Carregando pagina

Você > Desenvolvimento Pessoal

Transforme problemas em soluções

Aprenda a viver no agora e livre-se de sentimentos desagradáveis

 

A reunião está começando agora e você está preso no trânsito. Alguma pessoa querida está sofrendo e você sente-se impotente, sem poder fazer alguma coisa para ajudar. Você tem dívidas para pagar e sente uma angústia enorme. A vida está repleta de problemas a todo o momento. Será mesmo?

Segundo Eckhart Tolle, autor do livro "O Poder do Agora", todos os sentimentos desagradáveis são de alguma forma uma não aceitação da realidade. As nossas mentes muitas vezes têm o hábito de negar ou resistir ao agora, escondendo-o sob o passado e o futuro. Assim, enquanto está preso no trânsito, sua mente pensa: "Se eu tivesse saído de casa mais cedo teria chegado a tempo". Ou "Eu vou perder o conteúdo da reunião e isso vai me prejudicar". Você fica cogitando sobre o que foi ou o que será, mas isso ajuda a resolver a situação? Ou só torna as coisas ainda mais sofridas?

Se você está preso no engarrafamento, o que pode fazer agora, neste exato momento? Você está dentro do carro, com vários outros automóveis parados a sua frente. Eles não vão andar mais rápido por causa das suas suposições sobre o que passou e sobre o que será. Não seria mais lógico e saudável pensar: "Bem, estou atrasado. Quando chegar ao escritório pedirei desculpas e farei o possível para reparar os prejuízos desta situação. Por enquanto, ou melhor, agora, vou ligar o rádio e relaxar ouvindo uma boa música"? Isso ajudaria você a tirar o foco de sua irritação e faria com que estivesse com a "cabeça mais leve" para lidar com as situações quando chegasse ao escritório, concorda?

As coisas acontecem e são como são. As suposições de como poderiam ser ou do que poderão ser apenas fazem você ter de lidar mentalmente com várias situações ao invés de uma, a real. E os seus sentimentos e seu corpo vivenciam tais conjecturas sentindo-as como se fossem reais. Na verdade, você sempre tem apenas a situação desse exato momento, a do agora. Mas seu corpo e sua mente sentem-se muito mais cansados do que poderiam, pois eles têm de lidar com todos aqueles cenários que sua mente cria, ou seja, com todos aqueles "e se".

As situações acabam se tornando mais pesadas do que realmente são porque os pensamentos fogem do agora e ficam passeando desvairadamente pelo passado e pelo futuro. Um problema é algo pesado que nos causa incômodo, uma situação a ser resolvida é apenas algo a ser resolvido."Um problema é algo pesado que nos causa incômodo, uma situação a ser resolvida é apenas algo a ser resolvido."

Você sente esta diferença? Consegue sentir a relação disso com aquela tensão nos ombros e sensação de cansaço ao final do seu dia?

Ao acessar o passado ou futuro como uma fuga do presente, ou como foco principal de sua atenção, eles se tornam prejudiciais. Mas isso não quer dizer que devemos ignorá-los. Passado e futuro são instrumentos de nosso aprendizado, planejamento e das nossas questões do dia a dia. Você percebe a diferença entre os pensamentos abaixo?

  • 1"Se não tivesse tomado café da manhã e tivesse saído mais cedo, chegaria a tempo na reunião. Chegarei atrasado e serei prejudicado"
  • 2"Estou atrasado. Amanhã tomarei café da manhã mais rápido do que hoje pela manhã e chegarei pontualmente."

No primeiro caso, há volta ao passado e projeção do futuro em tom de arrependimento. O sentimento gerado é de angústia. Não se assume o agora, e o acesso ao passado e ao futuro são realizados com culpa. No segundo caso, ao se assumir que está atrasado há a aceitação e referencial no presente. O passado e o futuro são acessados em tom de aprendizado em relação a situação presente. Essas diferenças nas abordagens podem parecer sutis, mas seus impactos sobre nós são completamente diferentes.

Assim, é extremamente construtivo acessar o passado e o futuro com consciência, mantendo seu referencial sempre no presente. Desta forma pavimentamos e promovemos um futuro diferente e, provavelmente, mais positivo

Focar-se no momento presente pode parecer difícil, mas você pode começar observando seus pensamentos e sentimentos. Veja outras dicas simples:

  • Quando sentir qualquer tipo de mal-estar - irritação, raiva, tristeza, cansaço, preguiça - preste atenção em sua respiração, ouvindo-a e sentindo-a. Isto ajuda a manter-se presente no agora.
  • Mantenha total atenção ao que está fazendo, seja qual for a atividade.
  • Sempre que se der conta de um problema, pense no que pode fazer agora, evitando projetá-lo no passado ou no futuro.
  • Observe quais lições aprendeu com o passado e, com base nesses aprendizados, perceba de que maneira pode projetar um futuro diferente e mais positivo.

Para continuar refletindo sobre o tema

Livro O Poder do Agora, de Eckhart Tolle. Editora Sextante.224 páginas

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Ceci Akamatsu

Terapeuta acquântica, faz atendimentos presenciais no Rio de Janeiro, em São Paulo e à distância. É a autora do livro Para que o Amor Aconteça, da Coleção Personare.  Saiba mais »

contato: ceciakamatsu@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS