Dia dos Namorados sozinho ou acompanhado?

Seja feliz na relação com a pessoa parceira ou consigo mesmo

Dia dos Namorados sozinho ou acompanhado?

Todo ano percebo pessoas angustiadas com a proximidade do Dia dos Namorados, como se preferissem riscar do calendário esta data. A solidão parece falar mais alto neste dia para quem está desacompanhado. Já os comprometidos que não estão satisfeitos na relação ficam como um nó na garganta e no coração. Então, que tal se preparar para tornar este um dia de celebração e não mais de desânimo?

Para quem está solteiro ou enrolado

A sensação de solidão está diretamente relacionada à baixa autoestima e à falta de amor próprio. Portanto, somente fortalecendo o amor por nós mesmos nos sentiremos mais seguros e completos, seja no Dia dos Namorados ou em qualquer outro dia do ano. Ao invés de apenas olhar para o que temos de qualidades positivas, que tal abraçar aquilo que não é tão bonito assim? Enxergar e aceitar os próprios defeitos e qualidades negativas é também algo bastante importante para nossa autoestima e amor próprio. Afinal, negar o que temos de “ruim” significa negar um pedaço de nós mesmos e não encarar nossos desafios.

Isso não significa que devemos procurar e focar apenas em nossos aspectos negativos, mas sim aprender a olhá-los como nossos professores no exercício de aceitação e perdão. Procure olhar para o que você a princípio não gosta em si mesmo e, ainda que continue não gostando, pelo menos pare de resistir, lutar e rejeitar seus “defeitos”. Aceite e escolha focar, agora sim, em seus aspectos positivos. Isso ajudará você a passar o Dia dos Namorados mais pleno e de bem consigo mesmo.

Para quem está insatisfeito ou deseja renovar a relação

Do que adianta comemorar o Dia dos Namorados fazendo um programa diferente com o par, mas no dia seguinte tudo voltar ao “normal”? Às vezes é possível dar uma trégua nas brigas nesse dia, ou fazer algum um programa diferente para reavivar a relação. Outras vezes nem isso conseguimos, pois as brigas, a rotina e a mesmice reinam até mesmo nesta data, que seria para lembrar o lado mais romântico do relacionamento. No dia a dia muitas vezes perdemos de vista a sintonia com a pessoa amada e isso pode trazer situações de atritos, desencontros e desentendimentos, ou até um sentimento maçante de rotina, que apaga qualquer resquício de paixão e romance. Quando nos relacionamos, assumimos o compromisso com nós mesmos, com a pessoa parceira e com a relação em si. Então, que tal reforçar esse compromisso e procurar fazer diferente daqui para frente? Sempre é tempo para melhorar a comunicação, fortalecer, ativar e renovar os vínculos da relação.

Do que adianta comemorar o Dia dos Namorados fazendo um programa diferente com o par, mas no dia seguinte tudo voltar ao “normal”?

Se a comunicação está estagnada ou desarmônica, ou há alguma falta de sintonia no casal – seja de expectativas, ritmos, interesses ou qualquer outro tipo – experimente focar nos pontos de afinidade. Durante as próximas semanas, busque atividades ou momentos para valorizar e estimular intencionalmente esses pontos de sintonia, mesmos que seja um simples banho a dois para aumentar a conexão do casal.

Se por outro lado o casal já apresenta um clima de boa harmonia e sintonia, mas a relação parece monótona, o clima de paixão anda morno demais ou até esfriou, é hora de ativar a relação. Para isso, cada parceiro pode estimular sua energia dominante, masculina ou feminina, permitindo-se ser, fazer ou falar, de maneira que sinta seu homem ou sua mulher interior se sentir fortalecido(a). Isso pode ser feito cuidando da aparência, sentindo-se mais livre para falar e agir de acordo com a sua verdade, ou criando maneiras de dar vazão a sua força masculina ou feminina.

É legal também poder reconhecer e estimular no outro a sua própria energia e verdade. Olhar com mais atenção e admiração para a pessoa parceira, buscando o que há de mais belo, charmoso e instigante na mulher ou no homem que você ama. E essa admiração pode ser demonstrada por meio de palavras ou atitudes. Que tal experimentar?

Para continuar refletindo sobre o tema

Para os solteiros que desejam uma ferramenta energética para reforçar o bem-estar consigo mesmo, sugiro os banhos vibracionais Acquântica Onda de Energia. Já se a ideia é trazer à tona a verdadeira e profunda força que existe dentro de si, o Natureza Descoberta pode ser uma boa opção.

Os comprometidos podem aproveitar os banhos vibracionais Intimidade Líquida para a mulher, Contato Essencial para o homem, e a alquimia Natureza do Amor para ser usada pelos dois.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Ceci Akamatsu

Ceci Akamatsu

Terapeuta Acquântica, faz atendimentos presenciais no Rio de Janeiro, em São Paulo e à distância. É a autora do livro Para que o Amor Aconteça, da Coleção Personare.  Saiba mais