia Fervienza

Astróloga há mais de 15 anos e psicóloga, atua como colaboradora em Astrologia para diversas revistas e possui trabalhos publicados em vários países. Oferece atendimentos astrológicos presenciais e virtuais.