Carregando pagina

Você > Gratidão

Você sente gratidão por quem e pelo quê?

Ter a gratidão como um valor nos dá um olhar diferenciado sobre a vida

 

É bastante comum nos pegarmos pedindo algo, não é verdade? Mesmo que não seja um pedido direto a alguém, mesmo que seja internamente: quero uma vida assim, um(a) namorado(a) daquele jeito, um carro com tal e tal acessório, uma nova oportunidade, uma relação de amizade que me proporcione tais sensações, um emprego em que as coisas funcionem assim...

E a lista vai seguindo... E com que regularidade você se vê agradecendo?

Para ir acordando este sentimento aí dentro, lhe proponho algumas questões para reflexão:

  • Para você, o que significa gratidão?
  • Que imagem lhe vem à mente quando pensa na palavra gratidão?
  • A quem e ao que você é grato(a)?
  • Qual é a melhor lembrança que você tem em relação a esse tema?

Em primeiro lugar, é bom diferenciar gratidão de servidão, de compromisso eterno e de outras ideias errôneas que acabam trazendo mais peso do que leveza. Essa palavra, sim, é que se aproxima melhor da sensação de gratidão: leveza. É um calorzinho bom dentro do peito, uma sensação agradável que faz os olhos brilharem e o sorriso se abrir naturalmente.

A gratidão não tem hora certa nem protocolo a seguir. Aliás, tem hora certa, sim: agora!"A gratidão não tem hora certa nem protocolo a seguir. Aliás, tem hora certa, sim: agora!"

Podemos acessar a gratidão ao ver que o sol está nascendo ou ao sentir seu calor suave tocando nossa pele ao final da tarde. Ela pode brotar ao receber uma mensagem carinhosa de alguém especial, alguém que é especial simplesmente por ser quem é e não por ter realizado "grandes feitos". As pessoas que nós amamos despertam esse sentimento bom e pronto, e podemos ser gratos por isso. Gratidão que pode ser relembrada em situações em que nos superamos, em que fizemos da queda um passo de dança, como diz o poeta. Podemos ser gratos pelos mestres que cruzaram nosso caminho, pelos gestos de amizade que aquecem nosso coração, pela confiança que depositaram em nós em qualquer âmbito e em qualquer momento da vida, pelas estradas que percorremos, por aquela flor que caiu da árvore diante de nós num dia de solidão e que nos fez ver aquele momento com outros olhos.

Um valor para a vida

Vejo a gratidão como algo que vai além de um sentimento, ela pode considerada um valor. Ela pode figurar entre valores como honestidade, gentileza, respeito, companheirismo.

E o que é um valor? Um valor é aquilo que sustenta e norteia as nossas ações. São aquelas coisas em que acreditamos e que nos fazem agir como agimos. Ter a gratidão como um valor significa uma mudança profunda na nossa experiência, nos faz ter um olhar diferenciado para reconhecer a beleza de cada momento. Ter a gratidão como um valor para a vida nos faz ter um maior interesse por tudo que nos cerca, nos faz assumir um compromisso radical com a felicidade. Essa tão procurada felicidade nada mais é do que estarmos enraizados no agora, é aquela vivência essencial de estarmos ligados ao Todo, de termos uma relação profunda com a vida. Ela nasce da gratidão que nos ancora e nos faz perceber a riqueza que há em tudo que nos propomos a observar de coração.

Aproveito esse momento para agradecer a você, por se propor a ler e sentir essas palavras que estou compartilhando aqui. E você, ao que pode ser grato agora mesmo? Alimente esse valor em sua vida. Alimente o seu gosto por ser feliz a cada instante, pelo que o instante apresenta, pelo que você é.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Juliana Garcia

Master Coach, psicodramatista, palestrante, escritora e facilitadora visual. Seu trabalho é apoiar as pessoas a fazerem aquilo que amam. Realiza atendimentos e consultorias online. Saiba mais »

  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS