Carregando pagina

Amor > Sexualidade

Você tem alguma fantasia sexual?

Imaginar maneiras de fazer sexo retrata seus desejos mais íntimos

 

Hoje em dia podemos dizer que construímos fantasias que alimentam nossos desejos e sonhos em todas as dimensões de nossas vidas, o que nos permite evoluir e desenvolver nossas potencialidades criativas. Na raiz da fantasia está o pensamento abstrato, que há muito vem sendo utilizado pelo homem como um elemento fundamental para que ele atue no meio em que se insere, de maneira mais elaborada e complexa.

No universo da sexualidade, a fantasia é uma das capacidades que nos distingue dos animais, que agem somente pelo instinto sexual. A fantasia é inerente à sexualidade humana, é a sua metáfora maior. Impossível pensar em sexualidade sem pensar em fantasia e ilusão, que se traduzem em deslumbramento diante da possibilidade de realização.

A fantasia permite que a sexualidade se expresse nas mais diferentes linguagens, como na música e na poesia, cujos imaginários chegam a denotar encontros amorosos eróticos e ardentes, como neste trecho da música "Café da Manhã", de Roberto Carlos:

  • "Amanhã de manhã
  • Vou pedir o café pra nós dois,
  • Te fazer um carinho e depois
  • Te envolver em meus braços
  • E em meus abraços
  • Na desordem do quarto esperar,
  • Lentamente você despertar,
  • E te amar na manhã..."
  • (Roberto Carlos)

Além das linguagens, há também alguns clássicos que povoam o universo da fantasia sexual. O morango, por exemplo, é tido como uma fruta altamente sensual, mas, na verdade, ele se torna muito mais afrodisíaco na fantasia dos amantes. Basta que seja associado ao chocolate ou a um ambiente que lembre o ninho de amor dos apaixonados.

Contrariando esta tendência, costumo afirmar que a fruta brasileira mais sensual que existe é o caqui. Ao leve toque e roçar dos lábios em sua pele, este fruto responde abrindo-se completamente para a boca que o quer, deixando escorrer seu néctar adocicado e abundante. Acabo de descrever aqui uma fantasia sexual, talvez inimaginável para muitos. Mas provavelmente alguns casais poderão incluir a degustação da fruta em seu ritual de sedução, em certas ocasiões.

O que está por trás das fantasias sexuais

O homem, em sua interação com o mundo, desenvolve esta capacidade infinita de fantasiar e isso lhe permite imaginar facilmente tudo o que deseja. A fantasia é construída num campo muito próximo ao dos sonhos, pois são criações que retratam nossos desejos e acabam por orientar nossas escolhas e opções de vida. Desejamos porque não nos bastamos e, por isso, sonhamos e imaginamos fantasias para alcançar nossos desejos mais íntimos.

No que diz respeito às nossas fantasias amorosas, construímos aquilo que desejamos, seja procurando parceiros ideais ou estando com eles, para vivermos mais plenamente a aventura que o romance oferece. Muitas vezes, o simples fato de contar as fantasias sexuais à pessoa parceira pode se tornar uma experiência saudável e seus desdobramentos serão desfrutados ativamente, trazendo mais emoção à vida sexual do casal."Muitas vezes, o simples fato de contar as fantasias sexuais à pessoa parceira pode se tornar uma experiência saudável e seus desdobramentos serão desfrutados ativamente, trazendo mais emoção à vida sexual do casal."

Além disso, é também uma maneira indireta dos parceiros ensinarem-se mutuamente como gostariam de ser tocados e amados sexualmente. Assim entendida, a fantasia sexual passa a ser uma prática que leva ao autoconhecimento, favorecendo a percepção da realidade que a pessoa deseja.

Nosso corpo responde rapidamente às nossas fantasias sexuais: sensações de desejo de realização, bem-estar, arrepios e calores percorrem o corpo inundado de pensamentos provocados e elaborados com detalhes ricos e íntimos. Neste sentido, a fantasia sexual torna-se útil e necessária, pois acontece num universo imaginário, que passa a ancorar a realidade. E isso se manifesta por meio de resultados percebidos na vivência corporal e sensorial da fantasia. Ela passa a ser um grande aliado terapêutico quando pretendemos reverter quadros de baixa libido, induzir ou potencializar o desejo sexual e melhorar algumas disfunções. Ou ainda, para reacender romances corroídos pela rotina e pelo dia-a-dia atribulado e desgastante.

