Leo Chioda
Por Leo ChiodaLeia em 3 min.03/07/2018 

Arcano do mês: Os Enamorados

O Tarot sugere responsabilidade para fazer boas escolhas em julho de 2018

Os Enamorados é o arcano do Tarot que responde como ‘talvez’ numa pergunta de ‘sim’ ou ‘não’. É a bifurcação do caminho que O Louco começa: diante de nós existem no mínimo dois caminhos a serem adotados. Qual deles é o melhor? Se existem duas opções, uma delas deve ser escolhida. E é assim que, em julho, o Tarot nos orienta a agir. São várias as incertezas e muitos os receios em relação ao que fazemos e mesmo para onde queremos ir, mas escolher é o primeiro passo para viver bem os dias que virão.

Os Enamorados é a carta que simboliza a maneira ‘em cima do muro’ de agir: quero uma coisa, mas queria aquela outra. E agora?

ESCOLHER E ARCAR COM AS CONSEQUÊNCIAS

Agora é hora de fazer com que nossa voz tenha força. Em vez de ficar pensando muito a respeito do que pode acontecer, julho é o período em que a assertividade se torna mais e mais necessária.  A verdade é que quem tem dúvidas absurdas em relação à vida é porque permanece em uma verdadeira zona de conforto. Não saber entre quem ou qual escolher e o que fazer ou deixar de fazer, por exemplo, pode indicar o hábito de delegar aos outros as escolhas que, na verdade, nós deveríamos fazer.

E é assim com Os Enamorados: no Tarot de Marselha, assim como na estrutura simbólica de vários outros baralhos tradicionais, o Cupido atirando uma flecha enquanto logo abaixo o rapaz parece escolher entre uma das duas mulheres. Outras inúmeras possibilidades de interpretação podem surgir, como se essas duas mulheres fossem mãe e filha e o rapaz estivesse argumentando sobre o pedido de namoro ou casamento. Mas é unânime que esse ponto da jornada demanda uma escolha e suas consequências — decidir entre uma pretendente e outra e assumir as responsabilidades de um compromisso, seja ele profissional ou mesmo afetivo.

Os Enamorados: previsões para o amor em julho

Em julho de 2018, para quem está em uma relação afetiva, Os Enamorados sugerem atenção às escolhas que andam sendo feitas e à maneira como o envolvimento emocional anda sendo tratado. A prioridade é o modo como o amor é vivido e respeitado, ainda mais neste período marcado por certas dúvidas de outras naturezas. O casal que se ama deve saber se colocar no lugar do outro e entender que cada pessoa é um mundo em si, com suas dúvidas e suas necessidades. O diálogo e as demonstrações de carinho serão mais importantes do que qualquer postura muito cerebral em relação à vida a dois. O interesse deve ser mútuo em manter a paz e a ordem da convivência.

Para quem não está em um compromisso afetivo, neste mês o Tarot sugere possibilidades de enamoramento. Isso significa que uma postura mais aberta e mesmo suscetível a se apaixonar pode vir com força. Mas é importante notar se não é a carência que faz com que haja apego às pessoas que tendem a surgir. Quando não estamos bem resolvidos conosco, a presença de uma pessoa que atende às nossas expectativas pode ser crucial para que nos sintamos ocupados com algo além dos nossos problemas cotidianos. Mas lembre-se: antes só do que na companhia de quem só quer experimentar momentos de intimidade e fugir logo em seguida.

Em julho, A VIDA EXIGE A PALAVRA E A PRESENÇA

Se julho pode ser o mês das indecisões e das dúvidas cruéis, o melhor a ser feito é lembrar de que temos responsabilidades sobre o que falamos e fazemos. Isso afeta a vida dos outros e, claro, a nossa também. Agir com franqueza e transparência é um passo importante para que a vida ao nosso redor entenda que não estamos para brincadeira. Mas nada deve ser feito com a cabeça pesada nem com o coração apertado: Os Enamorados pedem leveza e beleza nas palavras e nas atitudes. Este é o arcano da poesia, da harmonia, do arrebatamento pelo gesto sincero e mesmo pelos tons de erotismo.

