Carregando pagina

Amor > Relacionamento

Yoga para praticar a dois

Sugestões de asanas para promover a integração entre casais

 
Ele- Urdhva Hastasana /Ela - Salamba Sirsasana

Que tal praticar Yoga com seu par? Com muita prática e dedicação vocês irão chegar aos asanas que exigem mais cuidados. Divirtam-se, apoiem-se e sejam apoiados, colaborem, sintam a energia. Unam-se, integrem-se. Uma ótima oportunidade para se conhecerem melhor!

Ele - Yoga Mudrasana em Vajrasana / Ela - Urdhva Dhanurasana

A extensão trabalha o nosso elemento fogo, a flexão o nosso elemento água. O primeiro ativa, o segundo acalma. Eles não conseguem se ver, mas se percebem e se apoiam.

Entrada:

Yoga mudrasana em vajrasana - Fique em quatro apoios, una seus joelhos, calcanhares, tornozelos e dedões dos pés. Sente-se sobre os calcanhares. Encoste seu abdômen em suas coxas. Relaxe seu pescoço e deixe sua testa apoiada no chão. Leve seus braços estendidos à frente de sua cabeça. Quando sua parceira encontrar suas mãos, segure-as com firmeza.

 

Urdhva dhanurasana - Sente-se sobre os quadris de seu parceiro, com os pés apoiados no chão e as pernas flexionadas. Deite-se devagar nas costas do seu parceiro, relaxe seu pescoço e cabeça. Estenda seus braços para trás até encontrar as mãos do parceiro. Lentamente estenda suas pernas e apoie firmemente seus pés no chão.

Permanência: 30 segundos. Sempre inspirar e espirar pelo nariz. Ela deve apoiar firmemente os pés no chão, manter as pernas e coxas ativas e o bumbum relaxado. Levar o umbigo em direção as costas e deixar que seu peito se abra enquanto ele segura as suas mãos. Ele deve manter ativo todo o seu corpo, sem que aja uma contração muito forte (o suficiente para sustentar o corpo dela e ao mesmo tempo relaxar com o peso de sua companheira). Sempre segurando com firmeza as mãos da parceira.

Saída:

Ela - Flexione uma perna por vez, sempre com o apoio dos pés no chão. Traga seus braços estendidos para as laterais do seu corpo, apoie suas mãos no tronco do seu parceiro. Com a força do seu abdômen, erga o seu tronco e sente-se sobre o quadril do seu parceiro. Apoie-se sobre seus pés e fique em pé.

Ele - Traga as mãos para baixo dos ombros, empurre o chão com a duas mãos e lentamente erga seu tronco. Sente-se sobre os calcanhares. Deslize seu quadril para a lateral direita dos seus pés, apoie a mão direita no chão e estenda as pernas para frente, lentamente.

Se ele não for muito pesado, façam de novo invertendo as posturas. Ela em Yoga mudrasana em vajrasana e ele em Urdhva dhanurasana.

Ele e ela - Paripurna Navasana

 

Apenas três apoios e muito equilíbrio de forças. Navegando pela vida a dois.

Entrada:

Sente-se de frente para seu parceiro com as pernas flexionadas, com os dois joelhos unidos, os pés unidos e apoiados no chão. Ajudando com as mãos, afaste seus glúteos lateralmente e sinta que está sentado sobre os ossinhos do quadril, os ísquios. Dê as mãos ao seu parceiro e segure-as, você com as palmas voltadas para o teto e ele com as palmas voltadas para o chão, depois estendam os braços. Os dois devem tirar o pé direito do chão com a perna flexionada e combinar planta do pé com planta do pé. Depois façam o mesmo com o pé esquerdo. Estendam ao mesmo tempo as pernas direita e esquerda na direção do teto. Mantenham o peso do corpo na frente dos quadris, nos ísquios. As pernas devem permanecer unidas e estendidas. Os pés, as pernas e as coxas ativos. Leve o seu umbigo na direção da suas costas. Mantenha o peito aberto e a cabeça no prolongamento da coluna. Unam as plantas dos pés apontando os dedos dos pés para o teto.

 

Permanência: 30 segundos. Sempre inspirar e espirar pelo nariz. O peso do corpo deve estar na frente dos quadris, nos ísquios. As pernas devem permanecer unidas e estendidas. Os pés, as pernas e as coxas ativos. Leve o seu umbigo na direção da suas costas. Mantenha o peito aberto e a cabeça no prolongamento da coluna. Equilibre a sua força com a do seu parceiro.

Saída:

Ela e ele devem flexionar as pernas ao mesmo tempo. Apoiar os pés no chão com as pernas flexionadas, soltar as mãos.

O trabalho foi árduo, mas garanto que vocês deram boas gargalhadas tentando chegar ao equilíbrio.

Ele e ela - Parivrtta Upavistha Konasana

 

Embora ocorram divergências, com jogo de cintura tudo se consegue.

Entrada:

Sente de frente para o seu companheiro, afastem as pernas lateralmente. Ele irá apoiar as plantas dos pés na borda interna dos seus pés. Afastem os glúteos lateralmente com a ajuda das mãos e sintam que estão sentados sobre os ossinhos do quadril, os ísquios. Os pés devem ficar com os dedos apontados para o teto. Ativem as pernas de forma a levar a parte posterior do joelho no chão e a patela (tampa do joelho) apontando para o teto. Leve seu umbigo até a sua coluna. Mantenha a coluna alongada na direção do teto. Ela segura o antebraço esquerdo dele na altura do cotovelo, ele segura o antebraço dela na altura do cotovelo. Verifiquem se o ombro esquerdo está apontando para o centro da coxa esquerda. Flexionem a coluna na direção da coxa esquerda, de forma que o ombro e tronco esquerdo toque a coxa esquerda. Mantenham os ossos do quadril apoiados no chão. Elevem o braço direito, levem por cima da orelha direita e peguem o dedão do pé esquerdo. Olhem para o meio do braço direito, girando pescoço e cabeça.

Permanência: Mantenham-se 30 segundos na flexão. Sempre com as pernas ativas, levando o umbigo na direção da coluna e mantendo o lado direito do tronco apontado para o teto. Inspirar e espirar pelo nariz. O objetivo de estarem segurando os braços um do outro é que esse braço ajude a manter o lado esquerdo do tronco apontando para a coxa esquerda e o peito aberto.

Saída:

Elevem o braço direito na direção do teto, ativem o braço como se tivesse uma corda para ser puxada. Ao mesmo tempo, pressionem os calcanhares no chão e elevem o tronco até a posição vertical. Soltem os braços. Delicadamente, flexionem os joelhos e sentem de pernas cruzadas.

Repitam o asana para o lado direito.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Rosine Mello

Formada em Educação Física, é praticante de Hatha Yoga desde 1998. Atua como professora desde 2005, certificada pelo Simplesmente Yoga. Atualmente estuda e pratica Iyengar Yoga. Saiba mais »

contato: rosine.mello@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS

Holis é uma empresa do Grupo Personare