Carregando pagina

Você > Autoconhecimento

Tarot e o caminho da autoconfiança

Exercite sua capacidade de conseguir o que deseja com o arcano O Louco

 

A autoconfiança é aquela convicção que vez ou outra descobrimos em nós mesmos, a afirmação indubitável da nossa capacidade de conseguir algo. Uma certeza de que é possível chegar lá, seja aonde e quando for. Essa noção, típica dos mais variados manuais de autoajuda, tem sido confundida a de "autoestima", que é quando nos avaliamos positiva ou negativamente enquanto pessoas e definimos (ou não) o nosso lugar no mundo tanto para nós quanto para os outros. Se a primeira é uma força intrínseca presente no âmago das nossas vontades, a outra, em síntese, é um julgamento que fazemos sobre a nossa identidade e postura para com o mundo.

Indo a fundo no Tarot podemos vislumbrar vários arcanos muito bem qualificados para o exercício da autoconfiança, mas em certa medida, a raiz dela está na lâmina sem número, O Louco. Sim, a mais descontraída figura do baralho é também a facilitadora dessa convicção tão séria capaz de mover montanhas de medos e bloqueios. O Louco é aquele viajante ousado que desbrava os caminhos de acordo com a mais absoluta vontade. É aquele que sabe que cada itinerário, por mais incerto que se mostre, é um genuíno presente da vida.

Sabe quando você vê alguém totalmente ingênuo ou incapaz se dispor a aprender algo extremamente absurdo ou difícil? Então pare e imagine-a de novo, percebendo o quanto ela está banhada de autoconfiança. Em vez de perder tempo com os receios, ela prefere se jogar e experimentar o novo, mesmo que não venha, porventura, a alcançar o sucesso. Creia que essa pessoa possui a ousadia do Louco, que tem sempre uma postura positiva com relação às suas capacidades tanto mentais e emocionais quanto físicas. O Louco, mais do que ninguém, sabe que a autoconfiança é como um músculo: quanto mais exercitada, mais definida e forte ela acaba se tornando."O Louco, mais do que ninguém, sabe que a autoconfiança é como um músculo: quanto mais exercitada, mais definida e forte ela acaba se tornando."

Mas porque é tão difícil alcançar e, mais ainda, manter a autoconfiança? Simplesmente porque existe a preguiça, a contramão dessa estrada tão promissora ao nosso bem-estar. Todo e qualquer esforço para mudar de posição pode parecer vão diante dos milhares de exemplos de pessoas mal sucedidas por terem se lançado em situações infrutíferas. Mas ninguém está isento dos erros. É a partir deles que acertamos e chegamos aonde queremos. Seguir sozinho com os nossos ideais é bom começo para nos tornarmos senhores de nós mesmos.

RECOBRE A SUA AUTOCONFIANÇA

O Louco sabe que viver livremente é sinônimo de correr riscos e por isso mesmo se lança alegremente às passarelas e aos barrancos, pois eles são caminhos que podem reservar surpresas maravilhosas. Não há porque não olhar para uma direção nova quando estamos frustrados ou decepcionados com nossas escolhas.

Afinal, o que temos a perder quando parece ter dado errado? É justamente essa a hora de se mostrar criativo diante da vida. Criatividade não é descobrir uma fórmula mirabolante de sucesso instantâneo para qualquer problema. Longe disso. Criatividade é ouvir as suas próprias lamentações, mergulhar no fracasso e extrair a força necessária para emergir firme e forte."Criatividade não é descobrir uma fórmula mirabolante de sucesso instantâneo para qualquer problema. Longe disso. Criatividade é ouvir as suas próprias lamentações, mergulhar no fracasso e extrair a força necessária para emergir firme e forte."

Entenda que qualquer empreitada oferece dois caminhos: o sucesso ou o fracasso. Mas mesmo assim, eles são relativos. O que pode ser fracasso hoje pode determinar o quanto você aprendeu para recomeçar convictamente amanhã. É seguindo adiante sem se deter muito com os percalços do caminho que o Louco descobre o paraíso. A metáfora sempre vale: se reconhecermos firmemente as nossas fraquezas e os acidentes de percurso, sem lamentá-los, então estaremos muito próximos de sermos autoconfiantes. Afinal, essa convicção só existe e nos serve se caminhamos na direção dela.

Esta matéria foi útil para você?

SOBRE O AUTOR

Leo Chioda

É escritor e tarólogo. Dedica-se a palestras sobre Tarot, pesquisas históricas e prática da leitura das cartas. É também autor da análise de Tarot Mensal do Personare. Saiba mais »

contato: chiodatarot@gmail.com
  • e-mail
  • Imprimir
E-mail para receber matérias da Revista

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

NOVAS MATÉRIAS A CADA 15 DIAS