Quando a fantasia sexual vira sua inimiga

Se por um lado o papel da fantasia está estreitamente relacionado ao desenvolvimento de uma vida sexual saudável, por outro, fantasias negativas e inadequadas podem alimentar nossos medos, preconceitos e traumas, além de impedir que a gente desfrute de uma prática sexual enriquecedora e integradora de nosso ser. A construção de fantasias desagradáveis pode impedir que homens e mulheres se entreguem plenamente ao relacionamento afetivo, pois tendem a inibir o desejo e o desempenho sexual. Nossos medos e anseios, mesmo que não racionais, podem se tornar fantasias precipitadas, causando decepções e até bloqueios sexuais.

Além disso, fantasiar que está com outra pessoa - quando você já está em um relacionamento - pode ser um indício de insatisfação na rotina amorosa. Uniões por conveniência muitas vezes sobrevivem por determinado tempo, em função de fantasias desse tipo. No entanto, dificilmente os parceiros conseguem disfarçar a falta de afeto. Se o fazem, ao longo do tempo podem desenvolver danos irreparáveis à relação.

Outro aspecto a ser considerado diz respeito à fantasia sexual em excesso, que pode levar ao desenvolvimento da compulsão sexual. Isso se manifesta através de fantasias que tomam conta dos pensamentos da pessoa, como uma inquietação constante, da qual ela não consegue se livrar.

A linha que divide os benefícios da fantasia sexual dos seus males é clara. Ela completa a vida a dois quando é possível contar as fantasias à pessoa parceira sem que haja culpa, constrangimento ou mágoas. Pelo contrário, nesse caso a fantasia se torna uma possibilidade de novas experiências sexuais, numa ética saudável, de transgressão de costumes, para uma liberdade sexual criativa e prazerosa. Por outro lado, qualquer desequilíbrio de um dos amantes pode tornar-se um inibidor das possíveis práticas sexuais do casal.

Já experimentou colocar a sua fantasia em prática?

Quem é que nunca sonhou com uma noite inesquecível de amor e entrega junto à pessoa parceira? Cenas românticas, como um jantar a luz de velas, praias isoladas paradisíacas a dois ou sexo arriscado em lugares públicos são alguns dos muitos exemplos que povoam os pensamentos dos amantes apaixonados.

Podemos comparar a fantasia sexual a um "sonho acordado", que por ser mais elaborado, é composto de cenários ricos em detalhes e permite que a gente brinquecom nosso imaginário: ambientes sensuais e enredos sedutores acabam por despertar a vontade de sua realização.

As fantasias sexuais abrangem desde jogos sensuais e eróticos, até a imaginação pura e simples de atmosferas estimulantes que reúnem as condições favoráveis para a aproximação afetiva. Explorar esse universo pode significar a quebra de resistências criadas por nossos medos e fantasias negativas.

Livre-se dos preconceitos e viva sua sexualidade

Quanto mais exercitamos nossa criatividade sexual, maior a nossa percepção de nossas sensações eróticas. As fantasias permitem que nos liberemos de preconceitos e tabus. Dessa forma nos revelamos mais autenticamente, o que se traduz em entrega total e verdadeira experiência de completude.

Ao alimentarmos nossa capacidade criativa sexual, podemos nos surpreender conosco mesmos, pois estimulamos uma fantasia saudável, comum entre nós, seres humanos, mas que não imaginávamos trazer tantos benefícios. Podemos dizer que nossos desejos mais íntimos, tanto os sexuais, quanto os mais elevados, são caminhos para os desejos do coração e da alma. Tomar conhecimento desses caminhos pode significar a descoberta de um vasto universo interior, capaz de enriquecer nossos relacionamentos e de chegar mais perto de nossos projetos de vida.

Assim, a realização de nossos desejos passa pelo que fantasiamos. É no movimento dos pensamentos desejosos que nos dirigimos à satisfação. Então, feche os olhos, exercite sua imaginação. Fantasie para experimentar e praticar.

Conheça Os seis caminhos do amor, novo livro da Coleção Personare, e descubra as infinitas possibilidades da sua vida afetiva.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Antonieta Mazon

Química, pedagoga, mestre em Educação, pós-graduada em Sexualidade e Psicologia, e orientadora sexual. Faz palestras e escreve artigos sobre educação, família e sexualidade. Saiba mais »

contato: abmazon@terra.com.br
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS

Holis é uma empresa do Grupo Personare