SER COERENTE COM O CORAÇÃO

O mês regido pelo arcano Os Enamorados exige uma série de decisões importantes que devem ser tomadas. É o período em que a tomada de atitude depende de uma conduta objetiva, fiel aos desejos e ao bom senso diante deles. Deve haver um cuidado para não se deixar levar por reflexões e meditações exageradas, como se o ato de filosofar, questionar e indagar fosse resolver alguma coisa ou abrir caminho para o êxito. Os Enamorados garantem que haverá sensatez e continuidade, independente do que escolhermos. Por isso, diante de quaisquer dúvidas e excitações do caminho, o melhor a ser feito é cultivar a coerência e não se deixar levar por nenhum ânimo aflorado. Mesmo que haja o frio na barriga e que nem todas as dúvidas se dissolvam, o mais prudente é respirar fundo e seguir firme.

Os Enamorados e as INCERTEZAS PROFISSIONAIS

Além das dúvidas em relação às pessoas e às atitudes diante de diversas situações — muitas delas inusitadas que exigirão jogo de cintura e resolução rápida —, Os Enamorados é o arcano do Tarot que em julho tende a tornar mais nítidas algumas crises, sobretudo a profissional. É como se fosse necessário reavaliar os passos dados em relação ao que viemos fazer enquanto ofício e realização de nossos potenciais. E só um posicionamento objetivo e confiante é que pode tornar o momento menos confuso ou conflituoso.

Para quem está trabalhando, as dúvidas podem se acentuar. O período não é fácil para mudanças bruscas de emprego, mas a insatisfação pode afetar o rendimento. Para não haver complicações, o melhor é aguentar firme e arcar com as próprias responsabilidades. Os Enamorados inspiram confiança num futuro melhor, ainda que algum aspecto da rotina profissional pareça entediante ou preocupante. Para quem não trabalha, o momento é de indefinição. Porém, levando em conta a simbologia das escolhas e as relações que se enaltecem de acordo com esta carta, a tendência é que haja contatos cada vez mais influentes que levem a entrevistas e possíveis contratações. Tudo vai depender da predisposição e da maneira como se encara os momentos de instabilidade.

Que tal obter respostas claras e objetivas sobre a vida profissional? Experimente o nosso Tarot das Respostas, que está em teste aqui no Personare.

A ARTE DE ESCOLHER E DE CELEBRAR

Os Enamorados, em alguns baralhos, alude a um casamento. É como se o arcano também carregasse o sentido de celebração de uma escolha: a pessoa amada diz ‘sim’ à outra, firmando uma aliança importante para a vida de ambas. Neste sentido, vale a pena entender o arcano de julho como um lembrete às escolhas que fazemos. Em vez de dar voz e poder aos arrependimentos, o melhor a fazer é ver o lado bom das situações, sempre aprendendo com as escolhas que fazemos: quando escolhemos um lado específico, geralmente perdemos o que outro oferece. E saber perder é importante ao longo deste período, porque é importante ter a mais clara noção de que nem tudo pode ser nosso, por mais que assim desejamos.

Aproveite o mês para refletir sobre suas escolhas e, mais ainda, como você lida com elas. A satisfação deve ser trabalhada de tempos em tempos, como se fosse um músculo que a ser desenvolvido. Essa postura faz com que cada situação faça mais sentido e nos torna felizes com o que nos acontece. O Tarot é enfático quando diz que estamos todos em rede. Nossas escolhas afetam nosso caminho, por isso é bom haver atenção plena às palavras e às atitudes. É com delicadeza e consideração que se fortalecem os laços entre o mundo e nossas vidas.

Leo Chioda

Leo Chioda

É escritor e tarólogo. Dedica-se a palestras sobre Tarot, pesquisas históricas e prática da leitura das cartas. É também autor do Tarot Direto e Tarot Mensal do Personare.