Pesquisar
Loading...

Feng Shui para melatonina: como produzir naturalmente o hormônio do sono

A melatonina é produzida somente durante a noite e no escuro, por isso precisamos cuidar do ambiente onde dormimos

Feng Shui para melatonina: como produzir naturalmente o hormônio do sono

Muito tem se falado sobre a melatonina com a liberação da venda em forma de medicamento. Contudo, é importante saber que ela é produzida naturalmente pelo nosso organismo, mas somente durante a noite e no escuro. Por isso, precisamos cuidar do ambiente onde dormimos. Aí é que entra o Feng Shui para melatonina.

A seguir, compartilho com vocês informações e dicas do Feng Shui para favorecer a produção natural de melatonina.

O que é a melatonina

A melatonina é o hormônio responsável por regular nosso sono e nosso relógio biológico. Por isso, é popularmente chamada de “hormônio do sono”. Além disso, ela é antioxidante e fortalece o sistema imunológico.

Pesquisas relatam efeitos benéficos da melatonina como coadjuvante nos tratamentos de câncer e, mais recentemente, ela foi identificada como um fator de resistência à infecção de pulmão por coronavírus. A deficiência de melatonina está associada à maior incidência de fadiga, insônia, depressão, obesidade e diabetes tipo 2.

Melatonina natural ou suplemento

Em países como os Estados Unidos, a melatonina é vendida como suplemento alimentar há mais tempo. No Brasil, a autorização foi dada pela Anvisa no final de 2021. Mas alguns estudos relatam possíveis efeitos colaterais indesejáveis relacionados à suplementação por melatonina sintética, que é contraindicada em caso de gravidez e amamentação.

O ideal, portanto, é favorecermos a produção natural de melatonina pelo nosso próprio organismo. Esse importante hormônio é produzido principalmente pela glândula pineal (veja tudo sobre aqui!), no cérebro, e em menor quantidade pelo pulmão, pele e intestinos. Mas apenas a primeira entra na corrente sanguínea, sendo distribuída pelo corpo.

Feng Shui para produção natural de melatonina

Vejamos algumas recomendações do Feng Shui para garantir boa saúde e bom sono, que vão ao encontro da boa produção de melatonina.

Os chineses dividem as energias, bem como os ambientes e as atividades humanas, em duas categorias complementares chamadas de yin e yang:

  • Yang está associado ao movimento, ao dia, à luz solar e à polaridade masculina
  • Yin está associado ao repouso, à noite, à escuridão e à polaridade feminina

Para termos boa saúde, precisamos de yin e yang em proporções equilibradas em nosso corpo e em nossa vida. Se durante o dia permanecemos a maior parte do tempo na polaridade yang-dinâmica, durante a noite precisamos garantir a permanência na polaridade yin-receptiva. Assim, nosso corpo será capaz de restaurar suas reservas energéticas e sua imunidade.

Veja como garantir que o seu quarto de dormir terá predomínio de características yin repousantes e permitirá uma boa produção de melatonina:

  1. Tenha cortinas opacas, que barrem a entrada de luz externa no quarto. Quanto mais escuro estiver o quarto, mais profundo e restaurador será o seu sono.

  2. Evite aparelhos eletrônicos ligados na tomada durante a noite. Não somente a pequena luz do visor dos aparelhos é capaz de perturbar o sono em pessoas mais sensíveis, mas também o campo eletromagnético gerado pelos aparelhos afeta diretamente a função da glândula pineal. Retire todos os aparelhos da tomada na hora de dormir, ou conecte-os a um filtro de linha com interruptor, que permite desligar todos os aparelhos simultaneamente.

  3. Apague as telas de TV e celular duas horas antes de ir para a cama. A luz azulada emitida pelos aparelhos eletrônicos mantém a glândula pineal em estado de alerta por algumas horas. Por isso, é importante evitar o uso de TV, computador e celular nas duas horas anteriores ao início do sono. Assim, o cérebro tem tempo de reduzir sua atividade para começar a produzir a melatonina necessária à indução do sono.

  4. Reduza a intensidade da iluminação antes de dormir. Evite manter os ambientes plenamente iluminados até a hora de ir dormir. O ideal é, pelo menos uma hora antes, trocar a iluminação do teto por abajures com iluminação mais suave e indireta.

  5. Evite lâmpadas de tonalidade fria no quarto de dormir. Ao utilizar lâmpadas de led ou fluorescentes, dê preferência àquelas de tom branco quente ou branco neutro. É possível encontrar a indicação de temperatura de cor na embalagem, e algumas possuem essa informação impressa na própria lâmpada. Os tons frios, que devem ser evitados, costumam estar na faixa de cor de 6000K ou mais, enquanto os tons quentes, desejáveis, são aqueles abaixo de 4000K. Lâmpadas halógenas emitem luz de tom naturalmente quente e são as mais indicadas para uso em luminárias próximas à cama.

  6. Reduza barulhos e estímulos excessivos dos ambientes à noite. Música agitada, TV com imagens piscando e odores muito fortes são fatores que retardam a ativação da pineal para a produção de melatonina. Próximo à hora de dormir, você pode colocar uma música relaxante, em volume baixo, criando um ritual diário que predisponha ao sono. Caso você tenha o costume de usar aromas nos ambientes, são indicados os óleos essenciais de lavanda ou camomila em difusores a frio ou spray.

Muitas dessas recomendações implicam não somente mudanças no ambiente, mas também mudanças de hábitos.

Nossa cultura valoriza o estado de estímulo permanente, e temos dificuldade em perceber a importância dos momentos de descanso para a nossa saúde, e até mesmo para a nossa boa produtividade no dia seguinte.

Manter uma boa saúde física, mental e emocional é muito mais vantajoso do que tentar curar problemas de saúde depois que eles se manifestam no corpo.

Melatonina em crianças e bebês

Embora sejam mais comuns os relatos de problemas causados pela deficiência de melatonina em idosos, devemos prestar atenção especial aos quartos de crianças, bebês e adolescentes.

Seu sistema neurológico ainda em formação pode ser afetado de forma permanente por interferências ambientais. E seus hábitos de sono, condicionados desde o nascimento, os acompanham por toda a vida.

O costume de manter sempre uma luz acesa à noite no quarto de bebês e crianças é um fator que sobrecarrega seu sistema neurológico. O advento da eletricidade é bastante recente na linha do tempo da humanidade, e o corpo humano está preparado para se adaptar naturalmente à escuridão da noite. Vale a pena repensar este hábito e beneficiar a saúde de nossos filhos!

Outro aspecto delicado em quartos de bebês são as babás eletrônicas, que geram um forte campo eletromagnético, extremamente nocivo. Nesse caso, o ideal é mesmo não utilizá-las.

Se o bebê dorme no próprio quarto, o ideal é que haja uma porta ligando ou próxima ao quarto dos pais, que possa permanecer entreaberta, permitindo que seu choro seja ouvido naturalmente. A vantagem é que, com as condições ambientais adequadas, a tendência é que seu bebê durma melhor e acorde menos durante a noite.

Veja aqui dicas para montar um quarto montessoriano e cuidar da energia dos bebês.

Olá, essa matéria foi útil para você?
Aline Mendes

Aline Mendes

É arquiteta e consultora de Feng Shui e Geobiologia, autora do livro "Feng Shui - Terapia de Ambientes" e representante oficial do Feng Shui Research Center no Brasil. Saiba mais